PDF Archive

Easily share your PDF documents with your contacts, on the Web and Social Networks.

Share a file Manage my documents Convert Recover PDF Search Help Contact



131 .pdf


Original filename: 131.pdf

This PDF 1.5 document has been generated by Adobe InDesign CS4 (6.0) / Adobe PDF Library 9.0, and has been sent on pdf-archive.com on 09/11/2013 at 02:40, from IP address 189.27.x.x. The current document download page has been viewed 735 times.
File size: 3.8 MB (16 pages).
Privacy: public file




Download original PDF file









Document preview


www.bsbcapital.com.br

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Ano III - Nº 131 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013

DIVULGAÇÃO

Ex-administradores de Taguatinga e Águas Claras,
Carlos Jales e Carlos Sidney são presos, exonerados
e vão parar no hospital. Paulo Octávio passou da
condição de testemunha para a de investigado após
prestar depoimento ao MP e à Polícia Civil. E isto
pode ser só o começo.

ALTA
PRESSÃO

PÁGINAS 2 A 9

ÁGUAS CLARAS

TAGUATINGA

Impossível
transitar

Coitado do Cortado

Nem de carro, nem a pé.
Na quadra 107, mudanças
no trânsito seguem
atrapalhando. Nas calçadas,
os comércios tomam de conta.
PÁGINAS 2 A 9

O que deveria ser um parque ecológico virou alvo da especulação
imobiliária. Entidade prevê explosão de esgotos nas QNL. PÁGINAS 4 E 10

COMO TURBINAR SEU
HAPPY HOUR

ADIDAS ABRE LOJA NO
OUTLET PREMIUM

PÁGINA 11

PÁGINA 6

E

x p e d i e n t e

Diretor de Redação
Orlando Pontes
ojpontes@gmail.com
Diretor de Arte
Gabriel Pontes
redacao.bsbcapital@gmail.com
Diretor Comercial
Júlio Pontes
comercial.bsbcapital@gmail.com
Contato Publicitário
Pedro Fernandes
pedrinhoalegria@gmail.com
Cel: 61-9618-9583
Conselho Editorial
Celso Russomanno, Marcos Tolentino, Valter Xéu
Impressão Gráfica Jornal Brasília Agora Tiragem 25.000 exemplares
Distribuição Plano Piloto (sede dos poderes Legislativo e Executivo,
empresas estatais e privadas), Taguatinga, Ceilândia, Samambaia, Riacho

Fundo, Vicente Pires, Águas Claras, Sobradinho, SIA, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Lago Oeste, Colorado/Taquari, Gama, Santa Maria,

Alexânia / Olhos D’Água (GO), Abadiânia (GO), Águas lindas (GO),
Valparaíso (GO), Jardim Ingá (GO) e Luziânia (GO).
Circulação aos sábados.
ADE Conjunto 02 lote 07 - Ed. Sede - Núcleo Bandeirante Brasília - DF - CEP: 71735-720 - Tel: (61) 3961-7550 comercial.bsbcapital@gmail.com.br
www.bsbcapital.com.br

- bsbcapital50@gmail.com -

- www.brasiliacapital.net.br

Os textos assinados são de
responsabilidade dos autores. A reprodução
é autorizada desde que citada a fonte.

CARTAS

Siga o jornal Brasília Capital no
Twitter - @bsbcap - e fique por dentro
dos principais assuntos do Brasil e do mundo!

É um absurdo que
isso aconteça em plena
Capital Federal, esse
senhor de nome Wesley
de Souza nunca foi e não é
Prefeito das QNDs. Elle se
autoproclamou Prefeito das
QNDs
na da Administração do
senhor Benedito Domingos
para obter benefícios
políticos e de empresários

2 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

PELAI

Política

Erramos
Por um descuido
de nossa equipe, a
edição 130 do Brasília
Capital saiu com duas
falhas. Em vez de
130, grafamos 128 no
número do jornal. Na
página de moda, o texto
foi escrito por nossa
colaboradora Manuella
Freitas, e não por Luís
Nova, como públicado.
Desculpem-nos.

locais. Ele sequer mora
no setor, mora na Vila São
José (Vicente Pires). Essa
informação por diversas
vezes foi passado aos
administradores, mas não
sei o que acontece lá que
não é tomada nenhuma
providência por parte dos
administradores locais.
Para mim, esse senhor
está praticando o crime

Café
indigesto
O deputado distrital
Washington Mesquita (PTB/foto)
tomava o café da manhã, na
quinta-feira (7), no hotel onde
estava hospedado, na Alemanha,
quando recebeu a notícia do
mandado de prisão contra o
administrador de Taguatinga,
Carlos Jales, seu apadrinhado
político.

SOS Agnelo
Mesquita tentou se informar com o governador
Agnelo Queiroz o que estava ocorrendo. Mas este
disse não ter como interferir no trabalho do MP e da
polícia. Com um nó na garganta, o deputado retornou
ao telefone e ditou a nota oficial para sua assessoria
em Brasília: “jamais serei conivente com ato de
corrupção. Mas não posso emitir juízo de valor sem
conhecer a realidade dos fatos”.

H

á duas semanas (edição 128. de 26/10 a 1º/11),
esta coluna antecipou que a Polícia Civil
estava investigando esquemas de corrupção
nas administrações regionais. A Operação Átiro, na
quinta-feira (7), foi o começo. Vem aí o ataque contra
as emendas parlamentares para obras contratadas por
cartas-convite, com dispensa de licitação. Quem tiver
telhado de vidro, que saia debaixo, até porque, outras
administrações e a Novacap estão sendo investigadas.

de falsidade ideológica.
O que verdadeiramente
está acontecendo não só
na Pracinha do Artesanato
como também em outras
praças é o abandono
total do Poder Público.
Já houve várias reuniões
públicas do Orçamento
Participativo, onde foi
aprovada a revitalização
desses espaços. Mas parece

que esse administrador não
quer ouvir o que realmente
os verdadeiros moradores
querem, preferindo ouvir
um senhor de reputação
duvidosa falando em nome
de uma comunidade pela
qual ele nunca foi eleito. O
que queremos realmente é
a revitalização das nossas
pracinhas com a colocação
de ATIs (Academias da

Política

3 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

Coração aliviado
Já sob escolta policial, o administrador soube que
Mesquita orientara uma assessora a ficar à disposição de sua
esposa, Marfisa Adriane Gontijo Jales, numa conversa pelo
viva-voz do celular da ex-primeira-dama taguatinguense.
Entendeu, então, que a nota fora apenas uma jogada para o
público. Na intimidade, a amizade segue inabalada.

Pico de pressão
Na fazenda onde estava escondido, no Entorno do
DF, Jales ouviu pela TV a declaração do parceiro. Ficou
com o coração partido e sofreu um pico de pressão. Na
sexta-feira, quando ele estava no leito do hospital, pessoas
muito próximas ao ex-administrador diziam que Jales
não entendeu a postura de Pôncio Pilatos adotada por
Mesquita. “Era comum despacharmos juntos no próprio
gabinete da Administração”, teria comentado.

Boi de piranha

Padrinho fiel

Por meio de seu filho, o também advogado
Manoel Neto, o ex-administrador de Águas
Claras, Carlos Sidney, deixou claro que
está sendo usado como “boi de piranha”.
Hipertenso crônico e em idade avançada (72
anos), ele sentiu-se mal durante a madrugada
e precisou ser levado ao Pronto Socorro do
Hospital Regional da Asa Norte (HRAN).

Ao contrário de Jales, porém, Sidney não
teve do que se queixar do padrinho Olair
Francisco (PTdoB). “Fui pego de surpresa.
Ele é morador de Águas Claras, já foi
presidente da OAB em Taguatinga e é uma
pessoa qualificada”, declarou o distrital em
sua manifestação acerca da operação que
levou o administrador para a cadeia.

Câmeras para Valparaíso
O presidente da Câmara Municipal de
Valparaíso (GO), Afrânio Pimentel (PR),
apresentou indicação à prefeita Lucimar
Nascimento (PT) para um convênio com o
Ministério da Justiça visando à implantação
do Programa Nacional de Segurança
Pública com Cidadania (Pronasci)

no município. Afrânio quer instalar
câmeras de vídeo em pontos estratégicos
para melhorar a segurança na cidade.
“Procurarei o governo federal para buscar
os recursos para Instalação do Sistema
de Videomonitoramento, para dar mais
segurança à população”, disse o vereador.

Terceira Idade), parquinhos
para crianças e o plantio
de mais árvores, flores
e gramas. O que não
pode acontecer é o total
abandono. Quando há
abandono, a malandragem
toma conta. E é isso que
realmente está acontecendo.

Olá Brasília Capital,
quero deixar a minha
opinião a cerca dos
novos sentidos em águas
Claras: Muito ruim, por
favor, mude as coisas pra
melhor.
nJamerson Rigueiras –
Águas Claras

no Lago Paranoá, e a
Secretária de Saúde do DF
não têm coragem de fazer
um laudo decente, isso é
uma verdadeira piada!
Por um Brasil mais justo
onde as pessoas honestas
triunfem, estou torcendo
por você Sr. Jair.

nArlindo Pelegrino – via

Essa história toda
a respeito do incidente

nSidney Ramos –

email

Taguatinga

Opinião

João Carlos Bertolucci

Antídoto à barganha
Com a exoneração de Carlos Sidney de Oliveira,
preso na manhã de quinta-feira (7) pela Operação
Átrio, deflagrada pela Polícia Civil por determinação
do Ministério Público, chega a quatro o número
de administradores de Águas Claras em menos de
três anos. Ou seja, cada um deles permaneceu, em
média, nove meses no cargo. Isto dá àquela Região
Administrativa o título de maior tendão de Aquiles do
governo Agnelo Queiroz.
Indicados por deputados distritais, esses
apadrinhados pouco ouvem as orientações do Executivo
e, na barganha política para manter uma base aliada
forte, o governador vê seu governo em escândalos
como os de agora, com a prisão de Carlos Sidney e a
“caça” ao ex-administrador de Taguatinga Carlos Jales,
considerado foragido da Justiça.
São os mais variados os problemas causados por
esses apadrinhados políticos de diferentes matizes.
Rubem Ferreira da Costa (o Rubinho – proprietário do
homônimo restaurante na cidade), indicado pelo distrital
Chico Leite (PT), foi exonerado por suposto assédio sexual
a uma funcionária daquela RA. Já Manoel Carneiro
perdeu o cargo sob a suspeita de desvio de mais de R$ 1
milhão para confecção de um “gibi”. Ele era ex-assessor e
apadrinhado do deputado Olair Francisco (PT do B).
O ex-assessor parlamentar José Júlio, ligado ao PT,
foi braço direito de Chico Leite, que o alçou ao cargo de
administrador regional. Passados apenas seis meses, José
Júlio traiu a confiança do distrital petista e começou a
fazer campanha própria, visando concorrer às eleições de
2014. Ao descobrir a manobra, Leite pediu ao governador
que o exonerasse , causando alvoroço nas bases do PT.
Após tantos desmandos, a eleição para a escolha
do administrador regional parece ser a mais sensata
alternativa para acabar com a barganha política de
alguns deputados, que exigem administrar seus “currais”
eleitorais para manter apoio ao governo. Essa tese vem
sendo defendida, há alguns anos, pelo senador Rodrigo
Rollemberg (PSB), que tem visto que a melhor maneira de
manter um administrador comprometido com a cidade é
ter sua escolha feita pelos próprios moradores da cidade,
por meio do voto direto. Dessa forma, acabaria com a
ingerência de deputados eleitos pela oposição e que, para
se tornarem aliados, fazem exigências ao Executivo, entre
elas nomear o administrador da sua base eleitoral.
“Se a escolha de um administrador regional for
feita pela própria comunidade, fortalece-se o gestor e,
ao mesmo tempo, põe-se um ponto final nesse modo
eleitoeiro de manter a base do GDF fortalecida”,
argumenta Rollemberg. Difícil divergir dele, nesse caso.

Política

4 / 5 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

E o bich
Suspeitos de cobrar
propinas para emitir
alvarás, Carlos Jales
e Carlos Sidney são
presos e demitidos.
Paulo Octávio é
também investigado
Da Redação

A

internação de dois pacientes ilustres movimentou as Emergências dos hospitais Santa
Marta, em Taguatinga, e Regional da Asa Norte (HRAN),
na madrugada de quinta para sexta-feira (8). Carlos Alberto Jales, 46 anos, e Carlos
Sidney de Oliveira, 72 anos,
respectivamente ex-administradores de Taguatinga e de
Águas Claras, sofreram crises hipertensivas após terem
a prisão decretada por suspeitas de cobrança de propinas para emitir alvarás para
obras de grandes empreiteiras em suas cidades.
Oliveira foi removido da
carceragem da Central de Polícia Especializada (CPE), onde
estava preso desde a manhã
de quinta-feira. Jales precisou
ir ao médico ao sentir-se mal
na fazenda de um amigo, nos
arredores do Distrito Federal.
Ele fugiu poucas horas antes
de os policiais civis chegarem
ao seu apartamento, num prédio de luxo em Águas Claras.
Por isso, era considerado foragido da Justiça.
Os dois ex-administradores regionais, juntamente
com o ex-governador Paulo
Octávio (PP), 63 anos, foram

os principais alvos da Operação Átrio, determinada pelo Ministério Público do DF
e Territórios e executada pela Polícia Civil. Paulo Octávio também não foi encontrado em casa e se apresentou,
acompanhado de advogados, na tarde de quinta-feira.
Entrou na condição de testemunha e saiu como suspeito,
podendo vir a responder processo por corrupção passiva,
entre outros crimes.
Toda a ação foi conduzida
pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MP, e
pela Delegacia de Repressão
ao Crime Organizado (Deco),
da Polícia Civil, atendendo
decisão da 2ª Vara Criminal

de Taguatinga. Além dos três,
também foram conduzidas
coercitivamente para prestar
depoimento outras 12 pessoas, entre servidores públicos,
funcionários de empresas
privadas, comerciantes e empresários.
Jales e Carlos Sidney estão escoltados por policiais
e retornarão à prisão quando receberem alta médica. O
ex-administrador de Águas
Claras será liberado após
cumprir cinco dias de prisão
temporária. Por ter sido considerado foragido, Jales corre
o risco de permanecer detido
até o final do inquérito, o que
deve durar pelo menos 65
dias, de acordo com a Secretaria de Transparência do GDF.

o pegou

GALERIA DE EX-ADMINISTRADORES
TAGAUTINGA /
DANIEL TATICO - Queridinho do deputado
Benedito Domingos (PP), foi assessor do distrital
em todas suas atuações políticas importantes. De
acordo com Benedito, Agnelo apenas o consultou
sobre a nomeação do parceiro político.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

ANTÔNIO SABINO - Saiu da Direção de
Comunicação da Câmara dos Deputados para
substituir Tatico. Entrou na cota do PT, do qual é
militante hisitórico. Mas acabou rermanejado para
a Administração do Cruzeiro. Agnelo nomeou Jales
para contar com Washington Mesquita na Câmara.

Jales (E) e Carlos
Sidney tornaramse administradores
de Taguatinga e
de Águas Claras,
respectivamente,
por indicação dos
deputados distritais
Washington
Mesquita (PTB)
e Olair Francisco
(PTdob). Ambos
sofreram crises de
hipertensão e foram
internados em
emergências sob
escolta policial.

CARLOS JALES - Indicado pelo distrital Washington
Mesquita (PTB), foi exonerado depois de ser alvo de
mandado de prisão por suspeitas de recebimento de
propinas para acelerar e aprovar alvarás de obras.
Como ficou foragido por quase 24 horas, pode
permanecer detido até o fim do inquérito.
ÁGUAS CLARAS /
JOSÉ JÚLIO - Ex-presidente da Associação de
Moradores de Águas Claras, foi indicado pelo
deputado distrital Chico Leite (PT) e exonerado
seis meses depois por tentar “passar a perna” no
seu padrinho político, ao fazer campanha para sua
própria candidatura nas eleições de 2014.

Compensação não apenas ambiental
O principal alvo das
investigações do Ministério
Público e da Polícia Civil
foram as irregularidades no
Shopping JK, da construtora
Paulo Octávio, no setor
M-Norte, entre Taguatinga e
Ceilândia. A obra tem data
de inauguração prevista
para o próximo dia 16,
com mais de 200 lojas e
cerca de 3 mil empregos
diretos. Mas está irregular.
Ela não possui Relatório
de Impacto de Trânsito
(RIT) e a área de infiltração
de solo está abaixo do
mínimo determinado pela
legislação.Outras duas

grandes obras, na avenida
Comercial Norte e no
Pistão Sul também estão
sob suspeita, pelos mesmos
motivos.
Em Águas Claras, a
Paulo Octávio também está
na mira dos investigadores,
principalmente devido ao
condomínio Península,
na saída do Pistão Sul
para a EPTG. Ali, a via
foi desviada porque
uma das torres avançou
sobre a área pública por
onde deveriam passar
os carros. Em fevereiro
deste ano, a título de
“compensação ambiental”,

o próprio diretor do
grupo, empresário Paulo
Octávio, foi a Águas
Claras plantar mudas no
Parque Ecológico. Outras
empresas, que ainda
estão sendo investigadas,
sequer tiveram esta
iniciativa, mas continuam
avançando sobre as áreas
públicas e no espaço aéreo,
construindo apartamentos
e lojas acima do que prevê
o Plano Diretor Local. O
MPDFT tem indícios de
que elas dão outro tipo
de “compensação” para
os agentes públicos das
administrações regionais.

RUBINHO - Rubem Ferreira da Costa – Ex-chefe
de gabinete de José Júlio, foi confirmado como seu
sucessor por indicação do deputado Chico Leite.
Acabou exonerado três meses depois por suposto
assédio sexual a uma servidora da Administração
Regional de Águas Claras.
MANOEL CARNEIRO - Indicado pelo deputado
Olair Francisco em troca de apoio ao GDF na
Câmara Legislativa. Foi exonerado por imprimir
centenas de gibis ao custo exorbitante de R$ 1
milhão. Antes, fora condenado pelo TCDF no
processo 7248/96, por contas irregulares da FEDF.
CARLOS SIDNEY - Teve a “benção” de Chico Leite
e Olair Francisco. Os dois distritais mantêm mais
de cem cargos comissionados em Águas Claras.
Sidney foi preso, na quinta-feira (7), pela Operação
Átrio, por suposto envolvimento em corrupção. Já foi
exonerado pelo governador Agnelo Queiroz.

Via Satélites

Cidades

D

esde
quinta (7),
O ProconDF
opera no posto
do “Na Hora” de
Taguatinga. A idéia
é descentralizar
o órgão, assim,
aumentando a
qualidade do
serviço e garantir
o direito do
consumidor por
todo Distrito
Federal.

7 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

TAGUATINGA

Leitores
opinam sobre
a censura

VICENTE PIRES

Setor industrial
O Sindicato da Habitação do Distrito Federal
divulgou nesta sexta-feira (1º), os novos dados do
mercado imobiliário referentes ao mês de setembro.
O levantamento analisou 24.712 imóveis, sendo 22.828
residenciais e 1.884 comerciais. Brasília apresenta o maior
valor mediano do metro quadrado para apartamentos de
dois (R$ 8.796) e três (R$ 8.842) dormitórios. Ceilândia têm
os menores preços medianos para dois quartos (R$ 3.491)
e três dormitórios (R$ 3.498).

ALEXÂNIA-GO

Adidas é inaugurada no Outlet
As três listras mais famosas do mundo do
esporte e da moda chegam em grande estilo
ao Outlet Premium Brasília na quarta-feira
(30). Com descontos de até 70%, a Adidas está
terá produtos consagrados a preços especiais.
O Outlet está disponibilizando transporte
exclusivo para os clientes aos finais de semana.
Aos sábados e domingos, às 10h um ônibus sai
do estacionamento da Funarte com destino ao
shopping. O retorno é às 18h e a passagem custa
R$ 30,00 a inteira e R$ 15,00 para passageiros
acima de 65 anos e crianças de 4 a 8 anos. Os
interessados deverão ligar no 0800 771 1131, de
segunda a domingo das 9h às 19h, para fazerem a
reserva.

DISTRITO FEDERAL

Atendimento normalizado
O sistema de emissão de documentos dos postos
do Na Hora que atendem o Detran-DF ficaram fora
do ar por três dias, de segunda (4) a quarta (6). Um
problema técnico impedia a impressão do Certificado
de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).
Porém, o atendimento já está normal desde quintafeira (7). A fiscalização continua.

Lendo a coluna Opinião do
Brasília Capital, no domingo
(3), deveria ficar pasmo com
tamanha impropriedade de
uma determinada Administração Regional. Porém, sabedor
dos princípios daqueles que regem a política neste tão sofrido
e desgastado Distrito Federal, não me admirei tanto assim.
Seja lá qual for a Administração Regional, se levarmos em
conta o que se faz em Águas Claras, vemos a total falta de
noção de planejamento, quando erros sobre erros acolhem
essa nossa cidade tão bela e tão maltratada. Sem entrar no
mérito de tantas idiotices administrativas, vemos o exemplo
da Quadra 107, onde conseguiram congestionar as duas vias
principais, sem olhar o óbvio. Sem dúvida, a necessidade
de vias de mão única era uma prioridade que já deveria ter
sido providenciada há muito tempo. No entanto, penso que
inverteram a ordem e conseguiram conceber cruzamentos
desnecessários, haja vista o acesso à EPTG pelo posto de
gasolina, onde a quase totalidade do tráfego demanda virar
à direita, enquanto quem desce pela Alameda dos Eucaliptos
demanda virar à esquerda. Consequência: cruzamento
desnecessário. Da mesma forma, as transversais foram
colocadas, inicialmente, com mão única. Não durou uma
semana para perceberem o erro. Outra coisa gritante: quem
vem da Avenida Castanheira precisa cruzar a Alameda das
Acácias, para entrar na Alameda dos Eucaliptos, e quem
entra na Avenida Castanheiras, vindo da Alameda das
Acácias, precisa cruzar a Alameda dos Eucaliptos. Algo não
bate bem nesse processo, pois o correto seria o contrário,
evitando-se cruzamentos. Enfim, coisa de cabeças não
pensantes. Qual a solução: inversão das mãos de tráfego
nas Alamedas. Quanto ao tema da coluna Opinião, “Coisa
de débil mental”, não adianta queimar jornais, pois a
maioria dos exemplares chega ao seu destino, e, mesmo
que não chegassem, os moradores da cidade reconhecem
facilmente as impropriedades dos administradores. Seria
mais apropriado cuidar da cidade de forma coerente, e
planejada por especialistas em planejamento urbano, e não
aventureiros políticos.
nRicardo Ferrer – Águas Claras

Acredito que a informação é direito de todos.
Determinados Neros não têm direito e nem poder de
censurar, negar, esconder, omitir qualquer informação
à população. Esta ação mostra o quanto nossa cidade
encontra-se em mãos erradas, de pessoas sem caráter,
despreparadas, leigas. Os jornais que circulam nas cidades
são fontes importantíssimas de informação, de diversão,
de esclarecimentos. Ninguém tem direito de proibir a
circulação dos jornais que representam nossa cidade.
nMarta Cléria – Taguatinga Sul

Câmara ao seu lado
A SuA c ASA m A iS perto de vo cê.

LUOS e PPCUB. CLDF cria ciclos de
audiência para ouvir a população.

Carlos Gandra

Câmara Legislativa aprova benefícios para mais
de 30 carreiras de servidores do GDF.

Projetos de lei votados na Câmara promoveram reestruturação,
reajustes e recomposições de salários e gratificações de mais de 30
carreiras. Tudo isso é o resultado de negociações com servidores e
representantes de classe em audiências públicas e de debates nas
comissões da Casa. Os projetos carregam a marca da participação
e da valorização do trabalhador, proporcionando mais renda e
qualidade de vida para os servidores, além de um serviço de melhor
qualidade para a população do DF.

Câmara implanta sistema
que amplia a transparência
no processo legislativo.

Com o objetivo de permitir o
acompanhamento integral de tudo o que
tramita no poder legislativo do DF, a Câmara
implantou um novo sistema que divulga,
por meio do portal da Casa, as propostas e
pareceres dos relatores nas comissões e as
emendas apreciadas. Com isso, você pode
consultar documentos e o andamento das
propostas por meio da seção “Projetos e
outras proposições”.

A Câmara iniciou ciclos de audiências públicas com o objetivo de
ouvir a população sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS)
e o Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília
(PPCUB). A participação de todos é essencial porque os projetos
envolvem questões que afetam a vida de toda a população, como a
preservação do plano urbanístico de Brasília, o parcelamento, uso e
ocupação do solo do DF e locais para instalação de novas cidades e
áreas de desenvolvimento econômico.

DF sai na frente ao
proibir o comércio
de armas de brinquedo.

A lei que proíbe a fabricação, a venda e a
distribuição de armas de brinquedo foi uma das
principais iniciativas aprovadas recentemente
na Câmara Legislativa. O projeto “Arma Não
É Brinquedo. Dê Livros” é uma ação inédita
de prevenção à violência. Uma medida que
contribuirá para reduzir o grande percentual
de crimes que ocorrem com o uso de armas de
brinquedo e para a construção de uma cultura
de não violência no DF.

Mais recursos para
a pesquisa no DF.

A comunidade científica e pesquisadores do DF comemoraram a aprovação da
proposta que aumenta gradativamente
o orçamento destinado à Fundação de
Apoio à Pesquisa (FAP-DF), que chegará
em 2021 a 2% da receita corrente líquida
do DF. Os recursos serão aplicados em pesquisas e bolsas, com o objetivo de estimular e incrementar a produção científica e
tecnológica do DF.

Saiba sobre estas e outras ações acessando www.camaraaoseulado.com.br.

8 / 9 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

Coitado
do Cortado

Os escoteiros
do parque do
Cortado sofrem
o décimoprimeiro
crime. Indícios
apontam
conspiração

FOTOS: LUÍS NOVA

Luís Nova e
Orlando Pontes

N

a terça-feira
(5), a sede do
Grupo Escoteiros de Taguatinga, no Parque do Cortado, sofreu o
décimo-primeiro ataque somente neste ano. Foi a quinta invasão nas últimas duas
semanas. Os vândalos destruíram móveis, colchões,
tampas de bueiros, vasos sanitários, quadros com fotos
de turmas anteriores, grades de ferro, vidros, estantes
e livros da biblioteca. O prejuízo é incalculável.
José Luiz Hirako, chefe da
tropa sênior dos escoteiros,
afirma que a sequência de
crimes contra a entidade tem
caráter depredatório. Nas
primeiras vezes, imaginavase que fossem simplesmente
furtos. Porém, após esta série
de ações “destrutivas”, essa
hipótese está afastada. Embora não tenha como provar,
ele suspeita que os crimes foram encomendados por pessoas ou grupos interessadas
em construir prédios onde
hoje existe a pequena reserva ecológica do Cortado. “Estamos cercados pela especulação imobiliária. Há muita

A sede do Grupo Escoteiros Taguatinga sofre com a depredação em toda sua estrutura (interna e externa)

gente importante de olho
nessas terras”, diz.
A suspeita do escoteiro
converte-se em certeza para o diretor da Federação
das Prefeituras e Associa-

ções do Parque do Cortado
(Fepac), Joadson Lustosa Gama. “Esta reserva ecológica praticamente não existe
mais. Há projetos imobiliários para construir dezenas

“Quando os 10 mil novos
moradores estiverem morando nos
apartamentos vai estourar tudo”.
Joadson Gama, diretor da Fepac

de prédios de apartamentos”, diz. Ele cita como exemplo a construtora MRV, que
levantou um condomínio
de 12 prédios, num total de
2.865 apartamentos, que os
vizinhos apelidaram de “Carandiru”, numa alusão ao
velho presídio que existia
em São Paulo.
Além da questão ambiental, Joadson Gama prevê um
estouro da estrutura urbana no setor. Segundo ele,
não foi feito o Relatório de
Impacto de Trânsito (RIT) e
tampouco o redimensiona-

mento das redes de água,
esgoto e energia elétrica da
área. “Quando essas mais
de 10 mil pessoas estiverem
morando nos apartamentos,
vai estourar tudo”, alerta.
Em relação ao trânsito, a
expectativa é de congestionamentos e tumultos, uma
vez que das 2.865 unidades
habitacionais, apenas 1.500
têm vagas de garagem.
“Portanto, se em cada apartamento tiver um carro, serão mais de 1.300 automóveis na rua, sem ter onde
estacionar”.

Quem responde pelo
parque abandonado?
Ao passar pela reserva
abandonada, constata-se
que o parque está abandonado. Quatro edificações
estão vazias. O portão fica

Pichação na parede, as marcas do descaso

Ataques assustam
e afastam os escoteiros
O chefe da tropa Sênior dos escoteiros do Parque
do Cortado já constatou uma redução das turmas de
garotos. Hirako teme que isto seja um reflexo dos ataques à sede da entidade, uma vez que os pais ficam temerosos de deixar seus filhos na mira dos bandidos.
Antes desses acontecimentos, participavam dos Escoteiros de Taguatinga cerca de 60 meninos. Agora, restam pouco mais de vinte.
Segurança - A Secretaria de Segurança Pública
do DF não soube responder sobre a criminalidade da
região. A Polícia Militar informou que realiza trabalho
preventivo, com abordagens e detenções de criminosos e suspeitos.

aberto e não existem guardas fazendo a segurança
da área. O lixo se espalha
pela grama e árvores foram derrubadas. A Admi-

nistração de Taguatinga
informa que a responsabilidade pela manutenção do
Parque é do Instituto Brasília Ambiental (Ibram),
que até o fechamento desta edição, às 18h de sextafeira (8) não respondeu
aos questionamentos de
nossa reportagem.

Cidades

10 n Brasília, Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

MARISA KAVAHARA/ FACEBOOK

TRANSITO

O problema
continua
Da Redação

O

s moradores da
quadra 107 Norte
de Águas Claras seguem insatisfeitos com as
mudanças no trânsito. Durante a semana, o Detran
voltou a permitir o sentido
duplo nas ligações entre as
Alamedas das Acácias e dos
Eucalíptos, como era antes.
Outra providência foi instalar um semáforo no cru-

zamento da Alameda das
Acácias com a Avenida Castanheiras.
“Moro na quadra há um
ano e nem nos piores dias
de trânsito via tanta bagunça e tanto engarrafamento.
Hoje (4) demorei 10 minutos só para sair do condomínio do meu prédio. Um
absurdo isso que fizeram”,
reclama Cleydelis Lis Diz,
moradora do Residencial
Top Life, um dos mais pre-

Engarrafamentos se formam logo nas garagens
judicados com a mudança.
Com relação ao trânsito, a Administração já repassou ao Detran a insatisfação dos moradores e
pediu uma nova alteração

condizente com a realidade
dos usuários das vias. O Detran informou que está verificando as possibilidades
e fazendo relatórios diários
em busca de melhorias.

FOTOS: GABRIEL PONTES

Três anos
de descaso

O dono da calçada
O Restaurante e Bar Vila Carioca,
às margens da Alameda Gravatá,
na Quadra 301, mal abriu as portas
e já mandou o recado: a calçada é
minha (foto). As mesas e cadeiras na
calçada obrigam os pedestres a andar
pela rua. O pior é que o desrespeito
é consciente. A proprietária Márcia
Cristina afirmou à nossa reportagem
que não tem permissão do governo
para usar a área pública e nunca
pediu. Pelo jeito, enquanto não
aparecer os fiscais da Agefis,
cadeirantes e mamães com bebês nos
carrinhos vão ter que espaço com os
carrões no meio da rua. Absurdo.

Desde 2010 os moradores da Quadra
202 sofrem com buracos na rua
Da Redação

M

aria Eliane, mais
conhecida como
Dona Eliane, é
moradora da quadra 202
de Águas Claras há mais
de oito anos. Segundo ela,
há três anos a rua em torno da quadra, feita de bloquetes, está intransitável.
“A cada período de chuva,
a situação fica mais crítica”, reclama.
Os problemas no asfalto surgiram após a construção de um grande condomínio na quadra. O
trânsito de caminhões e
máquinas pesadas, além
dos containers, danificou a

via, que nunca foi recuperada. “Chegar na quadra é
sempre uma dificuldade.
Os carros se espremem para desviar dos buracos, o
que gera até congestionamentos nos horários de pico”, conta o psicólogo Cláudio Macedo.
Entulho - Outro problema que está atrapalhando a vida dos moradores é
o excesso de containeres.
Devido às obras, na segunda-feira (4), onze deles,
carregados de entulhos,
ocupavam as vagas em
volta da praça.
A administração afirma que as obras de revi-

Os maiores buracos são na entrada da quadra

Churrasco explosivo

Containeres ocupam o espaço do estacionamento

talização da rua serão realizadas até dezembro. Já
as construtoras serão no-

tificadas e deverão tomar
providências quanto aos
containeres.

A praça da Quadra 301, entre a
Alameda Gravatá e a avenida Parque
Águas Claras, pode explodir a qualquer
momento, inclusive vitimando mães
e seus bebês. Uma tenda é montada
diariamente, por volta das 17h, para
venda de churrasco assado em uma
máquina que funciona à base de gás.
O botijão (foto) fica exposto perto dos
frequentadores da praça. Detalhe: o
quiosqueiro não tem permissão para
funcionar no local. E a Vigilância
Sanitária deveria conferir como é
feita a manipulação dos alimentos no
“estabelecimento”.

Cidades

11 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

Domine a “Pedida de Hoje”
Descubra as promoções de bares e restaurantes e turbine a sua noite!

Fernando Pinto

Luis Nova

C

onsumir em diferentes
estabelecimentos;
Ganhar ótimos
descontos. Essas vantagens
e muito mais podem ser
encontradas na Pedida
de Hoje, um site que junta
diversos anúncios com
descontos impressionantes.
O Pedida de Hoje está
presente em 17 Cidades. São
elas: Belém, Belo Horizonte,
Brasília, Campinas, Cuiabá,
Curitiba, Fortaleza, Manaus,
Natal, Niterói, Porto Alegre,
Recife, Rio de Janeiro,
Salvador, São Gonçalo, São
Luis e São Paulo. Em cada local
é possível conseguir descontos
para agradáveis (e baratos)
programas para você e sua
família. Não importa o dia da
semana, sempre terá uma
promoção te esperando. Em
outubro, foram gerados 150
mil cupons.
O sistema do site é muito
simples. Entre no site,
escolha o local e uma barra
com os dias da semana
mostrará os anúncios das
empresas participantes.
Para conseguir o desconto,
é fácil. Primeiramente,
faça seu cadastro. Depois,
clique em “veja mais”,
na promoção que lhe
agradou, gere o código.
Não é necessário imprimir.
Vá ao estabelecimento no
horário válido da promoção
e aproveite.
Cada anúncio é
especificado com os números
de códigos por pessoas, o
endereço e os detalhes da
vantagem. Acesse www.
pedidadehoje.com.br, ou
baixe o aplicativo para o seu
smartphone, e aguce o seu
paladar.

Crônica
A Solidariedade também é necessária

COMO FUNCIONA

O primeiro passo é se cadastrar. É grátis.

Confere as pedidas de hoje e escolhe a sua,
clicando em “ver mais”.

Clique em “Gerar código gratuido”.
Não é necessário imprimi-lo.

Apresende o código ao garçom e aproveite.

Você só paga depois da saideira. na hora
da conta, da forma que preferir.

No Rio de Janeiro do tempo dos bondes, onde cresci
e me tornei adulto, o povo carioca era conhecido em
todo o País por duas características marcantes: o senso
de humor, mesmo nas mais difíceis situações, quando
costumava dizer: “Hoje, estou matando cachorro a grito e
chamando urubu de meu louro!”; e por sua solidariedade
humana, socorrendo a quem estivesse na pior. Até mesmo
os mendigos na rua não passavam fome, porque sempre
aparecia alguém para levar-lhes uma marmita de comida
ou um bom sanduíche de mortadela.
O primeiro valor permanece até hoje, 60 anos depois,
mas o segundo, infelizmente, não - o que, aliás, é uma
generalização em todas as grandes cidades brasileiras,
com destaque nas capitais. Até aqui em Brasília, volta
e meia jovens se divertem matando índios e moradores
de rua, tacando-lhes fogo no corpo depois de acordá-los
com um banho de gasolina.
Sem saudosismo, como exemplo desses “anos
dourados” da década de 50, lembro de um querido
repórter que se chamou em vida Emilton Santos,
e que deixou seu nome gravado indelevelmente na
placa de uma praça de Maricá, sua cidade natal, onde
se inicia a região dos lagos fluminenses, ali depois
de Niterói. Ele foi um dos melhores repórteres que
trabalharam comigo, quando chefiei a Reportagem
da revista O Cruzeiro, no Rio, e posteriormente a do
Jornal da Bahia, em Salvador, importantes órgãos de
imprensa falidos pela crise que está transformando o
Jornalismo numa profissão em extinção.
Só se descobriu uma das manias de Emilton,
como pessoa iluminada, pouco depois de sua morte
prematura, aos 34 anos, atacado por uma trombose,
motivada por excesso de bebida e fumo, hábitos comuns
dos jornalistas daquela época. Sem qualquer alarde,
no final de todo mês, ele reservava 50% de seu salário
para comprar alimentos e levá-los em marmitas para os
prisioneiros de distritos policiais.
Por isso, fiquei feliz quando li recente noticiário de
que o jovem surfista carioca, Carlos Burle, arriscou
sua vida para salvar a de sua colega Maya Gabeira,
quase morta por uma onda gigante na praia de
Nazaré, em Portugal.
Dá para entender tanta generosidade explícita? Não,
não dá. Acho que só Deus pode explicar.
PS – Convém lembrar: da mesma forma como a
Poesia, a Solidariedade Humana também é necessária!

*Fernando Pinto é jornalista e escritor

Geral
CRIMES DE CONSUMO

10 DICAS PARA O CONSUMIDOR
ESCAPAR DA INADIMPLÊNCIA
01 – O processo do endividamento em
quase todas as situações tem seu início
quando você passa a recorrer a empréstimos
para complementar seus compromissos.
Enquanto a pessoa tem crédito fica criando
dívidas para pagar dívidas. PARE enquanto
há tempo porque você simplesmente está
piorando cada vez mais sua situação...
02 - Se estiver pagando apenas o
valor mínimo do cartão de crédito por
meses e meses, você está praticamente
jogando dinheiro fora. Seu débito nunca diminui e
este dinheiro representa juros das administradoras. O
correto é abrir mão do cartão, suspender o pagamento do
valor mínimo e negociar o pagamento do valor total em
prestações fixas para liquidar o débito.
03 – No início as administradoras dificultam bastante, falam
que você tem de continuar a pagar pelo menos o valor mínimo,
etc. Entretanto, a partir do segundo mês sem receber, eles mesmos
apresentam proposta de parcelamento do valor total.
04 – Quando negociar qualquer dívida, nunca aceite
a primeira proposta que lhe apresentarem, procure
sempre barganhar mais. Se eles oferecem para dividir
o débito em seis meses, por exemplo, peça para dividir
em 20 vezes. Claro que de imediato eles também não vão
aceitar, mas pode ficar em 15 ou 12 meses.
05 – Dívidas com agiotas: não se intimide com eles. Eles gostam
muito de agir desta forma, mas agiotagem é crime e se você
registrar uma queixa policial, certamente o quadro se modificará
bastante a seu favor. Os agiotas são metidos a valentes, mas são
inteligentes. Eles sabem que estão praticando uma ilegalidade.
06 – Faça uma reavaliação em seu orçamento. Procure
restabelecer com total prioridade as despesas da subsistência de
sua família. Pague primeiro seu condomínio, escola, aluguel ou
prestação do imóvel, telefone, energia, etc.
Seja a situação que você estiver, sem o mínimo de
condição para sustentar sua família, você não vai poder
resolver o problema de mais ninguém.
07 – Verifique quanto você ganha por mês e o total dos
seus débitos. Separe o valor para manter sua subsistência e o
que sobrar é para pagar dividas.
08 – Procure resolver primeiro os débitos que envolvam
nomes de outras pessoas. As compras que você fez com fiadores
ou em nome de alguém merecem prioridade para limpar o nome
da pessoa e recuperar a confiança que você recebeu.
09 – As contas de valores pequenos podem também ser
eliminadas com prioridade.
10 – Modifique seus hábitos de CONSUMO e de sua família,
caso contrário você vai voltar a cometer os mesmos erros. Em fase
de crise, economizar é a palavra de ordem. Consumo de telefone,
energia, despesas supérfluas têm de ser eliminadas. Para gastar
todo mundo é solidário, entretanto na hora do endividamento
apenas um ou o casal assume a responsabilidade. Lembre-se: “um
pequeno vazamento pode afundar um grande navio”.

12 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

JOSÉ MATOS

Quando o amor adoece
Quem vive idealizando
alguém para sua
companhia, cria
expectativas em excesso
ou sonha com casamento
a cada vez que namora,
certamente adoecerá
seus sentimentos, porque
vivemos num mundo
imperfeito de pessoas
imperfeitas, e ideal é algo
que não existe.
Super estimando os
sonhos, a pessoa criará uma
camada de ilusão que lhe
impedirá de ver o caráter
dos candidatos e avaliar

seus sentimentos. Ilusão
sedimentada faz adoecer
e não aceitar o fim dos
relacionamentos. Pensando
nessas pessoas doentes do
afeto e na sua recuperação,
foi criado o grupo de autoajuda Mulheres que Amam
Demais.
Pare de iludir-se.
Não perca a razão. Não
deixe que somente seu
coração decida sobre
sentimento. Não tenha
pressa. Examine bem os
candidatos e candidatas.
Observe bem suas reações,

principalmente nas
dificuldades, para que
você possa ver o bicho e o
santo que cada um carrega
dentro de si, ou apenas o
bicho. Entenda que todas
as pessoas são defeituosas.
Apenas aprenda a
diferenciar o suportável do
insuportável.
Não esqueça: “sua
vida de hoje é o resultado
de suas atitudes e escolhas
feitas no passado. Sua vida
de amanhã será o resultado
de suas atitudes e escolhas
que fizer hoje”.

Biodisponibilidade deproteínas
A maior parte dos
alimentos precisa ser cozida,
ou submetida a algum tipo de
processamento térmico, para
tornar-se mais digeríveis
e, assim, seus nutrientes
melhor assimilados pelo
organismo. Indico a leitura
do livro “Pegando Fogo –
porque cozinhar nos tornou
humanos”, que ganhei
de um cliente. O autor é
Richard Wrangham, um
antropólogo biológico,
que descreve a evolução
do homem relacionada á
utilização do fogo no preparo
de alimentos. Bastante
interessante para a reflexão
sobre a evolução da nossa
espécie.
Bom, o assunto desta
semana veio à tona, pois
muitas vezes observamos
práticas alimentares que
põem em risco a saúde
dos indivíduos e que não

Caroline
Romeiro*

Sáude e Nutrição
apresentam nenhuma
vantagem nutricional, como
é o caso da ingestão de ovos
crus. Por mais que exista
um cuidado no controle da
temperatura para que não
haja o desenvolvimento
de salmonela no ovo, isso é
muito arriscado, e não é de
forma alguma recomendado,
pois o risco de salmonelose é
iminente.
Além desse aspecto
de contaminação, ainda
existe o fato de que estudos
indicam que quanto mais

simples for a estrutura
que estabiliza a cadeia
peptídica, mais fácil é
o acesso das enzimas
digestivas, aumentando a
digestibilidade da proteína
e a biodisponibilidade
para o organismo.
Quando aquecemos o ovo,
desnaturamos as proteínas
da clara, e isso favorece a
ação das enzimas citadas
anteriormente.
Além disso, é possível,
por meio da aplicação
de calor, inibir a ação de
fatores antinutricionais,
como a avidina, proteína
que impede a absorção
de biotina (vitamina do
complexo B), por exemplo.

*Caroline Romeiro é especialista
em Nutrição Clínica, consultora em
Nutrição Esportiva, Mestre em Nutrição
Humana e professora universitária.
www.institutoperface.com

“Queria pegar o ônibus

para o Paranoá.
Peguei Gama.”
Antônio Batista,
aluno do DF Alfabetizado.

DEPOIS QUE SEU ANTÔNIO APRENDEU A LER E ESCREVER, ISSO NUNCA MAIS ACONTECEU.
Imagine como você se sentiria se não conseguisse ler nem escrever. Mesmo as coisas mais simples, como pegar o ônibus certo ou ler o nome de um remédio,
se tornariam um verdadeiro pesadelo. O programa DF Alfabetizado, do GDF, foi lançado em 2011 com um objetivo ousado: erradicar o analfabetismo no DF.
Em 2 anos, já ajudou o seu Antônio e mais de 6 mil jovens e adultos a aprenderem a ler e escrever. E até 2014 serão mais 15 mil alunos. Para o GDF, o programa
DF Alfabetizado é prioridade, porque, como diz o seu Antônio: “a pessoa que não sabe a leitura é cega”.
Governo do Distrito Federal

www.gdfdiaadia.df.gov.br

Secretaria de
Educação

Cidade

14 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

ENTRETENIMENTO
CRUZADAS

TIRINHA

nEm um bar, o sujeito tenta conquistar uma
loira de maneira bem romântica:
— Como você é bela! Case-se comigo
e eu te farei a mulher mais feliz do mundo!
Por você, atravessarei oceanos, escalarei
montanhas, cruzarei fronteiras, descerei
despenhadeiros, nadarei nas correntezas...
A loira se levanta e vai mudando de
lugar, quando o cara a chama:
— Ei! Moça, o que foi? Não quer se

PIADAS

casar comigo?
— Eu, hein? Pra que eu vou querer um
marido que não para em casa?
nA filha de pais separados faz 18 anos e
o pai, está feliz por emitir o último cheque
da pensão que paga à ex-mulher. Ele se
encontra com a filha, preenche o cheque e
pede que ela lhe conte a cara da mãe, ao
dizer-lhe que é o último cheque que ela verá

da parte dele.
A filha entrega o cheque à mãe e volta à
casa do pai para lhe dar a resposta.
– Diga filha, qual foi a reação dela? –
pergunta ele, curioso.
– Ah, ela só mandou dizer que você não
é o meu pai.
nHavia um jovem que, na sua infância, tinha
o desejo de se tornar um grande escritor.

Quando lhe pediam para definir grande,
ele dizia:
- Quero escrever coisas que todo mundo
venha a ler, coisas a que as pessoas reajam
num nível verdadeiramente emocional, que
as façam gritar, chorar, gemer, e lhes cause
desespero e raiva!
Hoje, aquele jovem finalmente atingiu
seus objetivos! ele trabalha na microsoft
escrevendo as mensagens de erro...

Social

15 n Brasília, 9 a 15 de novembro de 2013 - redacao.bsbcapital@gmail.com

evidenc
e
by Armildes Corrêa
Multa neles,
Detran!

“CAUSAR OU NÃO
CAUSAR, É A QUESTÃO”

Clínica
da Pele

Vi e odiei...
Na manhã de segundafeira (4), o trânsito tornouse ainda mais difícil na
Avenida Comercial, em
frente à QNA 16, sentido
norte. Motivo: carros,
motocicletas e caminhões
estacionados ao longo da via.

Pilotada pelo
médico José
Levino e sua bela
Grazzielle Neiva, a
tradicional clínica
especializada em
procedimentos
estéticos em
breve terá novo
endereço:
QSD 7 casa 1 Taguatinga Sul.

Concerto de
Pedro Teixeira
Dedicado à música, o
jovem tecladista Pedro
Macedo Teixeira apresentouse em concorrido concerto
na cidade.

Enlace
matrimonial

Niver

A neurologista Jane
Lúcia e o administrador
José Claudio, depois de
muitos anos de convívio,
oficializarão a sólida
união em grande estilo,
em janeiro, no Santuário
Dom Bosco, com direito a
recepção no espaço para
eventos Hípica Hall.

A professora
aposentada Terezinha
Alves Pereira fez
aniversário e celebrou a
data em uma missa em
ação de graças na Paróquia
Nossa Senhora de Fátima.

Espaço sujeito à lotação. Classificação livre e entrada gratuita.

Para estar na SOCIETY IN EVIDENCE, envie fotos e notícias para societyinevidence@gmail.com

Chegada
el.
do Papai No ...
HOHOHO

ESPETÁCULO MUSICAL COM KLEITON & KLEDIR E GRUPO THOLL
Domingo – 10 de novembro – 17h – Estacionamento E3A - ENTRADA GRATUITA
W W W.TAG U AT I N G A S H O P P I N G .C O M . B R

Voluntários
da Saúde
Com uma equipe de
profissionais de saúde digna
de renomados hospitais,
a ONG Voluntários da
Saúde presta excelentes
serviços à comunidade em
diversas clínicas médicas
de Taguatinga e cidades
vizinhas. Tudo a baixíssimo
custo. A sede fica na QNA 3
casa 28. Telefone 3042-0503.

JOB_063_PRIME_anúncio_jornal_brasilia_capital.indd 1

10/16/13 3:57 PM


Related documents


131
blog
prog geral 10 for rainbow
dt 74
programaa4
lista expositores


Related keywords