Search


PDF Archive search engine
Last database update: 03 December at 10:55 - Around 76000 files indexed.


Show results per page

Results for «pacote»:


Total: 60 results - 0.043 seconds

ic-v85-110327093707- 100%

Remova o pacote de bateria, ou o porta-bateria, dele quando você não for usá-lo por um longo tempo.

https://www.pdf-archive.com/2014/03/29/ic-v85-110327093707/

29/03/2014 www.pdf-archive.com

tabela+de+preços 98%

CORREÇÃO DE ERROS DO WINDOWS OU DE PROGRAMAS REPOSIÇÃO DOS DADOS DE FÁBRICA REPARAÇÃO DE SISTEMA OPERATIVO DETEÇÃO E LIMPEZA DE VÍRUS (E RELACIONADOS) INSTALAÇÃO DE CONTROLADORES (DRIVERS) CONFIGURAÇÃO DE E-MAILS (OUTLOOK EXPRESS, MICROSOFT OUTLOOK, OUTROS) INSTALAÇÃO DE APLICAÇÕES (CADA) INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO DO PACOTE INTERNET SECURITY (ANTIVÍRUS, FIREWALL, DEFENSE+) LIGAÇÃO À INTERNET (CONFIGURAÇÃO DE PC E/OU CONFIGURAÇÃO DE REDES PARA ACESSO À INTERNET) SERVIÇOS DE DADOS 10,00€ 25,00€ 25,00€ 20,00€ 10,00€ 15,00€ 5,00€ 16,90€ 15,00€ POSSO AJUDAR?

https://www.pdf-archive.com/2015/07/28/tabela-de-precos/

28/07/2015 www.pdf-archive.com

ic-v8brasil- 94%

Retire o pacote de bateria ou o porta-bateria do transceptor quando você não for usálo por muito tempo, senão o pacote de bateria ou as baterias de cádmio-níquel (NiCd) instaladas ficarão fracas.

https://www.pdf-archive.com/2014/03/29/ic-v8brasil/

29/03/2014 www.pdf-archive.com

vx170portugues- 93%

Instalação do Pacote de Baterias FNB-83...................................................................

https://www.pdf-archive.com/2014/03/29/vx170portugues/

29/03/2014 www.pdf-archive.com

regulamento sorteio techcastro 88%

Microsoft Visual C++ - Requerido para executar programas que no futuro venha instalar Net Framework - Requerido para executar programas que no futuro venha instalar XP Codek Pack - Um pacote de codecs que permite reproduzir os mais diversos tipos de formatos de videos e audio no seu computador, como por ex.

https://www.pdf-archive.com/2015/10/13/regulamento-sorteio-techcastro/

12/10/2015 www.pdf-archive.com

regulamento sorteio techcastro 88%

Microsoft Visual C++ - Requerido para executar programas que no futuro venha instalar Net Framework - Requerido para executar programas que no futuro venha instalar XP Codek Pack - Um pacote de codecs que permite reproduzir os mais diversos tipos de formatos de videos e audio no seu computador, como por ex.

https://www.pdf-archive.com/2015/10/13/regulamento-sorteio-techcastro-2/

13/10/2015 www.pdf-archive.com

Murilo Motta - Curriculo 2018 81%

IDIOMAS Inglês Avançado Espanhol Básico INFORMÁTICA Domínio do pacote Office e pacote Adobe.

https://www.pdf-archive.com/2018/08/20/murilo-motta---curriculo-2018/

20/08/2018 www.pdf-archive.com

Testedesoftware 80%

  Além  disso,  para  garantir  a  execução  dos  testes  é  necessário  que  haja  tanto  um  planejamento  quanto  um  gerenciamento  dos  mesmos.  Para  isso  é  importante  que  seja  definida  uma  estimativa  mais  próxima  do  tempo  realmente necessário para realização dos testes.   Uma  boa  técnica  de medição e  estimativa deve  sempre levar  em  consideração o  ambiente  onde  será  utilizada.  Entretanto,  é  válido  ressaltar  que  estimar  o  esforço dos  testes  não  é  uma  tarefa  simples,  e  diversos  fatores  como  recursos  humanos,  técnicos,  políticos e ambientais podem interferir no seu resultado.  Porém,  devido  a  complexidade  dessa  tarefa,  várias  vezes  ela  é  baseada  em  “achismos”,  gerando  resultados  que  podem  conflituosos.  Para  preencher  essa  lacuna,  atualmente  existem  diversas  técnicas  que  fornecem  métricas  que  permitam  atender  com uma margem menor de erro às necessidades do projeto.  Algumas dessas principais técnicas, são:    ● Análise de Pontos de Função (APF):  É  uma  técnica  de  medição  utilizada  no  ciclo  de  desenvolvimento  de  software  que  tem  como  objetivo  definir  o tamanho  do sistema,  utilizando  como  métrica a análise dos pontos por função levantada nos requisitos do projeto.  Essa é a  técnica de estimativa mais  utilizada na  área  de  desenvolvimento  de  software.  Através  do  Ponto  de  Função  mede­se  o  tamanho do  software  pela  quantificação  de  suas  funcionalidades  externas,  baseadas  no  projeto  lógico  ou  a  partir do modelo de dados.  A  análise  de  pontos  por  função  possibilita  além  de   medir  o  tamanho do  sistema no que  se  refere às  funcionalidades disponibilizadas  ao usuário, estimar  seu   tamanho  em  qualquer fase  do ciclo  de vida (mesmo que  os requisitos  ainda  não tenham sido detalhados).  As  organizações  que  utilizam  a  Análise  de  Pontos  por  Função  podem  aplicá­la como:  ·   Uma  ferramenta que  permite controlar  o tamanho de  pacotes de  software  que  foram adquiridos, através de todos os pontos por função envolvidos no projeto;  ·  Uma ferramenta para determinar o tamanho de pacotes de software adquiridos,  através da contagem de todos os Pontos por Função incluídos no pacote;  · Uma ferramenta para apoiar a análise da qualidade e da produtividade;  ·   Um  mecanismo  para  estimar  custos  e  recursos  envolvidos  em  projetos  de  desenvolvimento e manutenção de software;  · Um fator de normalização para comparação de software.  A imagem a  seguir mostra as etapas que precisam ser seguidas para diagnosticar  a quantidade de pontos de função, os pontos de teste estáticos e dinâmicos.

https://www.pdf-archive.com/2016/06/30/testedesoftware/

30/06/2016 www.pdf-archive.com

Currículo MarianaPavao 79%

Portland, EUA (2007) Residência em Salamanca, Espanha (2012) Informática Pacote Adobe Illustrator, avançado Photoshop e InDesign, intermediário After Effects, básico Corel Draw Corel Draw, intermediário Pacote Office Microsoft Word e Powerpoint, avançado Microsoft Excel, intermediário Linguagem de Programação HTML e CSS, básico Experiência 2013 Labis Design Artefice Group Atuação como Planner e Designer Gráfica no desenvolvimento integral de estratégias e Profissional posicionamento de marcas, identidade visual corporativa, criação de websites, embalagens e materiais gráficos em geral.

https://www.pdf-archive.com/2014/01/08/curr-culo-marianapavao/

08/01/2014 www.pdf-archive.com

Contrato em PDF 76%

A não ser que o permutante pague a diferença em dinheiro tarifa ou pacote Balcão.

https://www.pdf-archive.com/2015/05/29/contrato-em-pdf/

29/05/2015 www.pdf-archive.com

RESPE Lettre Ouverte a M Rene Garcia Preval 3Nov2010 76%

ESPE PATI POLITIK lettre ouverte au President Preval Sujet :

https://www.pdf-archive.com/2010/11/04/respe-lettre-ouverte-a-m-rene-garcia-preval-3nov2010/

04/11/2010 www.pdf-archive.com

ft-857dportugues-100109182604-phpapp01-120329105141-phpapp02 71%

2 ÍNDICE Introdução Especificações Acessórios e Opções Instalações Inspeção Preliminar Dicas de Instalação Informações Sobre Segurança Instalando Painel Frontal e Microfone Conexões de Alimentação Aterramento Aterramento de Estação Móvel Aterramento de Estação Base Considerações Sobre Antenas Instalações de Antenas Móveis Instalações de Antenas em Estações Bases Exposição ao Campo de RF Compatibilidade Eletromagnética Aquecimento e Ventilação Interfaceamento de Amplificador Linear Conexões de Manipulador/Chave de CW Acessórios para Recepção (Gravador de Fitas, etc.) Ajustando os Pés Frontais 05 06 08 09 09 09 09 10 11 13 13 14 14 15 16 17 18 18 18 20 21 21 Teclas e Controles do Painel Frontal 22 Detalhes de Teclas Multi-Funções 26 Display de Cristal Liquido 34 Conectores do Painel Traseiro 35 Operações 37 Ligando e Desligando o Transceptor Selecionando a Banda de Operação Selecionando um Modo Ajustando o Volume do Áudio Início Rápido de Menu Ajustando o Silenciador e o Ganho de RF Ajustando a Freqüência de Operação Mudando a Velocidade do Dial Sistema de VFO Sobreposto Operando na Banda de 5 MHz (Somente na Versão dos EUA) Acessórios para Recepção Travando os Controles do Painel Frontal Clarificador (Sintonia Incremental de Recepção) Desvio de FI (IF Shift) AGC (Controle Automático de Ganho) Redutor de Ruídos IPO (Otimização de Ponto de Interceptação) ATT (Atenuador de Circuito de Entrada de Radiofreqüência) Filtro DSP Passa-Banda (DBP) Filtro DSP de Pico de CW (DBF) Redução de Ruídos de DSP (DNR) 37 37 39 39 39 40 41 41 42 42 42 42 44 46 47 47 47 48 48 49 49 3 Filtro de Corte de DSP (DNF) Operando o Sintonizador de AM/FM Desligamento Automático (APO) Operações para Transmissão Transmissão em SSB/AM Operação/Ajuste Básico Operando com VOX Operando com Processador de Voz de AF Equalizador de Microfone do Sistema DSP Transmissão em CW Chave Simples/Equipamento Externo de Manipulação Usando o Manipulador Eletrônico Embutido Transmissão em FM Operação/Ajuste Básico Operando Via Repetidora Varredura em Busca de Tom Operação de DCS Varredura do Sistema DCS Operando em Tom Split (Split Tone) Operação de ARTS™ Configuração do Identificador de CW Operação em Modo Digital (AFSK em SSB) Operação em RTTY (Radioteletipo) Operação em PSK31 Modos Digitais Definidos pelo Usuário (USER) Operando em Rádio-Pacote (1200/9600 bps, FM) Monitoramento de Fax Meteorológico Temporizador de Chamadas Operando em Freqüência Split Operando com ATAS-100/-120 Sintonia Automática Sintonia Manual Dicas para Operação do ATAS-100/-120 Acoplador de Antena Automático FC-30 Sistema de Memória do Acoplador de Antena Operações de Memórias Canais QMB (Banco de Memória Rápida) Operação de Memória em Canal de Memória “Regular” Armazenamento em Memória Normal Armazenamento de Freqüência Split em Memória Rechamada de Canal de Memória Mascarando (“Escondendo”) uma Memória Operação em Memórias de Canal Favorito Etiquetando Memórias Após Programação de Dado de Canal Monitoramento de Espectro de Rádio Busca Inteligente Operações de Varreduras Características de Varredura Operação de Varredura Opções para Continuação de Varredura Programando a Varredura para Pular um Canal (Somente no Modo de Memória) Varredura de “Canal Prioritário” Varredura de Memória Programável (PMS) 50 50 50 51 51 51 52 53 53 54 54 55 57 57 57 59 59 61 61 62 63 64 64 65 65 66 68 68 69 69 70 70 72 73 75 76 76 77 77 78 78 79 80 81 82 83 84 84 84 85 85 86 86 4 Supervisão Dupla (Dual Watch) Configurações Diversas Operando na Freqüência de Emergência do Alasca:

https://www.pdf-archive.com/2014/03/29/ft-857dportugues-100109182604-phpapp01-120329105141-phpapp02/

29/03/2014 www.pdf-archive.com

CONTA OI JULHO-2016 71%

OIOI FIXO FIXO PACOTE DEDE MINUTOS FIXO-FIXO LOCAL PACOTE MINUTOS FIXO-FIXO LOCAL SERVICOS DIGITAIS SERVICOS DIGITAIS R$R$ 39,54 39,54 39,54 39,54 OIOI VELOX ...............................................................

https://www.pdf-archive.com/2016/11/07/conta-oi-julho-2016/

07/11/2016 www.pdf-archive.com

appveyor 70%

Continuous Deployment ou implantação contínua é bem parecido com a entrega contínua, porém, nesse modo, após o servidor de build executar a construção e a validação do código, o pacote também é preparado mas sua distribuição / deploy é feita automaticamente no ambiente de desejado.

https://www.pdf-archive.com/2017/02/21/appveyor/

21/02/2017 www.pdf-archive.com

Lize Antunes CV 70%

Pacote Office avançado, Pacote Adobe básico (Photoshop, Illustrator, Premiere).

https://www.pdf-archive.com/2015/09/22/lize-antunes-cv/

22/09/2015 www.pdf-archive.com

Simulado1 69%

Simulado 1 ­ 09/05/2015      1­ Em um ambiente Linux instalado em uma determinada empresa, as contas dos programadores que  trabalham num dado projeto de desenvolvimento estão associadas ao mesmo grupo de usuários.    Um deles cria um diretório que deverá ser visível aos demais membros do time de desenvolvimento. A ideia  é que os colegas possam entrar no diretório, criar novos arquivos sob o diretório, bem como visualizar e  modificar o conteúdo dos arquivos ali armazenados. Usuários externos à equipe de desenvolvimento não  devem ter acesso ao diretório, nem aos seus descendentes.    Supondo­se que o caminho para o diretório em questão seja ​ /home/projeto​  e que a proteção de ​ /home​  já  esteja corretamente estabelecida, o comando que associa a proteção desejada ao diretório ​ /home/projeto  e aos seus descendentes é:    a) chmod –R 0770 /home/projeto;  b) chmod –R 0760 /home/projeto;  c) chmod –R 0750 /home/projeto;  d) chmod –R 0740 /home/projeto;  e) chmod –R 0730 /home/projeto.      2­ Em uma aplicação Java há um determinado método da classe A que deve ser visível apenas:  ­ a todas as classes do mesmo pacote em que A foi declarada;  ­ às subclasses de A declaradas em outros pacotes.  O modificador que deve obrigatoriamente estar presente na declaração desse método é:    a) public;  b) final;  c) abstract;  d) static;  e) protected.              3­  Na linguagem de programação Java, uma classe declarada com o modificador​  final​ :    a) não pode ser instanciada;  b) não pode ser estendida;  c) pode ter o modificador abstract também presente na declaração;  d) não pode ter métodos estáticos;  e) não pode ter métodos de instância.    4­ Um comando muito utilizado em distribuições Linux, permite que sejam alteradas as informações de  propriedade de usuário e grupo para um determinado arquivo ou diretório, aplicando, inclusive, essas  alterações de forma recursiva. O comando em questão, em conjunto com o atributo de recursividade é  corretamente exposto em    a) usermod ­S  b) chmod ­­dereference  c) ln ­­recursive  d) chown ­R  e) chggrp ­S    5­ Qual das alternativas abaixo define melhor a função do serviço Active Directory (AD) em um ambiente  com MS Windows 2008 Server ?    a) O AD fornece um banco de dados distribuído que armazena e gerencia informações sobre recursos da  rede como usuários, computadores e outros dispositivos.  b) O AD fornece um mapa dinâmico com todas as informações sobre recursos da rede como usuários,  computadores e outros dispositivos.  c) O AD fornece um banco de dados distribuído que armazena e gerencia informações sobre todos os  usuários de um domínio.  d) O AD fornece um banco de dados distribuído que armazena e gerencia informações sobre todos os  dispositivos de um domínio.  e) O AD fornece um banco de dados distribuído que armazena e gerencia os meios de autenticação e  controle de acesso de todos os usuários de um domínio.          6­ Na plataforma J2EE, a classe ServletRequest define    a) a estrutura do objeto principal do ​ Servlet​ , permitindo que sejam feitas requisições ao ​ Servlet.  b) métodos que permitem que o ​ Servlet ​ faça requisições de forma assíncrona.  c) métodos que permitem que o​  Servlet ​ faça requisições aos clientes.  d) propriedades que permitem que seja alterado o comportamento do ​ Servlet​ .  e) um objeto que fornecerá informações sobre a requisição feita pelo cliente ao​  Servlet​ .    7­ Para abrir a janela do Adicionar/Remover programas, no Windows Server, deve­se digitar o comando    a) control admintools  b) wuaucpl.cpl  c) directx.cpl  d) appwiz.cpl  e) dxdiag    8­ Em programação Java, o comando ​ while    a) executa um bloco exclusivamente de comandos de atribuição.  b) executa um bloco de comandos enquanto sua condição for verdadeira.  c) executa um bloco de comandos até que sua condição seja verdadeira.  d) equivale ao comando ​ what­if.  e) é idêntico ao comando ​ do while​ .    9­ Um documento XML bem formatado é aquele que apresenta uma sintaxe XML correta. Sobre as regras  de sintaxe em documentos XML bem formatados é correto afirmar:    a) Os elementos XML não podem ter mais que um atributo e o valor desse atributo pode estar vazio.  b) Não é necessário que um documento XML tenha um elemento raiz.  c) Os elementos XML não precisam ser fechados por tag, exceto o que define a versão da XML usada.  d) Tags XML são case sensitive e os valores dos atributos devem aparecer entre aspas.  e) Elementos XML não precisam ser aninhados corretamente, sendo assim, o primeiro que abre sempre  será o primeiro que fecha.        10­ Após instalar o serviço IIS (Internet Information Services) no ambiente Microsoft Windows Server 2008,  o diretório padrão de hospedagem das páginas Web é    a) c:\windows\inetpub  b) c:\windows\wwwroot  c) c:\wwwroot\inetpub  d) c:\inetpub\wwwroot  e) c:\wwwroot     11­ Capturam as transações de negócios de um sistema e as armazenam no banco de dados.  Esse tipo de base é utilizada em sistemas que registram pequenas transações (INSERT, UPDATE,  DELETE) realizadas em tempo real e que ocorrem constantemente e de forma rápida. Os dados também  podem ser alterados e modificados e não salvam históricos dos dados, isso não o qualifica como uma base  de dados ideal para ajudar na tomada de decisões. Também é uma base que necessita de backup  regularmente, pois caso o banco de dados seja perdido, os dados não podem ser reaproveitados. Esta  descrição é típica de sistemas de bancos de dados:    a) OLAP (On­line Analytical Processing).  b) OLTP (On­line Transaction Processing).  c) SQL (Structured Query Language).  d) RUP (Rational Unified Process).  e) DML (Data Modeling Language).                              12­ Um data warehouse é um repositório de dados históricos orientados a assuntos, sendo organizados  para serem acessíveis em uma forma prontamente aceitável para atividades de processamento analítico.  Assim sendo, analise as assertivas abaixo, no que se refere às características e à definição de um data  warehouse:  I. Segmentados ­ são vários bancos de dados pequenos contendo informações divergentes.  II. Organização ­ os dados são organizados por assunto, e contêm informações relevantes apenas para o  apoio à decisão.   III. Consistência ­ os dados nos diferentes bancos de dados operacionais podem ser codificados de forma  diferente.  IV. Variante tempo ­ os dados são mantidos por muitos anos, de modo que possam ser usados para  tendências, previsões e comparações com o tempo.  V. Desestruturados ­ possuem uma quantidade grande de dados que dificultam a tomada de decisão.  Quais estão corretas?    A) Apenas I e III.  B) Apenas I, II e III.  C) Apenas II, III e IV.  D) Apenas III, IV e V.  E) I, II, III, IV e V.                               

https://www.pdf-archive.com/2015/05/13/simulado1/

12/05/2015 www.pdf-archive.com

Hamburguer 66%

COZINHARIAS Hambúrguer Caseiro 30min 15 reais Receita pode ser congelada 8 porções INGREDIENTES • • • • • • • 600g de carne moída Queijo mussarela ou cheddar Bacon 1 ovo 1 pacote de creme de cebola Pão de hambúrguer Sal, salsinha e outros temperos (à gosto) MODO DE FAZER 1.

https://www.pdf-archive.com/2011/09/06/hamburguer/

06/09/2011 www.pdf-archive.com

Vortal recibo 66%

Designação Pacote Time Stamps 90 Base de Incidência Valor IVA 100,00 23,00 Multibanco Qtd.

https://www.pdf-archive.com/2014/03/13/vortal-recibo/

13/03/2014 www.pdf-archive.com

Daniel de Castro CV 66%

Ministro Costa Manso” Experiência profissional Auxiliar de Escritório na empresa Lupa Clipping durante 1 ano e 2 meses Auxiliar de Escritório na empresa DM Miscellaneous durante 1 ano Qualificações e atividades complementares Inglês fluente – Cultura Inglesa (4 anos) Curso de Português e Matemática – Kumon Pacote Office – SENAC Photoshop CS6 – SENAC After Effects CC – SENAC

https://www.pdf-archive.com/2015/05/20/daniel-de-castro-cv/

20/05/2015 www.pdf-archive.com

Currículo - Vinícius Coelho Spanghero 66%

Jan/2014-Dez/2017 Idiomas Inglês avançado (TOEFL – ITP, 09/2014) Espanhol básico Informática Pacote Office, internet, domínio razoável do Adobe Premiere Experiência profissional Festival do Rio Cargo:

https://www.pdf-archive.com/2016/04/10/curr-culo-vin-cius-coelho-spanghero/

10/04/2016 www.pdf-archive.com

CV-Victor 66%

Habilidades • Fluência em Espanhol (CNA, 2005 à 2008) • Fluência média em Inglês (UFSC, 2011 à 2014) Experiências Mar/2016 à hoje – UFSC Bolsista em Projeto SCBR/REMA Jun/2015 à Ago/2015 – OVF Estágio no Diretório Nacional de Gerenciamento de Água da Hungria Ago/2014 à Ago/2015 – BRASIL Bolsista Ciências sem Fronteiras Hungria/SZIE, curso em inglês Fev/2014 à Ago/2014 – SOCIOAMBIENTAL Estágio em área de Meio Ambiente • Noções médio/avançado em PACOTE OFFICE • Minicurso introdução ao MATLAB (UFSC, 6 horas) • Curso AUTOCAD (UFSC, 54 horas) • Curso básico ARCGIS (NEEAMB) Ago/2012 à Fev/2014 – UFSC Bolsista em Projeto SCBR/REMA • Minicurso básico de Geoprocessamento (VIII ENEEAMB, 4horas) • Curso QUANTUMGIS e Sensoriamento Remoto (SZIE, 40 horas) 2011 – Voluntário em Projeto Poluição da Microbacia do Campus/UFSC Informações Adicionais  Conhecimentos intermediários em computação e Internet  Carteira de habilitação para condução de veículos, categorias A e B Mar/2012 à Abr/2012 – NESTLÉ Impulsionador de vendas de Páscoa

https://www.pdf-archive.com/2016/06/20/cv-victor/

20/06/2016 www.pdf-archive.com

Ducato 66%

https://www.pdf-archive.com/2016/08/05/ducato/

05/08/2016 www.pdf-archive.com

CV - Breno Thadeu Paganini Lima RP 66%

– BrSM/Trevisan  Curso de Férias “Marketing Esportivo” - ESPM  QUALIFICAÇÕES E ATIVIDADES PROFISSIONAIS       Inglês – Fluente (Senac)  Espanhol - Básico Pacote Office  Photoshop  Adobe Premiere SEO (Senac)

https://www.pdf-archive.com/2016/12/09/cv-breno-thadeu-paganini-lima-rp/

09/12/2016 www.pdf-archive.com