PDF Archive

Easily share your PDF documents with your contacts, on the Web and Social Networks.

Share a file Manage my documents Convert Recover PDF Search Help Contact



primeirocapitulosite final .pdf



Original filename: primeirocapitulosite - final.pdf

This PDF 1.3 document has been generated by Adobe InDesign CS6 (Macintosh) / Mac OS X 10.7.5 Quartz PDFContext, and has been sent on pdf-archive.com on 01/04/2014 at 20:52, from IP address 37.197.x.x. The current document download page has been viewed 428 times.
File size: 234 KB (6 pages).
Privacy: public file




Download original PDF file









Document preview


A

yara teve de se apressar e acabar de montar a

cuidadosamente com um cadeado que tirou da bolsa.
sa da doutora. A ele se seguiu o revólver calibre 38, que ela
enorme corpanzil dentro da rede.

dos do interior e, eventualmente, até conseguir um pouco de

vez em silêncio.
As audiências eram nos lugares mais incríveis: barcos,
recia não atingir as gorduras que se apertavam em volta do
cinto, onde o revólver descansava quando as audiências acabavam.
quim e para a missa na igreja.
-

Junéia Mallas

ca de poliéster –, mas que, como uma lagarta, se transformava na justiceira do nortão quando colocava o 38 em cima da

19

vem de Marabá, com a PA 257, que segue para Serra Pelada
e Carajás. A areia e o barro amarelos marcam o vazio do que

porte ou para fugir do inferno ou para ir para o paraíso – dependendo do lado da estrada onde se encontravam.
-

plantando suas igrejas na beira da estrada como se fossem
sementes de melancia. Igrejas, prostitutas e violência nunca
faltaram na Amazônia.

luz de vela.
dias.
dado Nonato, jovem tímido, recém-entrado no serviço mili-

A ENTREGA

tora.

20

-

Ia ser mais uma dessas noites mal dormidas, “tão úmiques. Passou os próximos minutos divagando se a frase era
exatamente esta ou não. Como seria bom reler Cem anos de
solidão agora!
Ayara fez os últimos ajustes no mosquiteiro e apagou
a lanterna. Ficou se lembrando de outras frases de Garcia
Marques para enganar o desconforto da dormida. Acordou
sobressaltada com uma batida forte na porta.
Ayara pulou fora da rede. Nonato, meio tonto, tentava

Ayara sentiu um arrepio subir pelas costas.
Sussurrando, dirigiu-se ao segurança:
Ela ainda conseguia brincar…

sua voz trêmula:

Jonair saiu quase que correndo, sem nem dar tempo de
e faróis ligados. Pulou na boleia e arrancou.

Junéia Mallas

tregar aquilo pra alguém. Tá ali, em cima do toco. Tava no
lado da estrada, perto do entroncamento. Tá entregue. Vou

21

Ayara seguiu os dois. Custou um pouco a entender o
que estava em cima do toco. Parecia uma bola, mas sabia que

barro encobria parte do rosto, e os cabelos estavam grudados. Não dava para ver se era sangue seco ou lama. Formigas

par, pensar. Em um minuto, estava ao lado do toco com o lençol.
tora. Seu pânico mostrava a inexperiência dos seus dezoito
lando bem baixo: “Se acalma, menino, morto não atira nem

A ENTREGA

-

22

estava sem lua e escura. A pouca luz a fazia pensar que, de repente, aquilo ali não era uma pessoa. Era uma escultura, um
trote. Mas quando suas mãos levantaram a cabeça, o peso
tirou essa ilusão: era o que restava de alguém.
tora.
-

-

da crosta escura de sangue pisado. Karl...
Mataram o Karl!

Junéia Mallas

13-08-1990

23


Related documents


primeirocapitulosite final
06 diadema a cidade do futuro antecipado
como emagrecer rapidamente sem exercicios fisicos
06 diadema a cidade do futuro antecipado pdfppd
pt neva no inferno cap i 1
aline barros deus do imposs vel flauta transversal


Related keywords