PDF Archive

Easily share your PDF documents with your contacts, on the Web and Social Networks.

Share a file Manage my documents Convert Recover PDF Search Help Contact



Kaiho Livro 1 .pdf


Original filename: Kaiho - Livro 1.pdf
Author: Bedengo

This PDF 1.5 document has been generated by Microsoft® Word 2010, and has been sent on pdf-archive.com on 14/03/2017 at 00:41, from IP address 189.84.x.x. The current document download page has been viewed 656 times.
File size: 1.7 MB (234 pages).
Privacy: public file




Download original PDF file









Document preview


Every day dawn and dusk arise, but today… Today it will be Azure

解放
紺碧猟師の伝説

KAIHO
The legend Of the Azure Hunter
かいほう
デレゲンドオフデアズレハンタル

- Livro 1 -

O levantar-se de Azure

Autor: Bedengus Crowley Nightwalker
------------------------------------ Participações Especiais ------------------------------------------Gustavo Lopes de Araújo*

Ian Victor

Denis

Gabriel Moraes Leite*

Loislene Mendonça Rios

Iuri

Marcos Vinicius Lazarim Lemes*

Stephanie Rios

Felipe

Túlio Cunha Lima*

Samuel Costa

Dilton

Jonas Fialho*

Jean Antonio*

Saulo

Vagner Luciano Peruchini*

José João de Jesus

Larissa

Vitor Manuel

Agnaldo Filho

Lucas

Thiago Pinheiro

Erinaldo Rios

Arthur Vinueza*

Maria Aurilene

Herikz Nawarro

Rebecca Keyla

Joanderson Rios

Marcus Leal

Icaro Carvalho

Henrique

Adrion

Jessica Ann Juliet

Lenilda Silva

João Fialho

Sabrina

Micaelle

Eliabe

Cleiton Souza

Cledison Cunha

Pedro Henrique

Junior Teixeira

Tales

Reginaldo

Isael

Raick Cerqueira

Leandro Rios

Ronaldo Rios

Daniel Souza

Vici

Jonas Azevedo

Todos os direitos autorais reservados ao autor. Membros das ‘participações especiais’
participaram por apenas existirem e com exceção dos marcados com um asterisco eles nem ao
menos sabem sobre seus personagens – portanto em caso de desagrado devem ser
considerados também como fictícios.

“Alison – Bom dia… Joou-sama.
Joou-sama – É definitivamente um belo dia, Azure…

Alison – Talvez eu escreva um livro…”

_________________________________Prólogo____________________________________

Livro de fantasia baseado na própria fantasia em si. Todas as criaturas mitológicas e fictícias
que tive acesso, toda a experiência de ler, ver ou ouvir sobre tais criaturas em jogos, desenhos,
séries, filmes, livros, internet e outras formas de mídia; toda esta experiência junta-se para
criar um universo de fantasia com suas próprias leis paralelas as da realidade no qual vai além
de apenas ‘o bem’ e ‘o mal’. O livro tenta passar a ideia de que o mundo – real ou de fantasia –
vai muito além disto; que não se deve ter conceitos imutáveis sobre as coisas e de sempre
estar aberto a mudanças. Este livro acompanha a jornada na qual Alison explora e faz parte de
tal novo e maravilhoso universo. A estória é contada em primeira pessoa a uma linguagem
popular e de fácil entendimento. Não é um livro apenas de drama, romantismo, humor ou de
alguma característica especifica; é um livro que tentar passar algo mais real, todas estas
características de um modo balanceado, como no dia-a-dia de cada um nós. Muitos
personagens são baseados em pessoas reais, meus amigos, portanto tais personagens
possuem a mesma personalidade da pessoa na qual foram baseados, tornando assim uma
experiência mais realística em um mundo de fantasia.
Kaiho é um livro de heróis e monstros; exércitos poderosos e feitos épicos. Assistiremos
enquanto tais feitos pelos deuses e homens mudam o inteiro mundo que conhecíamos.
Aprecie a estranha estória do ‘Azure Hunter’.

Prefácio
Era mais um dia normal na Terra que conhecemos; a humanidade em progresso, sonhos de um
futuro estável e a maioria das pessoas se empenhando para atingir uma boa condição
financeira e status na sociedade.
Como as mudanças mais importantes da humanidade; esta também veio de repente e
inesperadamente – os chamados 'Kaihos' (解放).
Os Kaihos foram descritos como 'poderes anormais'; o mundo foi cético com respeito a tais,
mas em pouco tempo, questão de meses, boa parte da população mundial já possuía seus
Kaihos.
Filmes de ficção científica sempre falaram da possibilidade disto e do desastre que causaria,
porém estes novos poderes foram bem aceitos pelo mundo.
Ao relembrar da história cruel que o mundo vem sofrendo por pré-conceitos ao longo das eras
foi decidido dar uma chance para os 'Kaihojins' (解放人); como são chamados os que possuem
Kaiho.
Logo a vida foi acostumando-se com os Kaihos. Matérias de escolas foram criadas
especificamente para isto; muitos campos de pesquisa de o porquê tal coisa aconteceu e o
porquê existem Kaihos comuns e raros, o que, como, porque e assim por diante. Era algo
totalmente misterioso que o mundo estava muito excitado para se saber mais sobre.
Foi-se notado também que o mundo começou a ter muito mais relatos sobre coisas
sobrenaturais como vampiros, lobisomens, elfos, orcs e coisas de teor semelhante.
No início não foi dada muita atenção a isto – tudo estava voltado para o novo poder que os
humanos possuíam que transcendiam a lógica e a razão –, contudo se tornou algo alarmante
em pouco tempo.
Pessoas passaram a ser encontradas mortas sem causas identificáveis: muitos viajantes que
nunca mais eram vistos e não apenas alguns casos isolados; estava a acontecer em escala
global. Após longas investigações sobre isto, tudo que descobriram foram mais e mais coisas
estranhas; cheiros até agora desconhecidos, resíduos de matérias nunca vistos antes e sinais
daquilo que pareciam ser apenas lendas. Todos os sinais indicavam que tudo aquilo que foi
tido como lendas eram na verdade reais, nem todas é claro, mas as mais difundidas, com
infinidades de versões, e estavam vivendo ali lado a lado com os humanos.
Foi incrível a humanidade ter aceito tão facilmente os Kaihojins, todavia isto que agora
acontecia já era demais. O governo tomou ação imediata sobre isto e foi decretada a
eliminação de todos os vampiros, lobisomens, necrófagos, fantasmas, quimeras, sereias,
centauros, orcs, elfos, grifos e assim por diante. Foi decreta a eliminação de todas as criaturas
que 'não pertencem' a este mundo – obviamente foi um fracasso.
Armas de fogo, armas medievais ou tudo que tentavam falhavam miseravelmente contra a
maioria destas criaturas – não havia como o governo contra-atacar tal ameaça (os inimigos

atacavam e fugiam; nem houve a chance dos exércitos enfrentá-los). Mas no horizonte a
alvorada de uma nova era surge: A era dos Kaihojins!
Por sorte os humanos aceitaram facilmente os Kaihos e aquilo que havia acabado de chegar a
em torno de três meses agora parecia ser a última esperança da humanidade. “Combater o
desconhecido com o desconhecido.” – este foi o pensamento de esperança da época.
Muitos Kaihos eram inapropriados para combate, já outros pareciam terem sido 'dados' para
isto – nasce então a "GUFMC - Governmental Unit For Mythical Combat" – o governo
selecionou os militares de todo o mundo que já possuíam Kaihos para treinarem suas
habilidades voltadas ao combate e então conter o crescente perigo que se aproximava com a
chegada destas novas criaturas.
Muitas vilas isoladas, pessoas que viviam no campo, cidades pequenas, casos misteriosos nas
cidades grandes, estranhas criaturas nas florestas, rios, montanhas, mar e algumas vezes até
nos céus; o mundo estava muito cheio de problemas para o governo solucionar por si só. Foi
daí que muitos usuários de Kaiho voltados para o combate começaram a agir. Tais Kaihojins
eram contratados para lidar com problemas envolvendo o sobrenatural enquanto o governo
não conseguia lidar com todos – estes contratados resolviam rapidamente os problemas
daqueles que estavam pagando por aquilo. Infelizmente estes poderes não foram usados
apenas para o ‘bem’; alguns contratavam Kaihojins para outros fins como assassinatos, roubo
de bancos, ajudar outros a fugirem da prisão e atividades ilegais que ficavam fáceis usando
esses novos 'superpoderes' – isto fez com que o mundo entrasse em um estado de caos. Agora
não só o governo tinha que lidar com os incontáveis casos que apareciam a cada segundo no
mundo, mas também lidar com pessoas que usavam seus Kaihos para o ‘mal’.
Com isto os governos começaram a desmoronar um após o outro e logo os maiores governos
ainda restantes no mundo – US, Rússia, Japão, Alemanha e França – se uniram e criaram um
governo que regesse sobre todo o planeta. Os cinco líderes mundiais que estavam no
comando destes países chegaram lá por serem vistos como heróis de guerra; eles possuem um
alto nível de controle sobre seus Kaihos em combate e tentam acabar com o caos através da
força.
O planeta estava em um regime totalitarista; todos Kaihojins deveriam se apresentar ao
governo e receber um implante de um chip pelo qual seriam monitorados – todo e qualquer
uso de Kaiho era visto como ilegal e punido severamente. Todo este caos dentro da própria
humanidade permitiu que as criaturas se organizassem, lutassem entre si e arranjassem seus
próprios territórios em nosso mundo; não eram mais animais selvagens que viviam de matar
os humanos e causar o caos sem pensar nas consequências. Muitas foram para altas
montanhas, cavernas profundas ou densas florestas. Muitas delas tinham uma forma humana
na qual era quase indistinguível da humanidade e com isto alguns como vampiros e
lobisomens começaram a viver junto com os humanos. Alguns realmente eram pacíficos e
tentavam viver em paz; já outros viam os humanos apenas como presas e alimento. Havia
constantes guerras contra o chamado 'Submundo Kaihotico' onde os Kaihojins ainda se
opunham ao governo e continuavam a realizar trabalhos contra as criaturas míticas e
atividades ‘ilegais’ de todo tipo usando os Kaihos.

Mesmo que tudo parecesse estar se acalmando sempre era preciso de alguém lá e cá, sempre
aparecia do nada uma invasão de zumbis, espíritos atormentados em tal lugar ou um assassino
sobrenatural em série que se alimentava de suas vitimas. Recorrer a GUFMC não era a mais
rápida nem prática das alternativas; exige-se grandes formulários, provas do problema e a
burocracia de sempre. Logo o uso do submundo Kaihotico nestas áreas se tornou muito
comum e estava crescendo mais a cada dia. Armas consideradas medievais como espadas,
machados e lanças agora podiam ser usadas melhor do que armas de fogo. Ao combinar o uso
de Kaiho com o de armas medievais o resultado é grandioso e com isto começou-se a
desenvolver armas para serem usadas assim; até mesmo armas que usassem os Kaihos como
fonte de energia ou como uma extensão de seu poder. A tecnologia também avançou bem
com respeito a não prejudicar o planeta já que alguns Kaihos afetavam a inteligência e
imaginação. Sem criar tanta poluição era mais fácil de permanecer escondidos do governo.
E este é o estado do mundo em 27/10/2017, ou devo dizer, ano 001 dia 300. É; o ano passou a
ser contado após o surgimento do Kaiho no mundo.
Mesmo com o governo tentando acabar com o submundo Kaihotico a população apoiava
bastante o uso independente de Kaiho para ajudar a combater os ‘monstros’. O governo não é
capaz de cuidar de todos os problemas e então liberou que ‘missões’ fossem postadas com
recompensas para aqueles que usassem o Kaiho contra alguma criatura que estivesse
prejudicando a população. Com isto muitos usuários de Kaihos puderam sair do submundo
Kaihotico, porém eram apenas missões simples; o governo ainda tentava esconder grandes
massacres e criaturas que nunca haviam sido nem mesmo imaginadas – estes tipos de missões
são feitas pela mais alta classe do governo, ou pela mais alta classe do submundo Kaihotico, ou
melhor, eram feitas pelos “Guardians”, a elite dos Kaihojins do governo, e os “Freelers”, que
são a elite dos ‘caçadores’ do submundo Kaihotico que lida com o uso do Kaiho contra o
governo e criaturas míticas.
A humanidade ainda lutava entre si mesma e nem ao menos tentavam entender sobre as
novas espécies que chegaram ao planeta; muitas das quais eram criaturas inteligentes e que
por algum motivo absurdo falavam inglês além de seus idiomas nativos. Com todo este caos e
unificação das nações ficou decidido que o inglês seria a língua usada no mundo inteiro. Isto
tudo aconteceu em um período de apenas um ano e meio, parece pouco tempo, contudo é
impressionante como a vida pode mudar totalmente em apenas uma semana.
Sobre Kaiho tem que se manter em mente que não é uma arte toda poderosa e infinita; muitos
nem sabem que têm Kaiho porque a habilidade geralmente vem a um baixo nível no qual mal
se percebe. É algo que tem que ser treinado e aperfeiçoado para que possa ser usado e apenas
alguns poucos que vêm com poderes fantásticos do nada, mas é importante ter em mente
duas coisas: assim como numa maratona o usuário de Kaiho não usa tudo o que ele tem de vez,
isso iria esgotá-lo e então não chegaria muito longe. Assim como na maratona ele vai usando o
Kaiho no seu próprio nível, porém em algum momento ele irá se cansar e não poderá usar
mais seu Kaiho até se recuperar. O Kaiho é semelhante à estamina. 1 – Se tentar usar muito de
vez simplesmente perderá o controle sobre seu próprio Kaiho e ficará incapaz de usar por
algum tempo. 2 – Mesmo se usar conscientemente chegará a um momento que não vai mais
ter energia para usá-lo e só poderá ser usado após regenerar completamente a energia.

Índice:

Capítulo 1 – Um Kaiho Diferente De Todos

.......0013

---------------------------------------------------Primeiro Ato-----------------------------------------Capítulo 2 – O Comandante Vampiro

.......0026

Capítulo 3 – O Início Da ‘Aliança’

.......0041

Capítulo 4 – A Viajem

.......0056

Capítulo 5 – The Azure Hunter

.......0072

---------------------------------------------------Segundo Ato-----------------------------------------Capítulo 6 – A Jornada Ao ‘Submundo’

.......0091

Capítulo 7 – A Vila Troll

.......0108

Capítulo 8 – Engajando Em Algo Muito Maior

.......0125

Capítulo 9 – O Resgate

.......0143

Capítulo 10 – The Dark Queen

.......0159

Capítulo 11 – Apresentando Um Novo Mundo – O Nenokuni

.......0174

Capítulo 12 – Duat; O Reino Da Areia

.......0193

Capítulo 13 – Diferentes Objetivos, Mesmo Caminho

.......0201

Capítulo 14 – Unidos Por Um Propósito

.......0221

Capítulo 15 – The Flame Emperor

.......0235

Capítulo 16 – Um Final Feliz

.......0258

Capítulo 17 – A Ordem Do Nenokuni

.......0299

Capítulo 18 – A Usurpação Do Trono Anão

.......0321

Capítulo 19 – O Ascender Dos Profundos

.......0334

Capítulo 20 – O Resplendor Azure – Drytomos!

.......0348

Capítulo 21 – Propositalmente A Esmo

.......0368

Capítulo 22 – O Melhor Modo De Aprender

.......0386

Capítulo 23 – O Reino De Lendas

.......0399

Capítulo 24 – A Conquista Do Olympus

.......0410

Capítulo 25 – The Doomsday

.......0430

Capítulo 26 – Em Busca De Ainda Outro Portal

.......0444

Capítulo 27 – Recomeçando O Fim

.......0459

Capítulo 28 – O Levantar-se De Azure

.......0473

Cores
Alizarina.........................

▬▬▬▬▬▬

Amarelo.........................

▬▬▬▬▬▬

Amarelo Esverdeado.

▬▬▬▬▬▬

Âmbar.............................

▬▬▬▬▬▬

Ameixa............................

▬▬▬▬▬▬

Ametista.........................

▬▬▬▬▬▬

Amêndoa.......................

▬▬▬▬▬▬

Azul..................................

▬▬▬▬▬▬

Azul Ardósia.................

▬▬▬▬▬▬

Azul Celeste (Azure)...

▬▬▬▬▬▬

Azul Celeste Brilhante

▬▬▬▬▬▬

Azul Claro......................

▬▬▬▬▬▬

Carmesim......................

▬▬▬▬▬▬

Carmesim Celeste......

▬▬▬▬▬▬

Castanho Claro............

▬▬▬▬▬▬

Cinza...............................

▬▬▬▬▬▬

Coral................................

▬▬▬▬▬▬

Couro..............................

▬▬▬▬▬▬

Dainise............................

▬▬▬▬▬▬

Dourado.........................

▬▬▬▬▬▬

Escarlate.........................

▬▬▬▬▬▬

Esmeralda......................

▬▬▬▬▬▬

Fuligem..........................

▬▬▬▬▬▬

Herbal.............................

▬▬▬▬▬▬


Related documents


kaiho livro 1
kaiho book 1
kingslley
livro o hacker que encontrou o reino de deus v100
ebook completo as doutrinas de satan
biografia de malala pdf


Related keywords