PDF Archive

Easily share your PDF documents with your contacts, on the Web and Social Networks.

Share a file Manage my documents Convert Recover PDF Search Help Contact


Search


PDF Archive search engine
Last database update: 30 October at 03:35 - Around 210000 files indexed.

Show results per page

Results for «arquitetura»:


Total: 50 results - 0.063 seconds

RISC vs CISC - Questões comentadas 100%

RISC vs CISC – Questões comentadas Daniel Martins 1) FCC – Em relação à arquitetura de computadores INTEL, considere:

https://www.pdf-archive.com/2017/09/05/risc-vs-cisc-quest-es-comentadas/

05/09/2017 www.pdf-archive.com

mestrado maurilio marco09 93%

considerações sobre o espaço público e edifícios modernos de uso misto no centro de são paulo    Maurílio Lima Lobato  orientador Prof. Dr. Miguel Alves Pereira      dissertação de mestrado  Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo  São Paulo, março de 2009                                          Universidade de São Paulo  Faculdade de Arquitetura e Urbanismo    dissertação apresentada à fauusp  para obtenção do título de mestre                     considerações sobre o espaço público e edifícios modernos de uso misto no centro de são paulo       Maurílio Lima Lobato    orientador Prof. Dr. Miguel Alves Pereira            dissertação de mestrado    São Paulo, março de 2009                  Lobato, Maurílio Lima  Considerações sobre o espaço público e edifícios modernos de uso    misto no centro de São Paulo / Maurílio Lima Lobato. – São Paulo, 2009.  134p.: Il.    Dissertação (Mestrado – Área de Concentração: Projeto de  Arquitetura) – FAUUSP.  Orientador: Miguel Alves Pereira    1.Arquitetura moderna ‐ São Paulo (SP) 2.Espaço público  3.Verticalização I.Título            ESTÁ  AUTORIZADA  A  REPRODUÇÃO  INTEGRAL  OU  PARCIAL  DO  CONTEÚDO  DESTE TRABALHO, PARA QUAISQUER FINS, DESDE QUE CITADA A FONTE.  email: rumo@rumo.arq.br, mauriliolobato@usp.br              Agradeço à  minha  esposa  Luana  de  La  Barra,  pelo  carinho,  paciência  e  apoio  imprescindível, por tudo;  aos  amigos  Paulo  Emílio  Buarque  Ferreira,  Ubyrajara  Gilioli,  Leandro  Velloso, Regina Almeida, Leonardo Fabrizio Guidugli, Jordana Zola, Mariana  Alves de Souza e à Profª. Mônica Junqueira, pela ajuda na qualificação e aos  bibliotecários da FAUUSP (Estelita) e UNIP;  em especial aos meus pais e irmãos, à Gohara Yvette Yehia e ao meu  atento orientador Profº. Miguel Alves Pereira, um amigo.  Dedico este trabalho ao meu filho Vítor Lamm Lobato.        i          resumo  Esta pesquisa aborda alguns conceitos de espaço público e discute as  relações  espaciais  estruturais  de  edifícios  de  uso  misto  e  comerciais  no  centro  da  cidade  de  São  Paulo,  tendo  em  vista  os  processos  de  verticalização, modernização e metropolização ocorridos desde os anos 50 e  60. Considera, também, um estudo sobre a relevância do pavimento térreo  na arquitetura brasileira desse período, enquanto estruturador das relações  espaciais discutidas e os novos programas e tipologias devido às demandas  da metrópole paulistana.  Palavras‐chave:  espaço  público,  edifícios  de  uso  misto,  edifícios  modernos, arquitetura moderna.      ii   

https://www.pdf-archive.com/2014/08/29/mestrado-maurilio-marco09/

29/08/2014 www.pdf-archive.com

Portfolio Juliana Andrade - 2016 91%

ANDRADE ARQUITETA E URBANISTA LONDON SOUTH BANK UNIVERSITY CENTRO UNIVERSITARIO SENAC E\ ju.l.andrade@uol.com.br T\ 11 98913 5269 FORMAÇÃO ATIVIDADES EXTRACURRICULARES 2011 / 2015 — Graduação em Arquitetura e Urbanismo 2013 / 2014 — Projeto de Iniciação Científica Centro Universitário Senac 2014 / 2015 — Graduação Sanduíche em BA Architecture Ciências sem Fronteiras London South Bank University Paulistana de coração, fascinada pela vida urbana.

https://www.pdf-archive.com/2016/12/06/portfolio-juliana-andrade-2016/

06/12/2016 www.pdf-archive.com

EdificiosGaleriasComerciais 91%

EDIFÍCIOS E GALERIAS COMERCIAIS Arquitetura e Comércio na cidade de São Paulo, anos 50 e 60 Cynthia Augusta Poleto Aleixo orientador:

https://www.pdf-archive.com/2014/08/29/edificiosgaleriascomerciais/

29/08/2014 www.pdf-archive.com

Simulado 3 de TI 90%

  Além  disso,  alterações  e  manutenção  de  sistemas  existentes  estão  cobertas por este  domínio  para garantir  que as soluções continuem a  cumprir os  objetivos de negócio. Este   domínio tipicamente aborda questões como    a) ​ A qualidade dos sistemas de TI é adequada às necessidades do negócio?  b) ​ Os novos projetos irão produzir soluções que atendam às necessidades de negócios  c) ​ Os riscos de TI estão entendidos e sendo gerenciados?  d) ​ As estratégias de negócio e TI estão alinhadas?  e) ​ Os serviços de TI estão sendo executados em alinhamento com as prioridades do negócio?                                      5. ​ Segundo o  Cobit,  uma  necessidade  básica para qualquer  empresa é entender o ​ status  de seus  próprios  sistemas  e   decidir  qual  o  nível  de   gestão   e  controle  deverá  ser  fornecido.  As  empresas  precisam medir  onde estão e onde a  melhoria é  necessária, e implementar  um  conjunto de ferramentas de gerenciamento  para monitorar esta melhoria. O Cobit lida com estes tipos de problemas fornecendo:    I.  Modelos  de  maturidade  para  ativar  a  aferição  e  identificação  de  melhorias  de  capacidade  necessárias.    II.  Metas  de  desempenho  e  métricas  para  os  processos  de  TI, demonstrando como os  processos  atendem   às  metas  de  TI  e  de  negócios  e  são  usados   para   medir  o  desempenho  dos  processos  internos.    III.​  Metas de atividades para permitir um desempenho eficaz dos processos.    É correto o que consta em    a) ​ I​  e ​ II​ , apenas  b) ​ I​ , ​ II​  e ​ III  c) ​ III​ , apenas  d) ​ II ​ e ​ III​ , apenas  e) ​ I​ , apenas    6. ​ A ISO 38500 estabelece 6 princípios de boa Governança Corporativa de TI, entre eles encontram­se:  a) ​ Conformidade, Ética, Desempenho  b) ​ Aquisição, Comportamento Humano, Conformidade  c) ​ Responsabilidade, Ética, Qualidade  d) ​ Estratégia, Responsabilidade, Ética  e) ​ Desempenho, Qualidade, Responsabilidade    7. (CESPE – STF – Analista – Análise de Sistemas de Informação ­ 2013)  A  ISO  38500  visa  promover  o  uso  eficaz,  eficiente  e aceitável da  tecnologia da  informação  (TI) e possui,  como princípios da boa governança corporativa de TI, a responsabilidade, a estratégia e a aquisição.    8. (CESPE – STF – Analista – Suporte em Tecnologia da Informação ­ 2013)  O  COBIT  5  possui  cinco  domínios,  sendo  um  deles  o  domínio  Avaliar,  Direcionar  e  Monitorar  (EDM  –   Evaluate, Direct and Monitor), afeto diretamente à governança e relacionado a ISO 38500.    9. (CESPE – STF – Analista – Suporte em Tecnologia da Informação ­ 2013)  Responsabilidade, ética  e comportamento humano são princípios  da  ISO 38500  aplicáveis a organizações  de  qualquer  porte,  oferecendo  as  diretrizes  básicas  para  a  implementação  e   manutenção  de  uma eficaz  governança de TI.            10.  A ISO  38500  preconiza que  os  dirigentes  governem  a  TI  por meio de  3 tarefas  essenciais  (EDM), que  são:    a) Avaliar, Gerenciar e Analisar  b) Planejar, Gerenciar e Monitorar  c) Planejar, Desenvolver e Melhora contínua  d) Avaliar, Dirigir e Monitorar  e) Avaliar, Gerenciar e Monitorar    11. Não é um objetivo do TOGAF (The Open Group Architecture Framework):    a)   Fornecer   métodos  e  ferramentas  para  auxiliar  na aceitação, na  produção e no  uso  de manutenção  de  uma arquitetura empresarial  b) Permitir a implantação da interoperabilidade entre arquiteturas e componentes.  c) Garantir a proteção de ativos que possibilitem a reutilização de componentes das arquiteturas  d) Garantir a reutilização de ativos de processos  e) Permitir a implantação de ferramentas de auditoria    12. Quanto ao framework do TOGAF, pode­se afirmar que:    a)  A  parte I,  Introduction, apresenta  o Método  de  Desenvolvimento  da Arquitetura, que  é uma metodologia  para desenvolvimento de arquiteturas composta por um roteiro em etapas  b)   A  parte  III,  ADM  Guidelines  and  Techniques,  apresenta  a  coleção  de  guias   de  orientação  e  técnicas  disponíveis para aplicar o TOGAF e o método ADM  c)  A   parte  IV,  Architecture  Content Framework,  discute taxonomias  apropriadas,  assim  como  ferramentas   para categorizar e armazenar as saídas das atividades de arquitetura dentro de uma empresa  d)  A  parte VI, TOGAF  Reference  Model,  discute a organização,  os  processos, as habilidades,  os papéis e  as  responsabilidades   requeridas  para  estabelecer  e  operar  uma  função  de  arquitetura  dentro  de  uma   empresa  e)   A  parte  II,  Architecture  Development  Method,  fornece  uma  seleção  de   modelos  de  arquitetura  de  referência,  que  inclui  a  TOGAF  Architecture  Foundation  e  o  Integrated  Information  Infraestructure  Reference Model – III­RM                                  13. Quanto ao framework do TOGAF, julgue os itens abaixo.    I.

https://www.pdf-archive.com/2015/06/06/simulado-3-de-ti/

06/06/2015 www.pdf-archive.com

IMPLEMENTACAO DO ENQUADRAMENTO 90%

Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos – Snirh Arquitetura Computacional e Sistêmica 6 BRASIL ANA AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS CADERNOS DE RECURSOS HÍDRICO Implementação do Enquadramento em Bacias Hidrográficas Implementação do Enquadramento em Bacias Hidrográficas no Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos – Snirh Arquitetura Computacional e Sistêmica BRASIL BRASIL CADERNOS DE RECURSOS HÍDRICOS 6 República Federativa do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva Presidente Ministério do Meio Ambiente – MMA Carlos Minc Ministro Agência Nacional de Águas – ANA Diretoria Colegiada José Machado – Diretor-Presidente Benedito Braga Bruno Pagnoccheschi (até maio/2009) Paulo Lopes Varella Neto Dalvino Troccoli Franca Superintendência de Planejamento de Recursos Hídricos João Gilberto Lotufo Conejo Superintendência de Gestão da Informação Sérgio Augusto Barbosa Agência Nacional de Águas Ministério do Meio Ambiente Implementação do Enquadramento em Bacias Hidrográficas no Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos – Snirh Arquitetura Computacional e Sistêmica BRASIL BRASIL CADERNOS DE RECURSOS HÍDRICOS 6 Brasília-DF 2009 © Agência Nacional de Águas – ANA, 2009 Setor Policial Sul, Área 5, Quadra 3, Blocos B, L, M e T CEP 70610-200, Brasília – DF PABX:

https://www.pdf-archive.com/2017/08/08/implementacao-do-enquadramento/

08/08/2017 www.pdf-archive.com

relatorio-final-pibic(1) 89%

felipecosta.fga@gmail.com, damuz@unb.br Resumo — Este trabalho descreve a implementac¸a˜ o em FPGAs de uma arquitetura de hardware para os m´odulos que comp˜oem um robˆo de trac¸a˜ o s´ıncrona, com o objetivo de construir um prot´otipo funcional para testes de algoritmos de controle e navegac¸a˜ o a` ser utilizado por estudantes em tarefas e projetos finais.

https://www.pdf-archive.com/2015/07/23/relatorio-final-pibic-1/

23/07/2015 www.pdf-archive.com

Edital de Seleção 87%

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Campus de Ciências Exatas e Tecnológicas Curso de Arquitetura e Urbanismo Edital para seleção de Ação Extensionista.

https://www.pdf-archive.com/2017/03/10/edital-de-selec-o/

10/03/2017 www.pdf-archive.com

Engenheiro ou Arquiteto.docx 86%

RESOLUÇÃO Nº 218, DE 29 JUN 1973 Discrimina atividades das diferentes modalidades profissionais da Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

https://www.pdf-archive.com/2018/11/28/engenheiro-ou-arquitetodocx/

28/11/2018 www.pdf-archive.com

ConcursoLogo FichaInscricao 85%

e a partir disso o Centro Acadêmico da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo convidam todos os estudantes da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ, a participarem do processo de reformulação da identidade visual e espaço CAFAU.

https://www.pdf-archive.com/2017/09/02/concursologo-fichainscricao/

02/09/2017 www.pdf-archive.com

Von Neumann 83%

Arquitetura Von Neumann Nos primórdios da Computação os programas eram desenvolvidos, executados e apresentavam os resultados imediatamente e não eram armazenados.

https://www.pdf-archive.com/2017/09/25/von-neumann/

25/09/2017 www.pdf-archive.com

MIDIA KIT 83%

    A  publicitária  de  23  anos,  ataca  de  Dj  quando   está    no    mood,  é  apaixonada  por  arquitetura,  se     arrisca  na  culinária  saudável,  pra=ca  a=vidades  Fsicas   diariamente  e,  desvinculada  da  agência  Ford  Models  des-­‐   de    2010,    trabalha    como  modelo  apenas  quando  convidada                              por  marcas  que  respeitem  seus  cen/metros  “a  mais”  de  quadril.

https://www.pdf-archive.com/2017/03/09/midia-kit/

09/03/2017 www.pdf-archive.com

certificado de WEBDEVELOPER EM CSHARP digital frente e verso 82%

96s C# Orientado a Objetos (20 horas) Desenvolver os principais conceitos de orientação a objetos sob a plataforma .Net utilizando a linguagem C#  Configuração da IDE Microsoft VisualStudio  Orientação a Objetos  ConsoleApplication  Classes, Atributos e Métodos  Encapsulamento (propriedades set e get)  Modificadores de Acesso  Relacionamentos de Herança e Associação  Entrada de dados  Tratamento de Exceções  Manipulação de Arquivos  Validação e Expressões Regulares  Interfaces  Classes Abstratas  Polimorfismo  Tipos Genericos de dados  System.Collections (Listas, Filas, Pilhas)  Dictionary (Mapas)  Sobrecarga de Métodos  Sobrescrita de Métodos  Métodos estáticos  Arquitetura baseada em camadas  DAL – Data Access Layer  ADO.NET (Acesso ao SqlServer com SqlClient)  Desenvolvendo um CRUD em SqlServer com ADO.NET (SqlClient)  UML – Diagrama de Classes e modelagem Orientada a Objetos Asp.Net 4.5, ADO.NET e demais Tecnologias (76 horas) Desenvolvimento de aplicações Asp.Net utilizando as tecnologias WebForms (aspx) e Asp.Net MVC5 além de ADO.NET (SqlClient e EntityFramework) e demais tecnologias · Definindo a arquitura de uma aplicação .NET  Separação por camadas do projeto  Camada de modelagem de entidades (boas práticas e separação do modelo Orientado a Objetos)  Camada de Apresentação (Projetos Asp.Net)  Camada de Regras de Negócio (Business Logic Layer)  Camada de Acesso a dados (DAL - Data Access Layer) · Asp.Net WebForms (.aspx)  Introdução ao Asp.Net WebForms  Arquitetura baseada em camadas (Web e DAL)  Páginas .aspx  CodeBehind  Componentes e helpers HTML  Eventos e ViewState  Formulários e entrada de dados  Componentes de validação do aspx  Utilizando o NuGet pata instalação de dependencias  Integrando Bootstrap ao aspx  IsPostBack  Gerenciamento de Sessões e Cookies · · · · GridViews (Customização e utilização) Navegação e redirecionamento Criando aplicações baseadas em Presentation Layer (Asp.Net WebForms) e Data Access Layer (SqlClient)  Projeto CRUD em Asp.Net WebForms  Arquivos de banco de dados MDF  Projetos baseados em modelagem de entidades (1 para 1, 1 para Muitos 1 Muitos para Muitos), Stores Procedures e Views em banco de dados SqlServer  Login de Usuarios, permissões e Ticket de Acesso  Criptografia baseada em MD5  Ajax (ScriptManager)  UpdatePanel e UpdateProgress  Envio de Email Microsoft Reports (rdlc)  Criando relatorios rdlc  Definindo dataset do relatorio  Linguagem de expressões do Microsoft Report  Gráficos  ReportViewer  Gerando relatorios em páginas aspx Simple Injector (Injeção de Dependencia)  Introdução ao conceito de Inversão de Controle e Injeção de dependencia  Configurando o Simple Injector  Utilizando DI em aplicações Asp.Net  Referencia aos principios SOLID ADO.NET Entity Framework 6  Configuração e utilização do EntityFramewework 6  Persistência de dados com EF  Mapeamento Objeto Relacional com DataAnnotations  Mapeamento de relacionamentos  Mapeamento de chave primaria composta  Padrão CodeFirst  DbContext e DbSet  Migrations  Persistencia de dados Operações CRUD com EF  Gerenciamento de transações  Consultas com Expressões LAMBDA  DAL Generico com EntityFramework  Integrando EF ao Asp.Net WebForms Asp.NET MVC 5  Introdução ao Asp.Net MVC5  Definindo Controllers e rotas  Configuração do RouteConfig.cs  Camada de Visão – Páginas .cshtml  Utilizando a sintaxe @Razor  Definição da camada de modelo  Mapeamento da camada de modelo (Validações, mensagens)  Criando formulários e entrada de dados  Redirecionamento  ActionResult e JsonResult  ViewBag e ViewData  HttpPost e HttpGet  Desenvolvendo uma aplicação CRUD com Asp.Net MVC e EntityFramework  Criando componentes dinamicos  Upload de arquivos  Login de Usuarios e permissões de acesso em Asp.Net MVC  Authorize  Utilizando Ajax com Jquery  Integrando bootstrap a Asp.Net MVC · Asp.Net WebApi (REST)  Introdução ao padrão REST e arquitetura de MicroServiços  Implementando serviços REST com WebApi  HttpResponseMessage  HttpStatusCode  Enviando e recebendo JSON  Models  Mapeamento de rotas e verbos HTTP  POST, GET, PUT e DELETE  Mapeamento de rotas e serviços  Configurando CORS  Testando serviços com POSTMAN · AngularJS  Criando o cliente de serviços com AngularJS  SPA - Single Page Applications  $routeProvider, $scope e $http  Controllers, modulos e views em AngularJS  Implementando o cliente de serviços com AngularJS  Boas práticas · Fluent NHibernate  Instalação e Configuração do FluentNHibernate  Mapeamento Objeto Relacional com Fluent  Mapeamento de entidades e relacionamentos  HibernateUtil e SessionFactory  Persistência de dados com NHibernate  Session, Transaction e Query  Utilizando LAMBDA para criação de consultas em NHibernate · WCF (Windows Communication Foundation)  Introdução ao conceito de serviços  Criando webservices (.asmx)  Gerando Servidor e Cliente de serviços Web  Padrão WSDL  WCF – Windows Communication Foundation  Gerando serviços em WCF  Testando serviços web  Consumindo serviços em .NET · Publicação de projetos  Gerando build da aplicação  Hospedagem em servidor web free  Projeto Final Desenvolvimento de Projeto final baseado em temas e arquiteturas sugeridas pelo Professor.

https://www.pdf-archive.com/2017/09/15/certificado-de-webdeveloper-em-csharp-digital-frente-e-verso/

15/09/2017 www.pdf-archive.com

relatorio labi 81%

Pronúncia de Palavras Projeto Final de LabI Engenharia de Computadores e Telemática Mariana Mendes, Paula Oliveira, Ricardo Chaves, Rodrigo Pereira (45422) marianamendes@ua.pt, (81625) paulalr1@ua.pt, (79946) ricardochaves@ua.pt, (77076) rodrigo.pereira@ua.pt Versão Final Conteúdo 1 Introdução 2 2 Utilização 3 3 Arquitetura 4 4 Conclusão 5 1 Capítulo 1 Introdução O objetivo deste projeto é a implementação dinâmica de uma aplicação de pesquisa de palavras, na qual o utilizador obtém a respetiva divisão silábica e o som de cada sílaba.

https://www.pdf-archive.com/2016/06/17/relatorio-labi/

17/06/2016 www.pdf-archive.com

09 29 75%

01/2017/FAU/USP Concurso de ideias para Sinalização Interna da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP).

https://www.pdf-archive.com/2017/09/29/09-29/

29/09/2017 www.pdf-archive.com

revista-rest@ura1 74%

Arquitetura O novo lugar da Arquitetura Moderna 9.

https://www.pdf-archive.com/2016/02/24/revista-rest-ura1/

24/02/2016 www.pdf-archive.com

Murilo Motta - Curriculo 2018 72%

Com formação em publicidade e propaganda (FAAP), Análise e Desenvolvimento de Sistemas (FATEC) e cursando MBA em Arquitetura da Informação e UX (Impacta).

https://www.pdf-archive.com/2018/08/20/murilo-motta---curriculo-2018/

20/08/2018 www.pdf-archive.com

SeI 01 2015 72%

Os parâmetros aqui apresentados foram elaborados pelo Comitê de Área (CA) no qual nosso Programa está inserido – Arquitetura, Urbanismo e Design (AUD).

https://www.pdf-archive.com/2015/10/05/sei-01-2015/

05/10/2015 www.pdf-archive.com

Curso Superior 71%

Engenharia Civil, Arquitetura, Urbanismo, entre outros.

https://www.pdf-archive.com/2018/12/18/curso-superior/

18/12/2018 www.pdf-archive.com

thesis Purnachand Nalluri 52295(1) 70%

Universidade de Aveiro Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática 2016 PURNACHAND NALLURI ALGORITMO DE ESTIMAÇÃO DE MOVIMENTO E SUA ARQUITETURA DE HARDWARE PARA HEVC A FAST MOTION ESTIMATION ALGORITHM AND ITS VLSI ARCHITECTURE FOR HIGH EFFICIENCY VIDEO CODING Universidade de Aveiro Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática 2016 PURNACHAND NALLURI ALGORITMO DE ESTIMAÇÃO DE MOVIMENTO E SUA ARQUITETURA DE HARDWARE PARA HEVC A FAST MOTION ESTIMATION ALGORITHM AND ITS VLSI ARCHITECTURE FOR HIGH EFFICIENCY VIDEO CODING Tese apresentada à Universidade de Aveiro para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Engenharia Eletrotécnica, realizada sob a orientação científica do Doutor António José Nunes Navarro Rodrigues, Professor Auxiliar do Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática da Universidade de Aveiro e do Doutor Luis Filipe Mesquita Nero Moreira Alves, Professor Auxiliar do Departamento de Eletrónica, Telecomunicações e Informática da Universidade de Aveiro.

https://www.pdf-archive.com/2016/07/16/thesis-purnachand-nalluri-52295-1/

16/07/2016 www.pdf-archive.com

nova versão monofolha easyweb 67%

PERFORMANCE A arquitetura avançada do Easyweb permite-lhe atingir elevados níveis de desempenho, o que, por sua vez, assegura um tempo de resposta rápido aos pedidos dos visitantes.

https://www.pdf-archive.com/2017/05/05/nova-vers-o-monofolha-easyweb/

05/05/2017 www.pdf-archive.com

prancha final.ThiagoAbreu.300ppi 66%

Tendo como norte a garantia da permeabilidade tanto física quanto visual, valores marcadamente presentes na arquitetura e urbanismo brasilienses, optou-se por uma composição volumétrica que cria espaços diversos de apropriação, bem como situações de emolduramento das visuais.

https://www.pdf-archive.com/2018/03/08/prancha-final-thiagoabreu-300ppi/

08/03/2018 www.pdf-archive.com

DECRETO Nº 57 - ENVELOPAMENTO 66%

VIII – quando o objeto da proposta tratar da elaboração de projeto de restauro, deverá constar a definição do escopo de trabalho, contendo descrição dos serviços, orçamentos, cronogramas e outros documentos pertinentes, assinado por responsável técnico devidamente inscrito em Conselho de Classe de Engenharia e Agronomia ou de Arquitetura e Urbanismo, conforme suas respectivas atribuições;

https://www.pdf-archive.com/2017/05/03/decreto-n-57-envelopamento/

03/05/2017 www.pdf-archive.com

FMU - 1° Chamada do Prouni 2017 63%

1ª chamada - PROUNI 1º semestre de 2017 Nome Candidato Curso Turno IES Campus ABIQUEILA DA SILVA ALVES BIOMEDICINA MATUTINO FMU LIBERDADE ADALBERTO BORGES SANTOS HOTELARIA NOTURNO FMU PREDIO 10 ADAMO OLIVEIRA CRUZ MÚSICA MATUTINO FIAM-FAAM BRIGADEIRO ADEMAR VENANCIO GESTÃO FINANCEIRA MATUTINO FMU PREDIO 10 ADLER GONCALVES SILVA FISIOTERAPIA NOTURNO FMU LIBERDADE ADNA OLIVEIRA SILVA COMÉRCIO EXTERIOR NOTURNO FMU PREDIO 10 ADRIAN PERICLES DE OLIVEIRA FERREIRA ENFERMAGEM ADRIANA COSTA SALGUEIRO NUTRIÇÃO ADRIANA LOSSIO DE CERQUEIRA ADRIANO BENEDITO PASQUINI ADRINE PEREIRA DE CARVALHO VESPERTINO FMU SANTO AMARO VESPERTINO FMU LIBERDADE GESTÃO HOSPITALAR NOTURNO FMU PRODUÇÃO AUDIOVISUAL NOTURNO FIAM-FAAM ANA ROSA RELAÇÕES PÚBLICAS NOTURNO FIAM-FAAM MORUMBI AGUINALDO DA SILVA LETRAS - ESPANHOL NOTURNO FMU LIBERDADE AILSON TAVEIRA DA SILVA COMUNICAÇÃO SOCIAL COM HABILITAÇÃO EM NOTURNO FMU LIBERDADE AIRTON LUCAS SOUSA DOS SANTOS EDUCAÇÃO FÍSICA VESPERTINO FMU GALVAO BUENO NOTURNO FMU LIBERDADE ALAN CLEBER DE SOUZA ALMEIDA GESTÃO DE RECURSOS NOTURNO HUMANOS FMU PREDIO 10 ALAN DA SILVA SANTOS LETRAS - ESPANHOL NOTURNO FMU LIBERDADE ALAN TEIXEIRA DE MATOS PRODUÇÃO MULTIMÍDIA NOTURNO FIAM-FAAM LIBERDADE ALAN ANDRADE DOS ANJOS LETRAS - INGLÊS LIBERDADE ALANA DOS REIS SILVA ARTES VISUAIS NOTURNO FMU LIBERDADE NOTURNO FMU LIBERDADE NOTURNO FMU PREDIO 10 ALECIA RAYANE ONOFRE DO GESTÃO COMERCIAL NASCIMENTO NOTURNO FMU PREDIO 10 ALEF ARLINDO SILVA DE AQUINO MATEMÁTICA NOTURNO FMU PREDIO 32 ALEF DO CARMO SOUZA CIÊNCIAS SOCIAIS NOTURNO FMU LIBERDADE NOTURNO FMU LIBERDADE ALANIS SANTOS DE OLIVEIRA LETRAS ALDO SOARES BADARO ROSA PROCESSOS GERENCIAIS ALEF OLIVEIRA DOS SANTOS CIÊNCIAS ATUARIAIS ALEFE DA SILVA SISNANDE COMUNICAÇÃO SOCIAL - RADIO E NOTURNO FIAM-FAAM ANA ROSA ALESSANDRA CEREGATTI DOS SANTOS NUTRIÇÃO NOTURNO FMU SANTO AMARO MATUTINO FMU LIBERDADE BIOMEDICINA NOTURNO FMU LIBERDADE GESTÃO COMERCIAL NOTURNO FMU PREDIO 10 ALEX FERNANDES VIEIRA HISTÓRIA NOTURNO FMU LIBERDADE ALEX SILVA SANTOS ALEXANDRE DOS SANTOS ARAUJO COMÉRCIO EXTERIOR NOTURNO COMUNICAÇÃO MATUTINO SOCIAL - RADIO E FMU PREDIO 10 ALEXSANDRO OLIVEIRA PEREIRA DA SILVA BIOMEDICINA NOTURNO FMU SANTO AMARO ALICE COSTA FIGUEIREDO NUTRIÇÃO NOTURNO FMU SANTO AMARO FONOAUDIOLOGIA NOTURNO FMU SANTO AMARO GESTÃO COMERCIAL MATUTINO FMU PREDIO 10 DIREITO MATUTINO FMU LIBERDADE GESTÃO PÚBLICA NOTURNO FMU LIBERDADE ALESSANDRA CERQUEIRA DA FARMÁCIA FONSECA SALES ALESSANDRA FREITAS OLIVEIRA ALESSANDRO MOREIRA DE SOUZA ALICE INGREDI SANTOS ALVES ALICIA DOS REIS VIEIRA ALVES ALINE APARECIDA SIMOES DE SOUSA ALINE BATISTA DOS SANTOS SILVA FIAM-FAAM ANA ROSA ALINE CORREIA DOS SANTOS COMUNICAÇÃO MATUTINO GOMES SOCIAL - JORNALISMO FIAM-FAAM MORUMBI ALINE CRISTINA PEREIRA DOS SANTOS MATUTINO FMU NOTURNO FIAM-FAAM ANA ROSA FARMÁCIA NOTURNO FMU LIBERDADE EVENTOS ENGENHARIA AMBIENTAL E NOTURNO FMU PREDIO 10 NOTURNO FMU PREDIO 32 LOGÍSTICA MATUTINO FMU PREDIO 10 ALINE RAQUEL SALVAGNANE LETRAS - INGLÊS NOTURNO FMU LIBERDADE ALINE SOUSA DE OLIVEIRA RELAÇÕES PÚBLICAS NOTURNO FIAM-FAAM ANA ROSA ALINE TELLERIA COLQUE GESTÃO FINANCEIRA MATUTINO FMU PREDIO 32 ALINY ALVES DOS SANTOS MARKETING NOTURNO FMU LIBERDADE ALIPIO PAZ DE SIQUEIRA LETRAS NOTURNO FMU LIBERDADE ALLAN BRITO SANTOS ENGENHARIA DE CONTROLE E MATUTINO FMU LIBERDADE ALLAN OLIVEIRA SILVA MÚSICA MATUTINO FIAM-FAAM BRIGADEIRO ALLAN SANTIAGO OSHIMA ARQUITETURA E URBANISMO NOTURNO FIAM-FAAM VILA MARIANA I ALLANIS COELHO AZZAR LETRAS NOTURNO FMU LIBERDADE LETRAS - ESPANHOL NOTURNO FMU LIBERDADE SERVIÇO SOCIAL ALINE DAMASCENO SANTOS RELAÇÕES PÚBLICAS ALINE DAVIDIAN FERNANDES SILVA ALINE DE OLIVEIRA ALINE LACERDA SOARES DE OLIVEIRA ALINE MESQUITA FERNANDES ALLESSON PALHANO DE OLIVEIRA ALOISIO RICARDO PEREIRA COSTA LIBERDADE COMUNICAÇÃO NOTURNO SOCIAL - JORNALISMO FIAM-FAAM MORUMBI AMAN CONCEICAO SILVA LETRAS - ESPANHOL MATUTINO FMU LIBERDADE AMANDA CARVALHO SANTOS DE ALMEIDA CIÊNCIAS ATUARIAIS NOTURNO FMU LIBERDADE MATUTINO FMU PREDIO 10 GESTÃO AMBIENTAL MATUTINO FMU PREDIO 10 FARMÁCIA MATUTINO FMU LIBERDADE AMANDA DA SILVA FERREIRA EVENTOS AMANDA DE MATOS CORREA AMANDA DE OLIVEIRA SANTOS AMANDA DE SOUSA QUEIROZ RADIOLOGIA NOTURNO FMU AMANDA ISABEL GIORDO RELAÇÕES PÚBLICAS NOTURNO FIAM-FAAM ANA ROSA AMANDA JOICE DOS SANTOS MEDICINA VETERINÁRIA MATUTINO FMU SANTO AMARO AMANDA MEDEIROS DANTAS DIREITO MATUTINO FMU LIBERDADE AMANDA OLIVEIRA GARCIA ARQUITETURA E URBANISMO NOTURNO FIAM-FAAM VILA MARIANA I AMANDA VITORINO SILVA GESTÃO PÚBLICA MATUTINO FMU ANA BEATRIZ DOS SANTOS DESIGN GRÁFICO NOTURNO FIAM-FAAM VILA MARIANA II ANA BEATRIZ EDUARDO ODONTOLOGIA MATUTINO FMU SANTO AMARO ANA BEATRIZ MARIA DE LIMA ANA CAROLINA ALKMIN VENANCIO MEDICINA VETERINÁRIA GESTÃO DA TECNOLOGIA DA MATUTINO FMU SANTO AMARO NOTURNO FMU PREDIO 10 ANA CAROLINA ARAUJO DIAS ENFERMAGEM MATUTINO FMU LIBERDADE ANA CAROLINA BASSI DOS SANTOS GOUVEIA GASTRONOMIA NOTURNO FMU PREDIO 10 DIREITO MATUTINO FMU LIBERDADE BIOMEDICINA MATUTINO FMU LIBERDADE NOTURNO FIAM-FAAM ANA ROSA MATUTINO FMU SANTO AMARO NOTURNO FMU LIBERDADE PEDAGOGIA NOTURNO FMU LIBERDADE ADMINISTRAÇÃO MATUTINO FIAM-FAAM ITAIM MEDICINA VETERINÁRIA VESPERTINO FMU RELAÇÕES PÚBLICAS MATUTINO FIAM-FAAM ANA ROSA MATUTINO FMU ANA CAROLINA BONFIM TEIXEIRA ANA CAROLINA BRITO DE MORAES ANA CAROLINA DA SILVA INACIO ANA CAROLINA DE LUCCA FORTUNATO COMUNICAÇÃO SOCIAL - RADIO E MEDICINA VETERINÁRIA ANA CAROLINA DE MORAES LETRAS - INGLÊS ANA CAROLINA DE SANTANA MOREIRA ANA CAROLINA MAIA DA SILVA ANA CAROLINA SOARES DA SILVA ANA CLAUDIA DA SILVA PRUDENCIO ANA CLAUDIA RIBEIRO ALVES DIREITO LIBERDADE LIBERDADE SANTO AMARO LIBERDADE COMUNICAÇÃO ANA FLAVIA DE LIRA ISIDORO SOCIAL COM HABILITAÇÃO EM COMUNICAÇÃO ANA FLAVIA RUPP SOCIAL COM HABILITAÇÃO EM NOTURNO FMU LIBERDADE MATUTINO FMU LIBERDADE ANA GABRIELA MORENO DOS SANTOS RELAÇÕES PÚBLICAS NOTURNO FIAM-FAAM ANA ROSA ANA GABRIELLE SEIXAS SIMOES MARIANO COMUNICAÇÃO SOCIAL COM HABILITAÇÃO EM NOTURNO FMU LIBERDADE PEDAGOGIA MATUTINO FMU LIBERDADE LETRAS - ESPANHOL MATUTINO FMU LIBERDADE LETRAS - ESPANHOL MATUTINO FMU LIBERDADE ANA ISABELLE CARDOSO SILVA ANA KARELLE NOGUEIRA CAMPELO ANA KAROLINE DA CONCEICAO MANSO ANA LUIZA ANTUNES SOARES BESSA ANA MARIA DIAS RODRIGUES ANA PAULA ARAUJO DA SILVA COMUNICAÇÃO MATUTINO SOCIAL - JORNALISMO RELAÇÕES MATUTINO INTERNACIONAIS FIAM-FAAM ANA ROSA FMU LIBERDADE GESTÃO HOSPITALAR NOTURNO FMU LIBERDADE COMUNICAÇÃO NOTURNO SOCIAL - PUBLICIDADE FIAM-FAAM MORUMBI HISTÓRIA MATUTINO FMU LIBERDADE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS NOTURNO FMU PREDIO 10 ANA PAULA JESUS DA SILVA GESTÃO PÚBLICA NOTURNO FMU LIBERDADE ANA PAULA PEREIRA DOS SANTOS DIREITO NOTURNO FMU LIBERDADE ANA PAULA RODRIGUES DE OLIVEIRA RADIOLOGIA NOTURNO FMU LIBERDADE GESTÃO DE RECURSOS NOTURNO HUMANOS FMU PREDIO 10 LOGÍSTICA NOTURNO FMU PREDIO 10 GESTÃO PÚBLICA NOTURNO FMU LIBERDADE NOTURNO FMU LIBERDADE ANA PAULA DA SILVA FELIX ANA PAULA DOS SANTOS MESQUITA ANA PAULA GENTILI DOMINGUES ANA PAULA SILVEIRA REZENDE ANA PAULA VICTORIA NOGUEIRA DIAS ANAILTON DE JESUS LACERDA ANDERSON DA SILVA ALVES DIREITO

https://www.pdf-archive.com/2017/02/18/fmu-1-chamada-do-prouni-2017/

18/02/2017 www.pdf-archive.com

Ementas EQ IFBA 62%

Introdução a Arquitetura de Computadores (Sistemas de Numeração, Arquitetura de Von Neuman).

https://www.pdf-archive.com/2016/11/22/ementas-eq-ifba/

22/11/2016 www.pdf-archive.com

Copy tag