PDF Archive

Easily share your PDF documents with your contacts, on the Web and Social Networks.

Share a file Manage my documents Convert Recover PDF Search Help Contact


Search


PDF Archive search engine
Last database update: 03 December at 19:17 - Around 80000 files indexed.

Show results per page

Results for «programa»:


Total: 600 results - 0.053 seconds

Catalogo estados v2 con portada 100%

41 Programa de infraestructura indígena .............................................................................................

https://www.pdf-archive.com/2017/03/01/catalogo-estados-v2-con-portada/

01/03/2017 www.pdf-archive.com

LEY 30 DE 1992 97%

Los programas de especialización son aquellos que se desarrollan con posterioridad a un programa de pregrado y posibilitan el perfeccionamiento en la misma ocupación, profesión, disciplina o áreas afines o complementarias.

https://www.pdf-archive.com/2011/11/04/ley-30-de-1992/

04/11/2011 www.pdf-archive.com

java basico 97%

Vantagens do Java (Por Que Estudar Essa Linguagem ?) Na maioria das linguagens de programação, você precisa compilar ou interpretar um programa para que ele seja executado em seu computador.

https://www.pdf-archive.com/2013/04/03/java-basico/

03/04/2013 www.pdf-archive.com

EIA - Volume I 96%

BRT METROPOLITANO PERIMETRAL ALTO TIETÊ EIA - Estudo de Impacto Ambiental VOLUME I Índice Geral VOLUME I 1 1.1 1.2 2 2.1 2.2 3 3.1 3.2 3.2.1 3.2.2 3.2.3 3.2.4 3.2.5 3.2.6 3.2.7 3.2.8 3.2.9 3.2.10 3.2.11 3.2.12 3.3 3.3.1 3.3.2 3.3.3 3.3.4 4 4.1.1 4.1.2 5 6 6.1 6.2 6.2.1 6.2.2 6.2.3 6.3 6.3.1 6.3.2 7 7.1 7.2 7.2.1 7.2.2 7.3 7.3.1 7.3.2 7.3.3 7.4 7.4.1 7.4.2 IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDEDOR E DA EMPRESA DE CONSULTORIA Identificação do Empreendedor Identificação da empresa responsável pela elaboração do EIA / Rima INTRODUÇÃO Objeto do licenciamento Breve histórico do empreendimento LEGISLAÇÃO INCIDENTE Contextualização Institucional Contextualização da Legislação Ambiental Incidente Licenciamento Ambiental Unidades de Conservação e Outras Áreas Protegidas Supressão, Recomposição ou Proteção de Vegetação Proteção da Fauna Patrimônio Cultural Poluição do Solo e Subsolo / Áreas Contaminadas Poluição Atmosférica Poluição Sonora (Níveis de Ruídos e Vibrações) Recursos Hídricos (Qualidade das Águas / Outorgas) Desapropriações e Reassentamentos Uso do Solo Urbano e Subsolo Municipal Gerenciamento dos Resíduos da Construção Civil Contextualização da Legislação Municipal / Plano Diretor Municipal Município de Arujá Município de Poá Município de Itaquaquecetuba Município de Ferraz de Vasconcelos COMPATIBILIDADE COM AS POLÍTICAS PÚBLICAS, PLANOS, PROGRAMAS E PROJETOS CO LOCALIZADOS Esfera Estadual Esfera Municipal HISTÓRICO DO PROCESSO DE LICENCIAMENTO JUSTIFICATIVA DO EMPREENDIMENTO E AS ALTERNATIVAS ESTUDADAS As Justificativas para a Implantação do Empreendimento As Justificativas da Alternativa Tecnológica Adotada A Concepção Funcional do BRT O Modelo Tecnológico do BRT O Processo de Escolha da Tecnologia Veicular As Justificativas da Alternativa Locacional e de Traçado Considerações Gerais A Proposta Inicial do Corredor / BRT no âmbito do Programa Metropolitano de Corredores (PCM) CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO Localização Referencial do Empreendimento e Inserção Urbana Descrição do Empreendimento Características Gerais das Diretrizes do Traçado Concepção Física da Infraestrutura do Corredor / BRT Alto Tietê Características Gerais da Implantação do Empreendimento Estudos de Demanda Desafetação de Áreas Obras, Serviços Gerais e Infraestrutura de Apoio às Obras Características Gerais da Operação do Empreendimento Sistemas de Transporte Inteligentes (ITS) Circulação Viária (Plano Funcional) CONSÓRCIO PROJETO BRT ARUJÁ ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê 2 2 2 3 4 5 7 7 10 11 12 14 15 16 18 21 22 24 26 27 28 28 28 32 36 38 41 41 48 53 55 55 56 56 59 68 70 70 71 80 80 82 82 113 133 133 136 137 141 142 142 7.4.3 7.4.4 7.5 8 8.1 8.2 8.3 A Concepção dos Veículos que poderão ser Utilizados no BRT O Modelo Espacial e de Integração do BRT Custos Estimados, Cronograma e Mão de Obra DELIMITAÇÃO DAS ÁREAS DE INFLUÊNCIA Área de Influência Indireta (AlI) Área de Influência Direta (AlD) Área Diretamente Afetada (ADA) 150 155 157 158 158 159 159 VOLUME II 9 9.1 9.1.1 9.1.2 9.1.3 9.1.4 9.1.5 9.1.6 9.1.7 9.1.8 9.1.9 9.1.10 DIAGNÓSTICO AMBIENTAL Caracterização e Análise do Meio Físico Aspectos Climáticos e das Condições Meteorológicas Qualidade do Ar Níveis de Ruídos e Vibrações Aspectos Geomorfológicos e Morfométricos Aspectos Pedológicos Aspectos Geológicos Aspectos Geotécnicos Recursos Hídricos Superficiais Recursos Hídricos Subterrâneos Passivos Ambientais / Áreas Contaminadas 162 162 162 166 175 296 305 310 316 326 349 359 VOLUME III 9.2 9.2.1 9.2.2 9.2.3 Caracterização e Análise do Meio Biótico Flora Fauna Unidades de Conservação e Outras Áreas Protegidas 529 529 760 803 VOLUME IV 9.3 9.3.1 9.3.1.1 9.3.1.2 9.3.1.3 9.3.1.4 9.3.1.5 9.3.1.6 9.3.1.7 9.3.2 9.3.2.1 9.3.2.2 9.3.2.3 9.3.2.4 9.3.2.5 9.3.2.6 9.3.2.7 9.3.2.8 9.3.2.9 9.3.3 9.3.3.1 10 10.1 10.1.1 10.1.2 10.1.3 Caracterização e Análise do Meio Socioeconômico Área de Influência Indireta (AII) Dinâmica Demográfica Condições de Moradia / Aglomerados Subnormais Estrutura Etária da População Perfil Econômico Índice de Desenvolvimento Humano Municipal – IDHM Uso e Ocupação do Solo Sistema Viário e de Transporte Área de Influência Direta (AID) Dinâmica Demográfica Perfil Econômico Qualidade de Vida Uso e Ocupação do Solo Sistemas Viário, de Transporte e de Circulação Paisagem Urbana Estrutura Urbana Reivindicações Sociais Patrimônio Arqueológico e Bens Tombados Área Diretamente Afetada (ADA) Áreas Passíveis de Desapropriação IDENTIFICAÇÃO, PREVISÃO E AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS E PROPOSIÇÃO DAS RESPECTIVAS MEDIDAS / AÇÕES DE CONTROLE Referencial Metodológico Fatores e Ações Geradoras de Impactos Ambientais Atributos de Avaliação de Impactos Ambientais Medidas e Ações de Controle Ambiental CONSÓRCIO PROJETO BRT ARUJÁ ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê 827 827 827 832 835 839 847 851 861 867 867 875 884 896 950 957 965 975 983 989 989 1019 1019 1019 1020 1021 10.2 10.2.1 10.2.2 10.3 10.3.1 10.3.2 10.3.3 10.3.4 10.3.5 10.3.6 10.3.7 10.3.8 10.3.9 10.3.10 10.3.11 10.3.12 10.3.13 10.3.14 10.3.15 10.3.16 10.3.17 10.3.18 10.3.19 10.3.20 10.4 10.4.1 10.4.2 10.4.3 10.5 10.5.1 11 11.1 11.2 11.2.1 11.2.2 11.2.3 11.2.4 11.2.5 11.2.6 11.2.6.1 11.2.2.2 11.2.6.3 11.2.6.4 11.2.7 11.2.7.1 Impactos na “Fase de Planejamento” do Empreendimento Geração de ansiedade e insegurança na população da AID e ADA Geração de expectativa da população da AII e AID Impactos na “fase de implantação” do empreendimento (ou nas fases de “Implantação e Operação”) Alteração pontual dos níveis da qualidade do ar, decorrente do aumento da concentração de material particulado em suspensão, de poeiras e da emissão de gases veiculares Alteração pontual dos níveis de ruídos Deflagração de novos processos de dinâmica superficial e de aporte de sedimentos nos corpos hídricos Alteração dos padrões de qualidade do solo, das águas superficiais e subterrâneas Ocorrência de vibrações induzidas no solo, de recalques e/ou de abalos estruturais nas construções / edificações situadas em áreas vizinhas à faixa lindeira do empreendimento Interferências das obras em áreas potencial ou comprovadamente contaminadas Supressão de vegetação / interferência em APP Perda de cobertura vegetal / intervenção em fragmentos vegetais inseridos em Unidades de Conservação Interferências com fauna silvestre Impacto social pelo processo de desapropriação / desocupação de imóveis residenciais e comerciais Alterações na fluidez / mobilidade do trânsito e riscos de acidentes decorrentes da readequação do sistema viário nas proximidades do empreendimento Interrupções temporárias dos serviços básicos de infraestrutura urbana Aumento da arrecadação tributária Geração de empregos Riscos de impactos nas condições de saúde e segurança ocupacional dos trabalhadores das obras do BRT Indução à alteração do uso e ocupação do solo na ADA e AID Alteração da paisagem da ADA e AID Incremento da ação do mercado imobiliário e oscilação do valor dos imóveis Riscos de interferência e descaracterização do patrimônio histórico, cultural e arquitetônico Riscos de remobilização, soterramento e destruição parcial ou total de sítios arqueológicos IMPACTOS NA “FASE DE OPERAÇÃO” DO EMPREENDIMENTO Benefícios socioambientais, diretos e indiretos, para as populações residentes na AID e ADA Possibilidade de aumento de renda da população da AID Readequação do sistema de transporte público na AII e AID SÍNTESE DA AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS AMBIENTAIS Balanço Geral dos Impactos PLANOS E PROGRAMAS AMBIENTAIS Plano de Gestão Ambiental do Empreendimento - PGA Plano de Controle Ambiental das Obras - PCA Programa de Monitoramento da Qualidade do Ar Programa de Monitoramento dos Níveis de Ruídos Programa de Monitoramento de Recalques Programa de Gerenciamento de Áreas Contaminadas Programa de Gerenciamento de Material Excedente Programa de Gerenciamento de Resíduos Subprograma de Controle de Resíduos da Construção Civil e de Material de Demolição Subprograma de Controle e Gerenciamento de Resíduos Perigosos Subprograma de Controle e Gerenciamento de Produtos Químicos Subprograma de Gerenciamento de Efluentes Líquidos Programa de Educação Ambiental Subprograma de Controle Ambiental das Condições de Saúde e Segurança Ocupacional CONSÓRCIO PROJETO BRT ARUJÁ ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê 1022 1022 1023 1024 1024 1029 1031 1033 1035 1036 1039 1041 1043 1046 1047 1048 1050 1051 1052 1054 1055 1056 1058 1059 1059 1061 1062 1063 1070 1071 1071 1078 1079 1081 1084 1087 1090 1092 1095 1097 1098 1099 1100 1104 11.2.8 11.2.9 11.2.10 11.3 11.3.1 11.3.2 11.4 11.5 11.5.1 11.5.2 11.6 11.6.1 11.6.1.1 11.6.2 12 13 13.1 13.2 14 15 15.1 15.2 15.3 15.4 15.5 15.6 16 17 Programa de Controle de Processos Erosivos e de Assoreamento Programa de Controle de Tráfego Programa de Paisagismo e Reurbanização Plano de Manejo Arbóreo Programa de Controle da Supressão de Vegetação Programa de Monitoramento da Avifauna Plano de Comunicação Social Plano de Acompanhamento do Processo de Desapropriação e de Apoio à População Atendida por Programas Sociais Programa de Cadastramento e Avaliação dos Imóveis Afetados Programa de Acompanhamento das Indenizações e Apoio à População Afetada Plano de Gestão do Patrimônio Histórico, Cultural-Edificado e Arqueológico Programa de Arqueologia Preventiva Subprograma de Educação Patrimonial Programa de Inventariação do Patrimônio Histórico-Cultural Edificado PROGRAMA DE COMPENSAÇÃO AMBIENTAL (SNUC) PROGNÓSTICO DA QUALIDADE AMBIENTAL FUTURA Prognóstico das Condições Emergentes “sem” a Implantação do BRT Alto Tietê (Alternativa “Zero”) Prognóstico das Condições Emergentes “com” a Implantação do BRT Alto Tietê CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Para os temas relacionados à caracterização do Meio Físico Para os temas relacionados à caracterização dos Passivos Ambientais Para os temas relacionados à caracterização do Meio Biótico Para os temas relacionados à caracterização do Plano de Compensação Ambiental (PCA) Para os temas relacionados à caracterização do Meio Socioeconômico Para os temas relacionados à caracterização do Patrimônio Histórico, Cultural e Arqueológico EQUIPE TÉCNICA ANEXOS CONSÓRCIO PROJETO BRT ARUJÁ ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA BRT Metropolitano Perimetral Alto Tietê 1106 1108 1111 1112 1114 1116 1118 1121 1140 1141 1142 1144 1146 1146 1148 1149 1149 1151 1154 1157 1157 1159 1159 1163 1163 1165 1169 1172

https://www.pdf-archive.com/2017/12/19/eia-volume-i/

19/12/2017 www.pdf-archive.com

Certificación VHC RRHH (2017) 95%

RY VE HA Para RRHH Programa de Certificación DH 1/24 NT VHC PPY LTA U S CO A C H ¿Qué es este programa?

https://www.pdf-archive.com/2017/04/26/certificacio-n-vhc-rrhh-2017/

26/04/2017 www.pdf-archive.com

Certificación VHC Autónomos (2017) 94%

RY VE HA Para Autónomos Programa de Certificación DH 1/24 NT VHC PPY LTA U S CO A C H ¿Qué es este programa?

https://www.pdf-archive.com/2017/04/18/certificacio-n-vhc-auto-nomos-2017/

18/04/2017 www.pdf-archive.com

Karl Marx - Critica del programa de Gotha 94%

IMPRIMIR CRITICA DEL PROGRAMA DE GOTHA CARLOS MARX Editado por elaleph.com  2000 – Copyright www.elaleph.com Todos los Derechos Reservados 2 www.elaleph.com Crítica del programa de Gotha donde los libros son gratis PRÓLOGO El manuscrito que aquí publicamos –la crítica al proyecto de programa y la carta a Bracke que la acompaña- fue enviado a Bracke en 1875, poco antes de celebrarse el Congreso de unificación de Gotha1, para que los transmitiese a Geib, Auer, Bebel y Liebknecht y se lo devolviera luego a Marx.

https://www.pdf-archive.com/2013/05/13/karl-marx-critica-del-programa-de-gotha/

13/05/2013 www.pdf-archive.com

corso-verano-moda 93%

Antes de clases cada estudiante decidirá junto con el profesor el programa más adecuado para su nivel.

https://www.pdf-archive.com/2016/03/23/corso-verano-moda/

23/03/2016 www.pdf-archive.com

Von Neumann 93%

O conceito de programa armazenado surgiu da necessidade de armazenar programas em um computador, pois, até então, ainda não havia formas de armazenar programas em um computador.

https://www.pdf-archive.com/2017/09/25/von-neumann/

25/09/2017 www.pdf-archive.com

Regulamento G&C vfinal 92%

Regulamento do “Cartão Gostar e Cuidar” A Royal Canin (Portugal), S.A., sociedade anónima com sede em Parque Solvay, Quinta do Anabique Lote B 2625-090 Póvoa de Santa Iria, matriculada na Conservatória de Lisboa e com o NIPC 504397370, com o capital social de EUR 500 400,00 (adiante “Royal Canin), vai levar a efeito entre 01 de janeiro e 31 de dezembro de 2015, um programa de fidelização, com oferta de brindes que denominou de “Cartão Gostar e Cuidar”, o qual obedecerá às condições que a seguir se indicam.

https://www.pdf-archive.com/2017/03/15/regulamento-g-c-vfinal/

15/03/2017 www.pdf-archive.com

Lanzamiento del Programa de Desarrollo Juvenil y Comunitario 92%

kazucena@usaid.gov http://elsalvador.usaid.gov http://elsalvador.usembassy.gov/ LANZAN PROGRAMA DE DESARROLLO JUVENIL Y COMUNITARIO PARA EL SALVADOR, GUATEMALA Y HONDURAS SAN SALVADOR–Con el objetivo de invertir en la juventud centroamericana, la Agencia de los Estados Unidos para el Desarrollo Internacional (USAID) y la organización no gubernamental salvadoreña Glasswing International lanzaron esta mañana el Programa de Desarrollo Juvenil y Comunitario para El Salvador, Guatemala y Honduras.

https://www.pdf-archive.com/2012/12/12/lanzamiento-del-programa-de-desarrollo-juvenil-y-comunitario/

12/12/2012 www.pdf-archive.com

PROYECTO Sembrando Conciencia 92%

Programa Sembrando Conciencia Contacto:

https://www.pdf-archive.com/2014/03/06/proyecto-sembrando-conciencia/

06/03/2014 www.pdf-archive.com

PROY EMPRE ALUMNOS PARA ALUMNOS 92%

CAMARGO FONSECA Director Financiero y Administrativo GABRIELA VÁZQUEZ DE LEÓN Directora de Desarrollo Humano ANTONIO RODRÍGUEZ FUENTES Representante del Sector Productivo CÉSAR AUGUSTO OSORNIO ZAPIAN Coordinadora de Asuntos Jurídicos FRANCISCO BARRÓN CERVANTES Representante de la Secretaría de Transparencia y Rendición de Cuentas JORGE ENRIQUE ALVAREZ TOSTADO Coordinador de Sistemas e Informática Educativa JUAN CARLOS ROMERO HICKS Representante del Sector Social Programa Emprendedor CECYTEG Proyecto de Empresa Guía del Alumno Guía del Alumno ¿QUÉ ES?

https://www.pdf-archive.com/2015/08/14/proy-empre-alumnos-para-alumnos/

14/08/2015 www.pdf-archive.com

PR MH3D ES 92%

2 máquinas en 1 Convertir la medida en rápida y eficaz La democratización de la automatización – Tiempo de aprendizaje mínimo – Reconocimiento automático de elementos geométricos – Acceso directo a los resultados – Proceso único de aprendizaje para hacer programas – Dos modos distintos para maximizar el tiempo de utilización – Gestión de los datos optimizada para mejor seguimiento de la producción 1 >1 software fácil e intuitivo El programa TESA-REFLEX permite gestionar de manera fácil aplicaciones cada vez más complejas y aportar la flexibilidad adecuada necesaria para cualquier situación.

https://www.pdf-archive.com/2014/05/26/pr-mh3d-es/

26/05/2014 www.pdf-archive.com

Lista 7 91%

Nos programas que pedem para implementar apenas fun¸co˜es desenvolva tamb´em o programa principal (main) para test´a-los.

https://www.pdf-archive.com/2017/05/05/lista-7/

05/05/2017 www.pdf-archive.com

Encuesta a empleadores 91%

 Por experiencia profesional en el área de trabajo  Por experiencia en el programa académico entendiéndose por éste que domina las cuatro áreas del plan de estudios (edificación, diseño, urbanismo y humanística).

https://www.pdf-archive.com/2013/03/07/encuesta-a-empleadores/

07/03/2013 www.pdf-archive.com

FamTrip - Programa v1 12ago14 91%

FamTrip Hotéis INATEL CONHEC ER A NOSS A REDE HOTELEIRA É FAZER PART E DA FAMÍLIA INATEL PROGRAMA 20 A 24 DE OUTUBRO DE 2014 FamTrip Hotéis IN ATEL • 20 a 24 de ou tubro de 2014 PROGRAMA 20 outubro 2ªF 09h00 Concentração e pequeno-almoço • INATEL Caparica 09h30 Visita à unidade hoteleira 10h00 Saída em direção ao Luso 13h30 Almoço • INATEL Luso 14h30 Visita à unidade hoteleira 15h15 Saída em direção a Vila Nova de Cerveira 18h00 Chegada, check-in • INATEL Cerveira Hotel**** 19h00 Wellcome drink, seguido de apresentação “A hotelaria INATEL”, seguida de visita ao hotel 20h30 Jantar 21h30 Animação www.inatel.pt Nota:

https://www.pdf-archive.com/2014/08/13/famtrip-programa-v1-12ago14/

13/08/2014 www.pdf-archive.com

PORTARIA N 422, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2017 - PNEM 91%

CONSIDERANDO o processo de consulta e construção participativa para a constituição do Programa Nacional de Educação Museal, iniciado em 2012, por meio de espaço virtual (Blog http://pnem.museus.gov.br) composto por eixos temáticos coordenados por servidores do Ibram, com o objetivo de reunir reflexões, discussões e receber propostas relativas à educação museal;

https://www.pdf-archive.com/2017/12/13/portaria-n-422-de-30-de-novembro-de-2017-pnem/

13/12/2017 www.pdf-archive.com

statut 91%

SadrZaj itrajanje programa pred5kole propisuje ministar nadleian za obrazovanje :ra'li nikom.

https://www.pdf-archive.com/2018/01/12/statut/

12/01/2018 www.pdf-archive.com

Türkiye İş Kurumu 91%

İşbaşı Eğitim Programları İŞBAŞI EĞİTİM PROGRAMLARI - Programa katılabilmek için İŞKUR’a kayıt olmalısınız.

https://www.pdf-archive.com/2017/07/01/t-rkiye-kurumu/

01/07/2017 www.pdf-archive.com

DHCII ALUMNOS 91%

CAMARGO FONSECA Director Financiero y Administrativo GABRIELA VÁZQUEZ DE LEÓN Directora de Desarrollo Humano ANTONIO RODRÍGUEZ FUENTES Representante del Sector Productivo CÉSAR AUGUSTO OSORNIO ZAPIAN Coordinadora de Asuntos Jurídicos FRANCISCO BARRÓN CERVANTES Representante de la Secretaría de Transparencia y Rendición de Cuentas JORGE ENRIQUE ALVAREZ TOSTADO Coordinador de Sistemas e Informática Educativa JUAN CARLOS ROMERO HICKS Representante del Sector Social Desarrollo de Habilidades Creativas II Guía del Alumno Programa Emprendedor CECYTEG Guía del Alumno ¿QUÉ ES?

https://www.pdf-archive.com/2015/08/14/dhcii-alumnos/

14/08/2015 www.pdf-archive.com

Lista 1 90%

Por exemplo, compile com ”gcc dist.c -lm -o dist” e rode o programa ”./dist”.

https://www.pdf-archive.com/2017/05/05/lista-1/

05/05/2017 www.pdf-archive.com