PDF Archive

Easily share your PDF documents with your contacts, on the Web and Social Networks.

Share a file Manage my documents Convert Recover PDF Search Help Contact



Conceito de Igreja .pdf



Original filename: Conceito de Igreja.pdf

This PDF 1.4 document has been generated by Writer / LibreOffice 5.1, and has been sent on pdf-archive.com on 24/04/2018 at 00:20, from IP address 179.179.x.x. The current document download page has been viewed 281 times.
File size: 160 KB (15 pages).
Privacy: public file




Download original PDF file









Document preview


Conceito de Igreja

O que é uma Igreja?
Informativo gratuito

Conceito de Igreja
Antes de começar, pegue uma Bíblia, de preferência uma ótima tradução como por
exemplo a Almeida corrigida fiel (acf).
Etimologia da palavra igreja:
Do grego ἐκκλεισῐᾱ (ekkleisíā) ou ecclesia no latin originou o “aportuguesamento” da
palavra Igreja, e Iglesia em espanhol.
Já a palavra Church, vem do inglês antigo cirice, circe de kyriake, de Kyrios (Senhor,
Mediador). Os que defendiam uma igreja prédio, um endereço fixo, usavam do termo
kyriake doma (casa do Senhor).
Significado da palavra ecclesia:
Essa palavra significa assembléia ou congregação para os de fora, podendo ser resumido
como assembléia, congregação ou ajuntamento.
No inicio da formação do Corpo de Cristo (ajuntamento de pessoas convertidas a
verdadeira Igreja em Atos 2), as pessoas congregavam em qualquer lugar, e até mesmo
partiam do pão em casa (santa ceia). Não existia um endereço fixo, nem nome
denominacional, pois congregar em nome de Cristo era exercer uma igreja, conhecida
como igreja primitiva, pois a palavra quer dizer congregação. Acontece a partir dessa
época a adesão de novos membros desse Corpo orgânico e espiritual, criado por Jesus
Cristo na cruz.
Igreja não quer dizer templo, ou um prédio pelo qual devemos fazer cerimônias, batismo
nas águas ou coisa do tipo, como diz:

Dou graças a Deus, porque a nenhum de vós batizei, senão a Crispo e a Gaio, Para que ninguém diga
que fostes batizados em meu nome. E batizei também a família de Estéfanas; além destes, não sei se
batizei algum outro. Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em
sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã.
1 Coríntios 1:14-17

...não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus,
e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso
corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.
1 Coríntios 6:19-20

E Salomão lhe edificou casa; Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como
diz o profeta: O céu é o meu trono, E a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? diz o
Senhor, ou qual é o lugar do meu repouso? Porventura não fez a minha mão todas estas coisas?
Atos 7:47-50

A lei de Moisés que era transitória e só serviu como um tutor (aio), para preparar para uma
lei melhor, foi abolida por Cristo, e concluída com a nova aliança feita por Jesus Cristo:

E não somos como Moisés, que punha um véu sobre a sua face, para que os filhos de Israel não
olhassem firmemente para o fim daquilo que era transitório. Mas os seus sentidos foram
endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar na lição do velho testamento, o qual
foi por Cristo abolido; E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles.
Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu se tirará.
2 Coríntios 3:13-16

Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria justiça, não
se sujeitaram à justiça de Deus.
Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê.
Romanos 10:3-4

Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que
se havia de manifestar. De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para
que pela fé fôssemos justificados.
Gálatas 3:23-24
Apesar dos apóstolos e discípulos continuarem a se reunir em templos (sinagogas) ainda
por um certo tempo, pois haviam muitos judeus e o fim da lei de Moisés era recente
(Romanos 10:4, 2 Coríntios 3:14), era comum eles congregarem mais em casa, por muitos
motivos óbvios, como por exemplo: Por serem perseguidos ao pregarem o fim das amarras
da religião judaica que tinha sido abolida, e a Cristo como o Messias prometido, como diz:

Mas nem ainda Tito, que estava comigo, sendo grego, foi constrangido a circuncidar-se; E isto por
causa dos falsos irmãos que se intrometeram, e secretamente entraram a espiar a nossa liberdade, que
temos em Cristo Jesus, para nos porem em servidão; Aos quais nem ainda por uma hora cedemos com
sujeição, para que a verdade do evangelho permanecesse entre vós
Gálatas 2:3-5
Como podemos ver, há liberdade em Cristo, na nova aliança que Ele iniciou com o seu
próprio corpo, como diz:

Responderam, pois, os judeus, e disseram-lhe: Que sinal nos mostras para fazeres isto?
Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.
Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três
dias?
Mas ele falava do templo do seu corpo.
João 2:18-21

Temos várias outras passagens sobre a revelação para Paulo sobre o Corpo de Cristo, em
que Pedro e João também se beneficiaram, como:
Efésios 1:22-23, 2:16, 4:4-6, 4:15, 5:22-32
1 Coríntios 10:16-17, 12:12-31
Colossenses 1:18-20
1 Timóteo 3:15
1 Pedro 2:4-5
Apocalipse 3:14-22
Portanto, quem é salvo é membro do Corpo de Cristo, construído por Jesus na cruz, e
assim a gente congregando ou não, passamos a fazer parte do Corpo ao crermos no
evangelho que quer dizer boa notícia.
Quando lemos Mateus, Marcos, Lucas e João, concluímos que além de tudo que está
escrito nesses livros, é sobre Jesus Cristo morrer pelos nossos pecados e ressuscitar no
terceiro dia. Temos essa boa notícia que em grego quer dizer evangelho, a chance da
salvação de forma sintetizada em 1 Coríntios 15:1-4.
É interessante como neste capítulo podemos ter o evangelho (boa notícia) de forma
resumida e concentrada, como diz:

TAMBÉM vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também
recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como
vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão. Porque primeiramente vos entreguei o que
também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E

que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.
1 Coríntios 15:1-4
Portanto o evangelho, essa boa notícia é que Jesus Cristo morreu pelos nossos pecados e
ressuscitou, e tudo que precisamos fazer é confiarmos Nele. Tudo aconteceu segundo as
Escrituras, para que a irá de Deus não caísse sobre nós, mas sobre Ele, como por exemplo esta
profecia entre muitas outras:

Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e
nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das
nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz
a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados
como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a
iniqüidade de nós todos. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um
cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim
ele não abriu a sua boca.
Isaías 53:4-7

Portanto, para sermos salvos da condenação que a Bíblia prevê, temos que crer no
sacrifício do Cordeiro Jesus Cristo em nosso lugar. Passamos assim a ser membros um dos
outros, pelo Espírito Santo que nos é dado, imersos por Jesus.
Ao ler ou ouvir o evangelho e crer, somos selados pelo Espírito Santo, e só a partir daí é
que passamos a fazer parte do Corpo de Cristo, e sermos salvos de fato (Efésios 1:13),
como diz:

Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa
salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa; O qual é
o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória.
Efésios 1:13-14

E os principais dos sacerdotes e todo o concílio buscavam algum testemunho contra Jesus, para o
matar, e não o achavam. Porque muitos testificavam falsamente contra ele, mas os testemunhos
não eram coerentes. E, levantando-se alguns, testificaram falsamente contra ele, dizendo: Nós
ouvimos-lhe dizer: Eu derrubarei este templo, construído por mãos de homens, e em três dias
edificarei outro, não feito por mãos de homens. E nem assim o seu testemunho era coerente.
Marcos 14:55-59

Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a
mesma operação, Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas
individualmente somos membros uns dos outros.
Romanos 12:4-5
É pela fé é que somos salvos, sendo justificados, e não nos justificando, e não por nenhum
tipo de ritual ou cerimônia (Efésios 2:8-9), que seria o mesmo que dizer que um esforço
nosso pode nos salvar. Se você acredita que Cristo morreu pelos seus pecados segundo as
Escrituras e ressuscitou, e que Ele é um substituto (propiciação) em seu lugar:

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Sendo justificados gratuitamente
pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Ao qual Deus propôs para
propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados
dantes cometidos, sob a paciência de Deus;
Romanos 3:23-25

Se você crer Naquele que expia e limpa, faz a remissão dos seus pecados com Seu sangue,
e que foi um sacrifício vivo por você (Efésios 5:1-2), então você passa a ser membro do
Corpo através do selo do Espírito Santo, independentemente de uma denominação, ou de
sentir algo.
No passado Deus requeria sangue pelas transgressões, Ele sempre requereu, pois a vida
dos seres está no sangue:

Isto, pois, é o que oferecereis sobre o altar: dois cordeiros de um ano, cada dia, continuamente.
Um cordeiro oferecerás pela manhã, e o outro cordeiro oferecerás à tarde. Com um cordeiro a
décima parte de flor de farinha, misturada com a quarta parte de um him de azeite batido, e para
libação a quarta parte de um him de vinho, E o outro cordeiro oferecerás à tarde, e com ele farás
como com a oferta da manhã, e conforme à sua libação, por cheiro suave; oferta queimada é ao
SENHOR
Exodo 29:38-41

E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue
não há remissão.
Hebreus 9:22

Certamente requererei o vosso sangue, o sangue das vossas vidas; da mão de todo o animal o
requererei; como também da mão do homem, e da mão do irmão de cada um requererei a vida do
homem.
Genesis 9:4

Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer
expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma.
Levíticos 17:11
Diferente das cerimônias da lei, com a nova aliança (novo testamento), nós é que
passamos a ser o templo do Espírito Santo de Deus (1 Coríntios 6:19). Cristo é o Cordeiro
que morreu em nosso lugar, nos trazendo essa nova aliança pela fé nessa expiação:

No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o
pecado do mundo.
João 1:29

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele
que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
João 3:16
E temos figuras e tipos do velho testamento para isso:

...o sacerdote com o seu dedo tomará do sangue da expiação do pecado, e o porá sobre as pontas
do altar do holocausto; então todo o restante do seu sangue derramará na base do altar. E tirará
toda a sua gordura, como se tira a gordura do cordeiro do sacrifício pacífico; e o sacerdote a
queimará sobre o altar, em cima das ofertas queimadas do SENHOR; assim o sacerdote por ele
fará expiação dos seus pecados que cometeu, e ele será perdoado.
Levíticos 4:34-35

Como somos salvos?
Sendo justificados, e não tentando nos justificar. Temos que ter cuidado com os que
pregam a Palavra sem o sangue precioso de Cristo. Não é o que a gente faz, mas o que

Cristo fez por nós, é Ele que nos justifica, pois não temos como nos justificarmos sozinhos
com alguma obra das nossas mãos:

Onde está logo a vanglória? É excluída. Por qual lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé.
Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.
Romanos 3:27-28

Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo,
não feito por mãos, isto é, não desta criação, Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu
próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção.
Hebreus 9:11-12
Agora com a eterna redenção, temos o Espírito sem precisar sentir algo, ou falar em
línguas (1 Coríntios 14:21-22), e também dará discernimento para entender a Bíblia (1
Coríntios 2:14, 1 Pedro 1:20-21), e para notar quando algo está errado em uma pregação,
ensinamento ou conduta de alguém que fala de Deus. Claro que a maturidade pra tudo
isso, requer tempo e desenvolvimento na graça. Isso tudo sem sentir nada, a não ser o
desenvolvimento dos frutos espirituais (Gálatas 5.22-23). Jesus disse que a árvore que não
der bons frutos será cortada, e jogada no fogo (Lucas 3:9).
A carta de Tiago, que diz que a fé sem obras é morta, sempre foi mal interpretada pela
cristandade. Basta ler o destinatário da carta, pra logo percebermos que se trata de uma
doutrina para os apóstolos dispersos (os das doze tribos), e não para os crentes após a
formação da Igreja (Corpo de Cristo que é espiritual):

TIAGO, servo de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que andam dispersas, saúde.
Tiago 1:1
Não podemos ser apóstolos nos dias de hoje, pois para tal, seria necessário ter sido
escolhido diretamente por Jesus Cristo (Mateus 10:1-4, Atos 9:1-6). E os apóstolos eram
salvos pela graça, com fé e com obras, como por exemplo a pregação do evangelho (1
Coríntios 9:16), uma obra dos apóstolos e discípulos. Nós diferentemente deles, somos

salvos pela graça através da fé em Cristo apenas.
Claro que evangelizamos por consideração ao próximo, na esperança que sejam tocados
pelo Espírito de Deus, sendo livrados da perdição prevista.
Tudo que está na Bíblia é para lermos, mas nem tudo serve pra nós nos dias de hoje como
doutrina. Não podemos achar que somos judeus, ou não podemos fazer as coisas que os
judeus faziam, mesmo que Deus não faça acepção de pessoas:

E ao anjo da igreja em Esmirna, escreve: Isto diz o primeiro e o último, que foi morto, e reviveu:
Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que se dizem
judeus, e não o são, mas são a sinagoga de Satanás…
Apocalipse 2:8-11
A nossa doutrina (sã doutrina, Tito capítulos 2 e 3) se encontra das cartas de Romanos até
Filemom, já que Paulo é que teve as revelações para os dias de hoje e é o apóstolo dos
gentios (Romanos 11:13, Atos 9:15).

No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu
evangelho.
Romanos 2:16
Pode existir pastores, ou mestres nos dias de hoje?
Só Jesus Cristo é o Pastor. Alguém dizer que é uma pastor é uma blasfêmia! Ninguém tem
o direito de se dizer pastor, mestre, pai, padre ou papa, pois somos todos irmãos a sermos
dirigidos pelo verdadeiro Pastor que é Cristo:

Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e
todos vós sois irmãos. E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o
qual está nos céus. Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo. O
maior dentre vós será vosso servo. E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si
mesmo se humilhar será exaltado. Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais
aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.
Mateus 23:8-13

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
Salmo 23:1

As palavras dos sábios são como aguilhões, e como pregos, bem fixados pelos mestres das
assembléias, que nos foram dadas pelo único Pastor.
Eclesiastes 12:11
Nenhum líder qualquer que seja, deve hoje se manter financeiramente pela Palavra, como os levitas
viviam. Deve trabalhar, e servir de exemplo:

Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito que de vós recolhamos as carnais? Se outros
participam deste poder sobre vós, por que não, e mais justamente, nós? Mas nós não usamos deste
direito; antes suportamos tudo, para não pormos impedimento algum ao evangelho de Cristo.
1 Coríntios 9:11-12

Porque vós mesmos sabeis como convém imitar-nos, pois que não nos houvemos
desordenadamente entre vós, Nem de graça comemos o pão de homem algum, mas com trabalho e
fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós. Não porque não
tivéssemos autoridade, mas para vos dar em nós mesmos exemplo, para nos imitardes. Porque,
quando ainda estávamos convosco, vos mandamos isto, que, se alguém não quiser trabalhar, não
coma também. Porquanto ouvimos que alguns entre vós andam desordenadamente, não
trabalhando, antes fazendo coisas vãs. A esses tais, porém, mandamos, e exortamos por nosso
Senhor Jesus Cristo, que, trabalhando com sossego, comam o seu próprio pão.
2 Tessalonicenses 3:7-12
Devemos nos reunir e congregar?
Devemos procurar irmãos para congregarmos sim, uma assembleia no sentido correto, isso
é o ideal a se fazer. Mas o fato é que infelizmente poucos tem uma conduta bíblica, porque
preferem fazer parte de uma religião, doutrinas de homens (Efésios 4:14), que tentam
buscar a Deus das suas formas. Por não termos com quem congregarmos em muitas das
vezes, damos graças a Deus que a salvação é pela fé em Cristo Jesus sem as obras da lei
(Romanos 3:28, Gálatas 2:16), mesmo que não façamos parte de uma igreja prédio. Não
precisamos cumprir com nada da lei de Moisés, nem “dízimos”, nem ofertas, nem batismo
nas águas para sermos salvos, pois são cerimonialismos da antiga aliança. O batismo que
passamos, é o do Espírito Santo de Deus, é por esse que somos imersos, e não nas águas
que só purifica o exterior:

Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto
está de acabar.
Hebreus 8:13
A não ser que você ache que o sacrifício de Jesus Cristo não tenha sido o suficiente, ou
tenha sido pra você em vão, o que aniquilaria a graça de Deus em você:

Não aniquilo a graça de Deus; porque, se a justiça provém da lei, segue-se que Cristo morreu vão.
Gálatas 2:21.

Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído.

Gálatas 5:4

Na antiga aliança de Moisés, os pecados eram remidos quando os judeus tinham fé que os
sacrifícios dos animais, um cordeiro por exemplo, havia feito a expiação por eles. Hoje só
basta ter fé que o Cordeiro de Deus foi a nossa expiação.
Batizar quer dizer imergir, fazer uma imersão. O que João batista fazia era para apontar a
vinda do Ungido, Messias, do Cristo, batizando nas águas que era apenas uma figura
exterior da imersão no Espírito de Deus interior. Já temos a imersão no Espírito Santo por
Jesus Cristo ao reconhecermos Ele e o seu sacrifício (1 Pedro 3:18-22), não estando mais
órfãos (João 14:16-18):


Related documents


conceito de igreja
missal
os10mandamentosnavisaodeumblogbg0tra
07 vivendo agora no reino divino pdfppd
liturgia 01122018
quatorze maneiras pelas quais


Related keywords