Search


PDF Archive search engine
Last database update: 18 April at 10:28 - Around 76000 files indexed.


Show results per page

Results for «comunidades»:


Total: 300 results - 0.037 seconds

Informe Misiòn Bajo Atrato 100%

Verificar la situación de DDHH de las comunidades del Bajo Atrato luego de la firma de los Acuerdos con las FARC-EP, así como las condiciones generales para la implementación de los mismos.

https://www.pdf-archive.com/2017/06/15/informe-misi-n-bajo-atrato/

15/06/2017 www.pdf-archive.com

Boleto2014806765039 (1) 96%

- SANTA CRUZ + 131,46 05/04/2014 SOS DAS COMUNIDADES DE ITAGUAÍ-SANT - 17,53 05/04/2014 CEL0014-ANÁLISE TEXTUAL - SANTA CRU + 87,64 05/04/2014 SOS DAS COMUNIDADES DE ITAGUAÍ-SANT - 35,06 05/04/2014 GST0917-PLAN.CARRE.SUC.PRO - SANTA + 87,64 05/04/2014 SOS DAS COMUNIDADES DE ITAGUAÍ-SANT - 35,06 01/04/2014 #Acerto - DIFERENÇA POR PAGAMENTO E + 18,10 05/04/2014 SOS DAS COMUNIDADES DE ITAGUAÍ-SANT - 26,29 05/04/2014 SOS DAS COMUNIDADES DE ITAGUAÍ-SANT - 17,53 05/04/2014 SOS DAS COMUNIDADES DE ITAGUAÍ-SANT - 17,53 05/04/2014 CCJ0001-FUND DAS CIÊN SOC - SANTA C + 87,64 05/04/2014 CCJ0003-INTROD AO EST DO DIR - SANT + 175,28 05/04/2014 CCJ0105-HIST.DIR.BRAS.

https://www.pdf-archive.com/2014/07/07/boleto2014806765039-1/

07/07/2014 www.pdf-archive.com

Lanzamiento del Programa de Desarrollo Juvenil y Comunitario 96%

Además, se busca generar un sentido de orgullo en la escuela y la comunidad, con el apoyo de miles de voluntarios de la sociedad civil, las mismas comunidades y de empresas participantes como Transactel, Walmart, SAB Miller y Starbucks, con lo cual el voluntariado se vuelve una pieza clave para el éxito y la sostenibilidad del programa.

https://www.pdf-archive.com/2012/12/12/lanzamiento-del-programa-de-desarrollo-juvenil-y-comunitario/

12/12/2012 www.pdf-archive.com

Portafolio de Servicios 95%

responsabilidades administrativas usualmente se orientan en beneficio de las comunidades conforme a un criterio político ó a una limitación presupuestaria.

https://www.pdf-archive.com/2011/11/01/portafolio-de-servicios/

01/11/2011 www.pdf-archive.com

MANIFIESTO - Castilla y León, con honra 92%

No buscamos el aislamiento ni el enfrentamiento con las demás Comunidades, sino precisamente la armonía educativa y social.

https://www.pdf-archive.com/2018/03/13/manifiesto-castilla-y-le-n-con-honra/

12/03/2018 www.pdf-archive.com

diario 1 91%

PROFESORA ES TRASLADADA A CENTRO DE TRABAJO BIDOCENTE >>Reubicada por la supervisión a una de las comunidades más alejadas, con difícil acceso y cuya Telesecundaria posee una característica en particular.

https://www.pdf-archive.com/2017/03/27/diario-1/

27/03/2017 www.pdf-archive.com

NS Nao e Racista 91%

Como já nascemos em um determinado ambiente e somos criados em determinada cultura raramente pensamos sobre a origem e o motivo da existência de comunidades, sociedades e nações da onde vieram (o que vai além da História) e o que realmente une à nos todos.

https://www.pdf-archive.com/2014/10/03/ns-nao-e-racista/

03/10/2014 www.pdf-archive.com

Comunalismo-e-o-ponto-de-produção 90%

o argumento socialista libertário pelo tipo certo de autogestionamento interdependente interligado com o dos outros coletivos e pessoas leva a que comunidades tenham o autogestionamento e os meios de produção necessários para reproduzir a vida diária- pelo menos até um grau significativo.

https://www.pdf-archive.com/2019/11/30/comunalismo-e-o-ponto-de-produco/

30/11/2019 www.pdf-archive.com

CV 88%

             Europass­Curriculum Vitae       Informação pessoal  Apelido(s) / Nome(s) próprio(s)  Morada(s)  Telemóvel:    Correio(s) electrónico(s)    Nacionalidade    Data de nascimento    Sexo    Emprego pretendido / Área funcional Portfolio        Dias Ferreira, Vanda  Praça Arquimedes Santos, Nº2 4ºC, 2625­163 Póvoa de Santa Iria, Portugal   919016304    vandadiasferreira@gmail.com    Portuguesa    06.09.1984    Feminino    Designer de Equipamento (produto / industrial)  Ilustração / Desenho  http://cargocollective.com/vandadiasferreira  ​     desde 2013   Experiência profissional    ​ Ilustração e Tatuadora Freelancer    ​ https://www.facebook.com/VandaDotwork    ​ http://cargocollective.com/vandadiasferreira            Novembro 2011 – Março 2012   Designer Gráfico         Epibrico – Comércio de Equipamentos de Protecção e  Segurança, Lda         ​ www.epibrico.pt        ​ http://www.facebook.com/Epibrico.Loja        Novembro 2010 – Novembro 2011   Estágio Profissional na área de Design Gráfico        Epibrico – Comércio de Equipamentos de Protecção e  Segurança, Lda     Página 1​ / 4​ ­​  Curriculum vitae de   Apelido(s) Nome(s)     Para mais informações sobre o Europass, consulte http://europass.cedefop.europa.eu  © Comunidades Europeias, 2003    20060628       ​ www.epibrico.pt       ​ http://www.facebook.com/Epibrico.Loja        Outubro 2010        Peça produzida e comercializada para o atelier       ​ Designways         BRUP ​ – Candeeiro inserido na colecção ​ ON/OFF        ​ www.designways.pt                                    2012 – 2013 (conclusão do 1º ano)   Mestrado ­ Desenho  Desenho Científico;  Desenho Digital;  Desenho Editorial.  Faculdade de Belas Artes – Universidade de Lisboa  Educação e formação    Datas  Designação da qualificação atribuída  Principais disciplinas/competências  profissionais  Nome e tipo da organização de  ensino ou formação  Nível segundo a classificação  nacional ou internacional                Aptidões e competências pessoais    2006 – 2009     ​ Licenciatura – Design de Equipamento    Projecto;  ​    Modelação 3D / CAD;     Materiais e Tecnologias.        Faculdade de Belas Artes – Universidade de Lisboa       Nível 6 ­ Licenciatura          Língua(s) materna(s)    Português  Nível europeu (*)          Inglês    Outra(s) língua(s)  Auto­avaliação      Compreensão  Compreensão  oral  Leitura  Conversação  Interacção oral  C C B Independente  Experiente  Experiente  2  2  2  (*) ​ Nível do Quadro Europeu Comum de Referência (CECR)       Página 2​ / 4​ ­​  Curriculum vitae de   Apelido(s) Nome(s)     Para mais informações sobre o Europass, consulte http://europass.cedefop.europa.eu  © Comunidades Europeias, 2003    20060628  Escrita  Produção oral  B 2  Independente    B 2  Independente    Aptidões e competências  informáticas    Aptidões e competências  técnicas      Domínio de ​ software ​ de edição, composição de imagem e paginação (​ Adobe Psotoshop​ , ​ Illustrator​  e  Indesign​ );  Domínio de ​ software​  de modelação 3D e CAD (​ Solid Works​ , ​ Autodesk Studio Max 3D​  e ​ Autocad​ );  Domínio dos programas do Microsoft Office.    Domínio de maquinaria e ferramentas de oficina (execução de modelos e protótipos);  Máquina de costura.      Carta de condução      Titular de carta das categorias ​ A1​ , ​ B1​  e ​ B.      Página 3​ / 4​ ­​  Curriculum vitae de   Apelido(s) Nome(s)     Para mais informações sobre o Europass, consulte http://europass.cedefop.europa.eu  © Comunidades Europeias, 2003    20060628    Exposições                                            Concursos         Aptidões e Competências Artísticas    10.05.2014 ­ 01.06.2014    Exposição ​ ORFFMAN ­ V ​illage Underground Lisboa    ​ http://cargocollective.com/vandadiasferreira/FILM­PAPER  18.12.2009 – 19.01.2010     Divulgação do projecto colectivo de candeeiros ­ ​ POLIPROPILENO     Exposição no Átrio da Aula Magna, Reitoria da Universidade de Lisboa;       03.10.2009 ­ 11.10.2009        Divulgação do projecto colectivo ​ POLIPROPILENO​  na feira internacional ​ Lisbon I.D._F.I.L​ ;          03.07.2009 – 07.07.2009     Divulgação do projecto colectivo ​ POLIPROPILENO      Exposição na feira internacional ​ Tendence_Messe Frankfurt        ­Selecção para a área ​ Talents​ ;       17.06.2009 ­ 20.06.2009     Divulgação do projecto colectivo ​ POLIPROPILENO​  na feira internacional ​ TecnoFIL_​ Lisboa;

https://www.pdf-archive.com/2016/01/19/cv-1/

19/01/2016 www.pdf-archive.com

SN 88%

https://www.pdf-archive.com/2017/05/19/sn/

19/05/2017 www.pdf-archive.com

Guia Nacional de Coleta-CETESB-ANA-2012 87%

Guia Nacional De Coleta E Preservação De Amostras Água, Sedimento, Comunidades Aquáticas E Efluentes Líquidos Guia Nacional De Coleta E Preservação De Amostras Água, Sedimento, Comunidades Aquáticas E Efluentes Líquidos introdução 1 República Federativa do Brasil Dilma Vana Rousseff Presidenta Ministério do Meio Ambiente Izabella Mônica Vieira Teixeira Ministra Agência Nacional de Águas Diretoria Colegiada Vicente Andreu Guillo (Diretor-Presidente) Dalvino Troccoli França Paulo Lopes Varella Neto João Gilberto Lotufo Conejo Paulo Rodrigues Vieira Secretaria-Geral (SGE) Mayui Vieira Guimarães Scafuto Superintendência de Gestão da Rede Hidrometeorológica (SGH) Valdemar Santos Guimarães Superintendência de Gestão da Informação (SGI) Sérgio Augusto Barbosa Superintendência de Apoio à Gestão de Recursos Hídricos (SAG ) Rodrigo Flecha Ferreira Alves Procuradoria-Geral (PGE) Emiliano Ribeiro de Souza Corregedoria (COR) Elmar Luis Kichel Superintendência de Implementação de Programas e Projetos (SIP) Ricardo Medeiros de Andrade Auditoria Interna (AUD ) Edmar da Costa Barros Superintendência de Regulação (SRE) Francisco Lopes Viana Chefia de Gabinete (GAB) Horácio da Silva Figueiredo Junior Superintendência de Usos Múltiplos e Eventos Críticos (SUM) Joaquim Guedes Correa Gondim Filho Coordenação de Articulação e Comunicação (CAC ) Antônio Félix Domingues Superintendência de Fiscalização (SFI) Flavia Gomes de Barros Coordenação de Gestão Estratégica (CGE) Bruno Pagnoccheschi Superintendência de Planejamento de Recursos Hídricos (SPR) Ney Maranhão Superintendência de Administração, Finanças e Gestão de Pessoas (SAF) Luís André Muniz Governo do Estado de São Paulo Geraldo Alckmin Governador Secretaria do Meio Ambiente Bruno Covas Secretário Companhia Ambiental do Estado de São Paulo Diretor-Presidente Otavio Okano Diretor Vice-Presidente Nelson Roberto Bugalho Diretor de Gestão Corporativa Sérgio Meirelles Carvalho Diretor de Controle e Licenciamento Ambiental Geraldo do Amaral Filho Diretor de Engenharia e Qualidade Ambiental Carlos Roberto dos Santos Diretora de Avaliação e Impacto Ambiental Ana Cristina Pasini da Costa 2 Guia Nacional De Coleta E Preservação De Amostras Companhia Ambiental do Estado de São Paulo Secretaria de Meio Ambiente Governo do Estado de São Paulo Agência Nacional de Águas Ministério do Meio Ambiente Guia Nacional De Coleta E Preservação De Amostras Água, Sedimento, Comunidades Aquáticas E Efluentes Líquidos Brasília-df 2011 introdução 3 © Agência Nacional de Águas – ANA, 2011 Setor Policial Sul, Area 5, Quadra 3, Blocos B, L, M e T.

https://www.pdf-archive.com/2017/08/08/guia-nacional-de-coleta-cetesb-ana-2012/

08/08/2017 www.pdf-archive.com

Carta de Principios 87%

É uma comunidade nacional de expressão mundial, e abarca Portugal, a Galiza, o Brasil, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Timor, o Uruguai, a antiga Índia portuguesa, Macau e todas as restantes lusotopias na Europa, América, África e Ásia, bem como as comunidades da diáspora da emigração portuguesa, do Havai à África do Sul e à Austrália, da Venezuela à França e ao Luxemburgo.

https://www.pdf-archive.com/2018/03/25/carta-de-principios/

25/03/2018 www.pdf-archive.com

LOS PRINCIPIOS para nuestro DESARROLLO en el VALLE 87%

Incentivar COMUNIDADES distintas y atractivas con una IDENTIDAD de su ESPACIO de VIDA 6.

https://www.pdf-archive.com/2011/07/20/los-principios-para-nuestro-desarrollo-en-el-valle/

20/07/2011 www.pdf-archive.com

REUNION 87%

https://www.pdf-archive.com/2015/09/24/reunion/

23/09/2015 www.pdf-archive.com

Acontece FJ Retrô 84%

Fique por Nos últimos 4 anos, foram mais 400 agricultores e extrativistas das comunidades locais e moradores de Almeirim e Monte Dourado alfabetizados através do Programa Mova Pará da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) com o apoio do STTR e da Fundação Jari.

https://www.pdf-archive.com/2015/03/18/acontece-fj-retro/

18/03/2015 www.pdf-archive.com