Search


PDF Archive search engine
Last database update: 15 April at 04:35 - Around 76000 files indexed.


Show results per page

Results for «corredor»:


Total: 23 results - 0.065 seconds

REGLAMENTO 100%

● El control deportivo de la prueba y los gastos de señalización del circuito, cronometraje, controles, abastecimiento (agua y fruta) y asistencia mecánica en un lugar estratégico en el recorrido, seguro del corredor, etc.

https://www.pdf-archive.com/2016/09/28/reglamento/

27/09/2016 www.pdf-archive.com

Reglamento Ski-O Belagua 2014 98%

A partir de un mapa que entregará la organización, el corredor tendrá que realizar el recorrido propuesto, en el orden predeterminado, pasando por las balizas señaladas.

https://www.pdf-archive.com/2014/02/17/reglamento-ski-o-belagua-2014/

17/02/2014 www.pdf-archive.com

certificado medico desafio FRAY 94%

Sin embargo, sabemos que en muchas ocasiones es el único contacto que el corredor tiene con el médico durante el año.

https://www.pdf-archive.com/2016/09/23/certificado-medico-desafio-fray/

23/09/2016 www.pdf-archive.com

Plantas SilvestresComestibles FM 75%

AlbertoMago, Corredor, Falco, Jebaspe, Joseangel, Juanroque, Luscus, Manlop, Marta, Maxsetas, Miguelgimeno, Radiquero, Rosa, Tricoptero, Yeltes, y yo mismo (Cortinario).

https://www.pdf-archive.com/2014/03/27/plantas-silvestrescomestibles-fm/

27/03/2014 www.pdf-archive.com

EIA - Volume I 71%

BRT METROPOLITANO PERIMETRAL ALTO TIETÊ EIA - Estudo de Impacto Ambiental VOLUME I Índice Geral VOLUME I 1 1.1 1.2 2 2.1 2.2 3 3.1 3.2 3.2.1 3.2.2 3.2.3 3.2.4 3.2.5 3.2.6 3.2.7 3.2.8 3.2.9 3.2.10 3.2.11 3.2.12 3.3 3.3.1 3.3.2 3.3.3 3.3.4 4 4.1.1 4.1.2 5 6 6.1 6.2 6.2.1 6.2.2 6.2.3 6.3 6.3.1 6.3.2 7 7.1 7.2 7.2.1 7.2.2 7.3 7.3.1 7.3.2 7.3.3 7.4 7.4.1 7.4.2 IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDEDOR E DA EMPRESA DE CONSULTORIA Identificação do Empreendedor Identificação da empresa responsável pela elaboração do EIA / Rima INTRODUÇÃO Objeto do licenciamento Breve histórico do empreendimento LEGISLAÇÃO INCIDENTE Contextualização Institucional Contextualização da Legislação Ambiental Incidente Licenciamento Ambiental Unidades de Conservação e Outras Áreas Protegidas Supressão, Recomposição ou Proteção de Vegetação Proteção da Fauna Patrimônio Cultural Poluição do Solo e Subsolo / Áreas Contaminadas Poluição Atmosférica Poluição Sonora (Níveis de Ruídos e Vibrações) Recursos Hídricos (Qualidade das Águas / Outorgas) Desapropriações e Reassentamentos Uso do Solo Urbano e Subsolo Municipal Gerenciamento dos Resíduos da Construção Civil Contextualização da Legislação Municipal / Plano Diretor Municipal Município de Arujá Município de Poá Município de Itaquaquecetuba Município de Ferraz de Vasconcelos COMPATIBILIDADE COM AS POLÍTICAS PÚBLICAS, PLANOS, PROGRAMAS E PROJETOS CO LOCALIZADOS Esfera Estadual Esfera Municipal HISTÓRICO DO PROCESSO DE LICENCIAMENTO JUSTIFICATIVA DO EMPREENDIMENTO E AS ALTERNATIVAS ESTUDADAS As Justificativas para a Implantação do Empreendimento As Justificativas da Alternativa Tecnológica Adotada A Concepção Funcional do BRT O Modelo Tecnológico do BRT O Processo de Escolha da Tecnologia Veicular As Justificativas da Alternativa Locacional e de Traçado Considerações Gerais A Proposta Inicial do Corredor / BRT no âmbito do Programa Metropolitano de Corredores (PCM) CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO Localização Referencial do Empreendimento e Inserção Urbana Descrição do Empreendimento Características Gerais das Diretrizes do Traçado Concepção Física da Infraestrutura do Corredor / BRT Alto Tietê Características Gerais da Implantação do Empreendimento Estudos de Demanda Desafetação de Áreas Obras, Serviços Gerais e Infraestrutura de Apoio às Obras Características Gerais da Operação do Empreendimento Sistemas de Transporte Inteligentes (ITS) Circulação Viária (Plano Funcional) CONSÓRCIO PROJETO BRT ARUJÁ ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê 2 2 2 3 4 5 7 7 10 11 12 14 15 16 18 21 22 24 26 27 28 28 28 32 36 38 41 41 48 53 55 55 56 56 59 68 70 70 71 80 80 82 82 113 133 133 136 137 141 142 142 7.4.3 7.4.4 7.5 8 8.1 8.2 8.3 A Concepção dos Veículos que poderão ser Utilizados no BRT O Modelo Espacial e de Integração do BRT Custos Estimados, Cronograma e Mão de Obra DELIMITAÇÃO DAS ÁREAS DE INFLUÊNCIA Área de Influência Indireta (AlI) Área de Influência Direta (AlD) Área Diretamente Afetada (ADA) 150 155 157 158 158 159 159 VOLUME II 9 9.1 9.1.1 9.1.2 9.1.3 9.1.4 9.1.5 9.1.6 9.1.7 9.1.8 9.1.9 9.1.10 DIAGNÓSTICO AMBIENTAL Caracterização e Análise do Meio Físico Aspectos Climáticos e das Condições Meteorológicas Qualidade do Ar Níveis de Ruídos e Vibrações Aspectos Geomorfológicos e Morfométricos Aspectos Pedológicos Aspectos Geológicos Aspectos Geotécnicos Recursos Hídricos Superficiais Recursos Hídricos Subterrâneos Passivos Ambientais / Áreas Contaminadas 162 162 162 166 175 296 305 310 316 326 349 359 VOLUME III 9.2 9.2.1 9.2.2 9.2.3 Caracterização e Análise do Meio Biótico Flora Fauna Unidades de Conservação e Outras Áreas Protegidas 529 529 760 803 VOLUME IV 9.3 9.3.1 9.3.1.1 9.3.1.2 9.3.1.3 9.3.1.4 9.3.1.5 9.3.1.6 9.3.1.7 9.3.2 9.3.2.1 9.3.2.2 9.3.2.3 9.3.2.4 9.3.2.5 9.3.2.6 9.3.2.7 9.3.2.8 9.3.2.9 9.3.3 9.3.3.1 10 10.1 10.1.1 10.1.2 10.1.3 Caracterização e Análise do Meio Socioeconômico Área de Influência Indireta (AII) Dinâmica Demográfica Condições de Moradia / Aglomerados Subnormais Estrutura Etária da População Perfil Econômico Índice de Desenvolvimento Humano Municipal – IDHM Uso e Ocupação do Solo Sistema Viário e de Transporte Área de Influência Direta (AID) Dinâmica Demográfica Perfil Econômico Qualidade de Vida Uso e Ocupação do Solo Sistemas Viário, de Transporte e de Circulação Paisagem Urbana Estrutura Urbana Reivindicações Sociais Patrimônio Arqueológico e Bens Tombados Área Diretamente Afetada (ADA) Áreas Passíveis de Desapropriação IDENTIFICAÇÃO, PREVISÃO E AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS E PROPOSIÇÃO DAS RESPECTIVAS MEDIDAS / AÇÕES DE CONTROLE Referencial Metodológico Fatores e Ações Geradoras de Impactos Ambientais Atributos de Avaliação de Impactos Ambientais Medidas e Ações de Controle Ambiental CONSÓRCIO PROJETO BRT ARUJÁ ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê 827 827 827 832 835 839 847 851 861 867 867 875 884 896 950 957 965 975 983 989 989 1019 1019 1019 1020 1021 10.2 10.2.1 10.2.2 10.3 10.3.1 10.3.2 10.3.3 10.3.4 10.3.5 10.3.6 10.3.7 10.3.8 10.3.9 10.3.10 10.3.11 10.3.12 10.3.13 10.3.14 10.3.15 10.3.16 10.3.17 10.3.18 10.3.19 10.3.20 10.4 10.4.1 10.4.2 10.4.3 10.5 10.5.1 11 11.1 11.2 11.2.1 11.2.2 11.2.3 11.2.4 11.2.5 11.2.6 11.2.6.1 11.2.2.2 11.2.6.3 11.2.6.4 11.2.7 11.2.7.1 Impactos na “Fase de Planejamento” do Empreendimento Geração de ansiedade e insegurança na população da AID e ADA Geração de expectativa da população da AII e AID Impactos na “fase de implantação” do empreendimento (ou nas fases de “Implantação e Operação”) Alteração pontual dos níveis da qualidade do ar, decorrente do aumento da concentração de material particulado em suspensão, de poeiras e da emissão de gases veiculares Alteração pontual dos níveis de ruídos Deflagração de novos processos de dinâmica superficial e de aporte de sedimentos nos corpos hídricos Alteração dos padrões de qualidade do solo, das águas superficiais e subterrâneas Ocorrência de vibrações induzidas no solo, de recalques e/ou de abalos estruturais nas construções / edificações situadas em áreas vizinhas à faixa lindeira do empreendimento Interferências das obras em áreas potencial ou comprovadamente contaminadas Supressão de vegetação / interferência em APP Perda de cobertura vegetal / intervenção em fragmentos vegetais inseridos em Unidades de Conservação Interferências com fauna silvestre Impacto social pelo processo de desapropriação / desocupação de imóveis residenciais e comerciais Alterações na fluidez / mobilidade do trânsito e riscos de acidentes decorrentes da readequação do sistema viário nas proximidades do empreendimento Interrupções temporárias dos serviços básicos de infraestrutura urbana Aumento da arrecadação tributária Geração de empregos Riscos de impactos nas condições de saúde e segurança ocupacional dos trabalhadores das obras do BRT Indução à alteração do uso e ocupação do solo na ADA e AID Alteração da paisagem da ADA e AID Incremento da ação do mercado imobiliário e oscilação do valor dos imóveis Riscos de interferência e descaracterização do patrimônio histórico, cultural e arquitetônico Riscos de remobilização, soterramento e destruição parcial ou total de sítios arqueológicos IMPACTOS NA “FASE DE OPERAÇÃO” DO EMPREENDIMENTO Benefícios socioambientais, diretos e indiretos, para as populações residentes na AID e ADA Possibilidade de aumento de renda da população da AID Readequação do sistema de transporte público na AII e AID SÍNTESE DA AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS Balanço Geral dos Impactos PLANOS E PROGRAMAS AMBIENTAIS Plano de Gestão Ambiental do Empreendimento - PGA Plano de Controle Ambiental das Obras - PCA Programa de Monitoramento da Qualidade do Ar Programa de Monitoramento dos Níveis de Ruídos Programa de Monitoramento de Recalques Programa de Gerenciamento de Áreas Contaminadas Programa de Gerenciamento de Material Excedente Programa de Gerenciamento de Resíduos Subprograma de Controle de Resíduos da Construção Civil e de Material de Demolição Subprograma de Controle e Gerenciamento de Resíduos Perigosos Subprograma de Controle e Gerenciamento de Produtos Químicos Subprograma de Gerenciamento de Efluentes Líquidos Programa de Educação Ambiental Subprograma de Controle Ambiental das Condições de Saúde e Segurança Ocupacional CONSÓRCIO PROJETO BRT ARUJÁ ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê 1022 1022 1023 1024 1024 1029 1031 1033 1035 1036 1039 1041 1043 1046 1047 1048 1050 1051 1052 1054 1055 1056 1058 1059 1059 1061 1062 1063 1070 1071 1071 1078 1079 1081 1084 1087 1090 1092 1095 1097 1098 1099 1100 1104 11.2.8 11.2.9 11.2.10 11.3 11.3.1 11.3.2 11.4 11.5 11.5.1 11.5.2 11.6 11.6.1 11.6.1.1 11.6.2 12 13 13.1 13.2 14 15 15.1 15.2 15.3 15.4 15.5 15.6 16 17 Programa de Controle de Processos Erosivos e de Assoreamento Programa de Controle de Tráfego Programa de Paisagismo e Reurbanização Plano de Manejo Arbóreo Programa de Controle da Supressão de Vegetação Programa de Monitoramento da Avifauna Plano de Comunicação Social Plano de Acompanhamento do Processo de Desapropriação e de Apoio à População Atendida por Programas Sociais Programa de Cadastramento e Avaliação dos Imóveis Afetados Programa de Acompanhamento das Indenizações e Apoio à População Afetada Plano de Gestão do Patrimônio Histórico, Cultural-Edificado e Arqueológico Programa de Arqueologia Preventiva Subprograma de Educação Patrimonial Programa de Inventariação do Patrimônio Histórico-Cultural Edificado PROGRAMA DE COMPENSAÇÃO AMBIENTAL (SNUC) PROGNÓSTICO DA QUALIDADE AMBIENTAL FUTURA Prognóstico das Condições Emergentes “sem” a Implantação do BRT Alto Tietê (Alternativa “Zero”) Prognóstico das Condições Emergentes “com” a Implantação do BRT Alto Tietê CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Para os temas relacionados à caracterização do Meio Físico Para os temas relacionados à caracterização dos Passivos Ambientais Para os temas relacionados à caracterização do Meio Biótico Para os temas relacionados à caracterização do Plano de Compensação Ambiental (PCA) Para os temas relacionados à caracterização do Meio Socioeconômico Para os temas relacionados à caracterização do Patrimônio Histórico, Cultural e Arqueológico EQUIPE TÉCNICA ANEXOS CONSÓRCIO PROJETO BRT ARUJÁ ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê 1106 1108 1111 1112 1114 1116 1118 1121 1140 1141 1142 1144 1146 1146 1148 1149 1149 1151 1154 1157 1157 1159 1159 1163 1163 1165 1169 1172

https://www.pdf-archive.com/2017/12/19/eia-volume-i/

19/12/2017 www.pdf-archive.com

SPCine matéria 66%

Muitas crianças estavam sentadas no chão – um corredor largo que ia da entrada da sala até o final do prédio do CEU (Centro Educacional Unificado) – e muitas delas estavam se conhecendo agora e iam criando amizade enquanto conversavam sobre o que esperar de “Carros 3”.

https://www.pdf-archive.com/2018/04/17/spcine-materia/

17/04/2018 www.pdf-archive.com

POR 173 62%

Sanz, se habla del “nuevo convenio acordado entre la Administración General del Estado, el Gobierno de Navarra y Adif para el avance de este proyecto” -la charla dada por el Vicepresidente de Desarrollo Económico en Lleida en la que se manifestó que “Navarra está muy pendiente de lo comprometido con el corredor ferroviario” Por ello, se formula la siguiente PREGUNTA DE MAXIMA ACTUALIDAD:

https://www.pdf-archive.com/2017/04/07/por-173/

07/04/2017 www.pdf-archive.com

SIMON CLASEN 62%

CORREDOR BANCALARI Localidad: GENERAL PACHECO Teléfono:

https://www.pdf-archive.com/2017/06/01/simon-clasen/

01/06/2017 www.pdf-archive.com

Costo parcial y aproximado de algunas de las "propuestas" de AMLO en su vídeo 61%

Corredor del istmo de Tehuantepec costo calculado arriba de los 20,000 millones de dolares.

https://www.pdf-archive.com/2018/06/20/untitled-pdf-document-2/

20/06/2018 www.pdf-archive.com

Brochura T3 salgueiral 57%

Wc completo de apoio aos quartos e armários roupeiro no corredor de acesso aos quartos.

https://www.pdf-archive.com/2017/09/14/brochura-t3-salgueiral/

14/09/2017 www.pdf-archive.com

coso 46%

Es muy alto, posiblemente supera el metro noventa y tiene constitución de corredor, brazos y piernas de atleta.

https://www.pdf-archive.com/2015/02/15/coso/

15/02/2015 www.pdf-archive.com

Parecer MPF 45%

Processo Judicial Eletrônico:

https://www.pdf-archive.com/2018/02/21/parecer-mpf/

21/02/2018 www.pdf-archive.com

e2011 programa 42%

una nació, una selecció B) Independència per gestionar les infrastructures • • • • • El corredor mediterrani, la clau del futur Els ports i aeroports, com més a prop, millor Plena sobirania en l'àmbit ferroviari Sistema viari Sistema de telecomunicacions C) Cap a una nació sostenible • • • • • • • • L'aposta per l'economia verda La gestió dels residus, paradigma de l'economia verda Els compromisos contra el canvi climàtic El necessari canvi en el sistema elèctric Renovables, cap al 100% Energia nuclear, les hores comptades Fiscalitat energètica i política tarifària Insistim en la nova cultura de l'aigua D) En defensa de la terra • • • La defensa de la biodiversitat, encara L'activitat agroramadera, garantia d'un territori viu i pròsper El sector agroalimentari, àmbit estratègic de primer ordre E) Fraternitat internacional i justícia global • • • Unió Europea, fraternitat de pobles lliures Una política internacional desacomplexada i compromesa Cooperació internacional amb els països empobrits 3 Vicesecretaria General d'Acció Política i Dona INTRODUCCIÓ Nosaltres decidim fer la República Catalana.

https://www.pdf-archive.com/2015/12/07/e2011-programa/

07/12/2015 www.pdf-archive.com

Posiciones del Paintball (1) 42%

Tienen una buena paciencia y determinación admirables. Corredor:

https://www.pdf-archive.com/2013/05/10/posiciones-del-paintball-1/

10/05/2013 www.pdf-archive.com

reglamento-lagranmarcha 39%

LA GRAN MARCHA 1ra 1ra.

https://www.pdf-archive.com/2017/11/16/reglamento-lagranmarcha/

15/11/2017 www.pdf-archive.com

DONQUIJOTE PARTE1 36%

Quijote de la Mancha En un lugar de la Mancha, de cuyo nombre no quiero acordarme, no ha mucho tiempo que vivía un hidalgo de los de lanza en astillero, adarga antigua, rocín flaco y galgo corredor.

https://www.pdf-archive.com/2014/01/23/donquijote-parte1/

23/01/2014 www.pdf-archive.com

Guía Jurídica Consolidada 25 35%

También es recomendable contactar al corredor de seguros que le vendió la póliza, o bien, directamente a algún representante de su aseguradora para aclarar cualquier duda sobre el alcance del seguro inmobiliario.

https://www.pdf-archive.com/2017/09/26/gui-a-juri-dica-consolidada-25/

26/09/2017 www.pdf-archive.com

A CURA MORTAL - MANSÃO DE SANGUE 31%

Respondeu Matt enquanto ambos saíam de volta para o corredor que ia dar às escadas – Realmente, já reparaste que eles têm uma casa de banho para homens e outra para mulheres?

https://www.pdf-archive.com/2017/04/17/a-cura-mortal-mans-o-de-sangue/

17/04/2017 www.pdf-archive.com