PDF Archive

Easily share your PDF documents with your contacts, on the Web and Social Networks.

Share a file Manage my documents Convert Recover PDF Search Help Contact


Search


PDF Archive search engine
Last database update: 18 October at 11:37 - Around 220000 files indexed.

Search on pdf-archive.com All sites
Show results per page

Results for «ambientais»:


Total: 23 results - 0.039 seconds

Seminario RNAE Portalegre 18Mar2014 draft@25022014 v2 100%

Seminario RNAE Portalegre 18Mar2014 draft@25022014 v2 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E BOAS PRÁTICAS AMBIENTAIS NAS EMPRESAS – OPORTUNIDADES PARA A REDUÇÃO DE CONSUMOS E CUSTOS 18 de Março de 2014 Auditório do NERPOR, PORTALEGRE 09h30 Receção dos Participantes 10h00 Abertura Tiago Gaio (AREANATejo) | Nuno Ferreira (RNAE) | a designar (NERPOR) 10h15 O PLANO DE DINAMIZAÇÃO E DISSEMINAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS – EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR EMPRESARIAL | Nuno Ferreira (RNAE) 10h30 PRINCÍPIOS BÁSICOS DA GESTÃO DA ENERGIA | João de Jesus Ferreira (JESUSFERREIRA CONSULTORES) 10h50 Coffee-Break 11h20 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA ILUMINAÇÃO | Alexandre Fernandes (FABRIWATT) 11h40 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NOS EDIFÍCIOS | Paulo Libório (ADENE) 12h00 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA INDÚSTRIA| Paulo Calau (Direção Executiva do PNAEE)

https://www.pdf-archive.com/2014/02/28/seminario-rnae-portalegre-18mar2014-draft-25022014-v2/

28/02/2014 www.pdf-archive.com

Ria Formosa Liceu 100%

alguns exemplos Algumas questões ambientais EVOLUÇÃO HOLOCÉNICA DA RIA FORMOSA 8000BP 6000BP 3000BP Romanos Actual CONFIGURAÇÃO ACTUAL 3D DA RIA FORMOSA REGIME DE ONDULAÇÃO MODERADO A FORTE ELEVADA OCUPAÇÃO HUMANA REGIME DE ONDULAÇÃO MODERADO A FORTE SEM OCUPAÇÃO HUMANA REGIME DE ONDULAÇÃO FRACO ELEVADA OCUPAÇÃO HUMANA REGIME DE ONDULAÇÃO FRACO OCUPAÇÃO HUMANA MÉDIA REGIME DE ONDULAÇÃO FRACO SEM OCUPAÇÃO HUMANA

https://www.pdf-archive.com/2017/10/25/ria-formosa-liceu/

25/10/2017 www.pdf-archive.com

RevisaoArea1 100%

Parte da estrutura reprodutiva das plantas continentais Refletem a vegetação e as condições ambientais respectivas

https://www.pdf-archive.com/2017/05/04/revisaoarea1/

04/05/2017 www.pdf-archive.com

Manifesto Forte 98%

Um empreendimento deste porte no local, além de trazer grandes impactos ambientais, afetaria negativamente a qualidade de vida dos moradores, o potencial turístico deste município e as atividades do Porto Público.

https://www.pdf-archive.com/2017/03/18/manifesto-forte/

18/03/2017 www.pdf-archive.com

RELATORIO 2 97%

relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana.

https://www.pdf-archive.com/2017/04/23/relatorio-2/

23/04/2017 www.pdf-archive.com

Engenharia Hídrica 85%

Engenharia Hídrica Soluções de Tecnologia e Gestão para Construção Civil Engenharia Hídrica “Uma das principais atividades do Engenheiro Hídrico é cuidar e monitorar a utilização de bacias hidrográficas.” Prevenir, minimizar e recuperar danos ambientais causados por atividades industriais, agrícolas ou urbanas também fazem parte das suas atividades.

https://www.pdf-archive.com/2018/12/13/engenharia-hidrica/

13/12/2018 www.pdf-archive.com

cescontexto debates xvii -01 84%

Expressões de conflitos ambientais de mineração e petróleo em Portugal e na América do Sul Organização Adriana Bravin Lúcia Fernandes Edição Sara Rocha Nº 17 Maio, 2017 1 Agradecimentos Queremos prestar os nossos agradecimentos a todos aqueles e aquelas que permitiram a concretização desta publicação e a realização do Seminário e Fórum público “Diferentes formas de dizer não:

https://www.pdf-archive.com/2017/05/31/cescontexto-debates-xvii-01/

31/05/2017 www.pdf-archive.com

cescontexto debates xvii -02 84%

Expressões de conflitos ambientais de mineração e petróleo em Portugal e na América do Sul Organização Adriana Bravin Lúcia Fernandes Edição Sara Rocha Nº 17 Maio, 2017 1 Agradecimentos Queremos prestar os nossos agradecimentos a todos aqueles e aquelas que permitiram a concretização desta publicação e a realização do Seminário e Fórum público “Diferentes formas de dizer não:

https://www.pdf-archive.com/2017/05/31/cescontexto-debates-xvii-02/

31/05/2017 www.pdf-archive.com

cescontexto debates xvii -03 84%

Expressões de conflitos ambientais de mineração e petróleo em Portugal e na América do Sul Organização Adriana Bravin Lúcia Fernandes Edição Sara Rocha Nº 17 Maio, 2017 1 Agradecimentos Queremos prestar os nossos agradecimentos a todos aqueles e aquelas que permitiram a concretização desta publicação e a realização do Seminário e Fórum público “Diferentes formas de dizer não:

https://www.pdf-archive.com/2017/05/31/cescontexto-debates-xvii-03/

31/05/2017 www.pdf-archive.com

cescontexto debates xvii -04 84%

Expressões de conflitos ambientais de mineração e petróleo em Portugal e na América do Sul Organização Adriana Bravin Lúcia Fernandes Edição Sara Rocha Nº 17 Maio, 2017 1 Agradecimentos Queremos prestar os nossos agradecimentos a todos aqueles e aquelas que permitiram a concretização desta publicação e a realização do Seminário e Fórum público “Diferentes formas de dizer não:

https://www.pdf-archive.com/2017/05/31/cescontexto-debates-xvii-04/

31/05/2017 www.pdf-archive.com

cescontexto debates xvii -05 84%

Expressões de conflitos ambientais de mineração e petróleo em Portugal e na América do Sul Organização Adriana Bravin Lúcia Fernandes Edição Sara Rocha Nº 17 Maio, 2017 1 Agradecimentos Queremos prestar os nossos agradecimentos a todos aqueles e aquelas que permitiram a concretização desta publicação e a realização do Seminário e Fórum público “Diferentes formas de dizer não:

https://www.pdf-archive.com/2017/05/31/cescontexto-debates-xvii-05/

31/05/2017 www.pdf-archive.com

cescontexto debates xvii -06 84%

Expressões de conflitos ambientais de mineração e petróleo em Portugal e na América do Sul Organização Adriana Bravin Lúcia Fernandes Edição Sara Rocha Nº 17 Maio, 2017 1 Agradecimentos Queremos prestar os nossos agradecimentos a todos aqueles e aquelas que permitiram a concretização desta publicação e a realização do Seminário e Fórum público “Diferentes formas de dizer não:

https://www.pdf-archive.com/2017/05/31/cescontexto-debates-xvii-06/

31/05/2017 www.pdf-archive.com

cescontexto debates xvii -07 84%

Expressões de conflitos ambientais de mineração e petróleo em Portugal e na América do Sul Organização Adriana Bravin Lúcia Fernandes Edição Sara Rocha Nº 17 Maio, 2017 1 Agradecimentos Queremos prestar os nossos agradecimentos a todos aqueles e aquelas que permitiram a concretização desta publicação e a realização do Seminário e Fórum público “Diferentes formas de dizer não:

https://www.pdf-archive.com/2017/05/31/cescontexto-debates-xvii-07/

31/05/2017 www.pdf-archive.com

PATOLOGIAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL - M2OBRAS 83%

Por exemplo, as estruturas de concreto armado devem ser projetadas e construídas de forma que, sob condições ambientais normais, elas se mantenham seguras, funcionais e com aparência saudável sem a necessidade de altos custos de manutenção e reparo.

https://www.pdf-archive.com/2018/12/04/patologias-na-construo-civil---m2obras/

04/12/2018 www.pdf-archive.com

EIA - Volume II 80%

Importante ser ressaltado que, dadas às especificidades técnicas, construtivas e operacionais do empreendimento, bem como às características gerais da sua área de inserção, o diagnóstico ambiental abordará os aspectos ambientais considerados mais relevantes, impactados direta ou indiretamente pelo empreendimento, em suas diferentes fases.

https://www.pdf-archive.com/2017/12/19/eia-volume-ii/

19/12/2017 www.pdf-archive.com

EIA - Volume III 75%

Destaca, ainda, a vegetação encontrada em parques, praças, quintais, jardins ou no sistema viário como tendo grande importância por apresentar diversas funções estéticas, arquitetônicas e ambientais, tais como a diminuição do impacto pluviométrico, melhoria climática, alterações na percepção visual do ambiente, aumento do sombreamento, diminuição da poluição sonora, entre outras.

https://www.pdf-archive.com/2017/12/19/eia-volume-iii/

19/12/2017 www.pdf-archive.com

Revista Pagina Dupla 75%

Os princípios da governança são accountability (presta- por Andréa de Lima A crescente circulação de informação faz com que o mercado seja mais exigente MAIS TRANSPARENTES E ÉTICOS COMPORTAMENTOS COMPETITIVIDADE 40 Fatos associados à falta de transparência, corrupção, assédio moral, fraudes, impactos ambientais e outras falhas de compliance deveriam levar reguladores, investidores e a sociedade em geral a prestar mais atenção e cobrar boas práticas corporativas voltadas ao atendimento das questões regulatórias, ao cumprimento de códigos de conduta e ao bom relacionamento.

https://www.pdf-archive.com/2016/01/12/revista-pagina-dupla/

12/01/2016 www.pdf-archive.com

Carne Bíblia Anglicana 73%

mau deleite, implicações éticas, ambientais e nutricionais do consumo de leite bovino, 2012;

https://www.pdf-archive.com/2018/02/27/carne-b-blia-anglicana/

27/02/2018 www.pdf-archive.com

Gestão Ambiental na Construção Civil 72%

Gestão Ambiental na Construção Civil Soluções de Tecnologia e Gestão para Construção Civil Gestão Ambiental na Construção Civil “A Gestão Ambiental é um conjunto de medidas que reduz e controla os impactos produzidos por um empreendimento ao meio ambiente.” A Construção Civil é reconhecida como grande geradora de impactos ambientais tanto pelo consumo de recursos naturais e modificação da paisagem quanto pela geração de resíduos.

https://www.pdf-archive.com/2018/12/11/gesto-ambiental-na-construco-civil/

11/12/2018 www.pdf-archive.com

Simulado 2 de TI 72%

a) Termo de Abertura do Projeto, Documentação de Requisitos, Registro das Partes Interessadas b) Declaração do Escopo do Projeto, Documentação dos Requisitos e Ativos de Processos Organizacionais c) Lista de Atividades, Atributos das Atividades, Lista dos Marcos, Declaração do Escopo do Projeto e Ativos de Processos Organizacionais d) Termo de Abertura do Projeto, Saídas dos Processos de Planejamento,Fatores Ambientais da Empresa e Ativos de Processos Organizacionais e) Documentação dos Requisitos, Dicionário da EAP e Ativos de Processos Organizacionais

https://www.pdf-archive.com/2015/05/26/simulado-2-de-ti/

26/05/2015 www.pdf-archive.com

Simulado 2 de TI 72%

a) Termo de Abertura do Projeto, Documentação de Requisitos, Registro das Partes Interessadas b) Declaração do Escopo do Projeto, Documentação dos Requisitos e Ativos de Processos Organizacionais c) Lista de Atividades, Atributos das Atividades, Lista dos Marcos, Declaração do Escopo do Projeto e Ativos de Processos Organizacionais d) Termo de Abertura do Projeto, Saídas dos Processos de Planejamento,Fatores Ambientais da Empresa e Ativos de Processos Organizacionais e) Documentação dos Requisitos, Dicionário da EAP e Ativos de Processos Organizacionais

https://www.pdf-archive.com/2015/05/26/simulado-2-de-ti-1/

26/05/2015 www.pdf-archive.com

ModelodeResumoexpandido 64%

A via de entrada desses fungos provavelmente acontece por pequenas lesões da pele ou pela mucosa nasal após inalação dos esporos de fontes ambientais contaminadas [2].

https://www.pdf-archive.com/2016/03/18/modeloderesumoexpandido/

18/03/2016 www.pdf-archive.com